Perdidos e Achados regressa esta semana aos anos 60

jornal da noite
Portugal está no fundo da tabela da União Europeia no que diz respeito à igualdade de género. Pior, só a Roménia e Eslováquia, segundo dados de 2012, do Instituto Europeu para a Igualdade de Género.
Em Portugal, a revolução de 74 garantiu mudanças na constituição, acabando com o estatuto de dependência do marido mas muitas desigualdades entre homens e mulheres mantém-se no dia-a-dia. Em pleno seculo XXI, o acesso ao poder, por exemplo, é uma miragem para as mulheres. Na União Europeia a paridade atinge os 39,7 %, em Portugal fica pelos 17,6%. Quanto à pobreza e à violência, a incidência é substancialmente maior entre o sexo feminino.
No Perdidos e Achados desta semana a ser exibido no sábado no Jornal da Noite a SIC regressa aos anos 60, onde o ideal feminino era o de boa esposa e boa mãe, e onde um concurso chamado "Mulher Ideal" sublinhava essa condição.
Cinquenta anos depois, o canal reencontra algumas das vencedoras do concurso. Com elas e as gerações seguintes, de filhos e netos, olha-se para as mudanças dos últimos anos da condição feminina.
Jornalista: Isabel Osório
Repórter de Imagem: João Lúcio
Edição de Imagem: Vanda Paixão
Produção: Madalena Durão
Coordenação: Luís Marçal

Sem comentários:

Com tecnologia do Blogger.