José Fidalgo > "Não podia recusar" Dancin Days

José Fidalgo teve apenas oito dias para despir a pele de “Diogo”, da novela “Rosa Fogo”, ainda em exibição na SIC, e vestir a de “Hugo”, o sedutor ambicioso que interpreta em “Dancin’ Days” e que se envolve num tórrido romance com a personagem de Soraia Chaves. O SAPO entrevistou o actor esta semana. 

Está a gostar desta nova personagem? 
Trabalhar numa coprodução com a Globo é uma oportunidade que não podia recusar. A Globo é uma escola de novelas e todos temos a aprender. A minha personagem é completamente diferente do “Diogo”. O “Hugo” é dono de uma loja de equipamentos de som, que fornece som para eventos e festas e que depois se torna dono da discoteca “Dancin’ Days”, o que vai mudar radicalmente a sua vida. 

O “Hugo” tem alguma coisa em comum com o “Diogo”? 
A ambição, talvez. Mas o “Hugo” não é um mau carácter, é ambicioso, mas é muito humano. Emprega o meio-irmão na loja, embora ele não faça nada e lhe dê cabo da cabeça… 

O romance com a “Raquel” (personagem de Soraia Chaves) ajuda o seu objetivo de subir na vida? 
Não sei se ajuda, mas ele apaixona-se por ela e isso também vai mudar o percurso do “Hugo”. 

Já gravou alguma cena escaldante com a Soraia Chaves? 
Até agora gravei o que vocês viram na apresentação (uns beijos apaixonados). Aquilo não é escaldante pois não? De resto ainda não sei… 

Primeiro foi a Cláudia Vieira, agora a Soraia Chaves. Tem contracenado sempre com actrizes lindíssimas… 
Acima de tudo tenho contracenado com grandes actrizes. A Cláudia Vieira é de facto linda, mas mais importante é uma actriz fantástica e adorei trabalhar com ela. A Soraia nem é preciso dizer, basta olhar para ela, é uma mulher lindíssima e uma grande, grande actriz, como vocês todos poderão verificar quando virem a novela. 

Mas é mais fácil apaixonar-se na ficção por mulheres bonitas? 
Não podemos ver as coisas assim. Eu sou um actor e o essencial é que eu passe uma mensagem credível para o público. Se tiver de me “apaixonar” por um camafeu, assim será… 

Está com esperança de ir a Nova Iorque receber um Emmy? 
A SIC e a direcção da novela devem estar com essa esperança, sim. Eles trabalham para os prémios e para as audiências. Os actores trabalham para o público e querem sobretudo agradar-lhe. Claro que se vierem prémios são sempre bem vindos, mas não é esse o nosso objectivo principal.

Sem comentários:

Com tecnologia do Blogger.