Salve-se Quem Puder pode não regressar no Verão

Não é a única, mas é uma das razões que têm adiado a decisão de fazer uma terceira edição de 'Salve-se Quem Puder', na SIC. Os custos das placas de esferovite, orçadas em cerca de 200 euros cada, são elevados.
O regresso de Marco Horácio e Diana Chaves ao concurso Salve-se Quem Puder pode vir a ser impedido pelas curiosas paredes que são tão características do formato. "Os custos técnicos do programa são bastante elevados. Uma única parede de esferovite tem custos de fabrico altos, da ordem dos 200 euros, aos quais é preciso juntar o custo do transporte", explica o produtor do formato, Frederico Ferreira da Almeida. Como são necessárias cerca de uma dezena de paredes por episódio e a exigir trabalhos finais de pintura e colagem por parte da produtora, os preços em torno do concurso podem ser elevados para a conjuntura. Esta é uma das razões que estão a comprometer a decisão de repor, numa terceira série, o concurso de verão que reconciliou a SIC com o seu auditório.
"A produtora [Fremantle Media] e a SIC conversaram sobre o Salve-se no início do ano, mas estamos à procura de formatos mais baratos", revela Frederico Ferreira de Almeida à Notícias TV. Tal como a nossa revista anunciou, chegou a haver preparativos para o regresso do game show às noites de Carnaxide. Porém, é o mercado e a crise que detêm agora o parecer final sobre esta e outras propostas que estão em cima da mesa a aguardar resposta da direção tutelada por Luís Marques e Júlia Pinheiro. 
Marco Horácio explicava, à data, à nossa revista que não fora "avisado de nada" e que "o regresso" o surpreendia, já que iria estar no ar com outro projeto durante a época estival: a segunda série de Ganhe Num Minuto. Já sobre Diana Chaves - coapresentadora nesse concurso - foi prometido o regresso do rosto exclusivo da SIC à televisão para maio, três meses depois de ter sido mãe de Pilar. 
Recorde-se que este concurso obteve, em 2009, uma média de 870 mil espectadores, com share de 25,9%. Valores interessantes para uma estação que estava a tentar recuperar o prime-time. Contudo, os resultados que ficaram aquém na segunda temporada, não ultrapassando os 520 mil espectadores, em média, sintonizados.

Sem comentários:

Com tecnologia do Blogger.