Maria João Bastos e Maria João Luís disponíveis para a SIC

Mais duas atrizes da TVI podem estar a caminho da SIC. Depois de terem negado, no verão do ano passado, qualquer intenção de sair do canal de Queluz de Baixo para o de Carnaxide, Maria João Bastos e Maria João Luís mostraram-se, agora, dispostas a trocar de estação. 
“Elas entraram em contacto com a SIC a dizer que estão disponíveis para ir para lá”, contou uma fonte à Notícias TV.
Maria João Bastos está há vários anos ligada à TVI
Em Agosto do ano passado, durante as gravações de Intrigafatal, Maria João Bastos referiu a sua participação neste telefilme como prova da sua permanência na TVI, contrariando notícias que já nessa altura a davam como certa na SIC. “Especula-se muito e fala-se muita coisa que não é verdade. Estou na TVI com contrato de exclusividade há bastantes anos e vou ficar na TVI”, disse. 
Porém, além de Intriga Fatal e da série policial que Francisco Moita Flores escreveu para o mesmo canal, e que ocupará a atriz apenas nas próximas semanas, a verdade é que desde a novela Sedução, de 2010, que Maria João Bastos não teve mais nenhum projeto contínuo de ficção no prime time de Queluz de Baixo. 
Maria João Luís está sem trabalho e em final de contrato
O mesmo se passa com Maria João Luís, que apesar de ter feito uma participação especial no primeiro episódio de Doce Tentação, novela atualmente no ar, não tem trabalhado na TVI desde aquela novela de Rui Vilhena. A falta de trabalho, aliada à situação financeira complicada que a Plural, produtora das novelas para o canal de Queluz de Baixo, atravessa, pode estar na origem da decisão das duas atrizes de mudar de canal. 
Maria Ana Borges de Sousa, administradora da Plural, reconheceu, em Janeiro passado, que devido ao momento difícil que a produtora atravessa seria necessário avaliar “tudo e todos os casos”, incluindo os contratos de trabalho que terminam este ano e mesmo os que não terminam. “Todos os contratos têm de ser analisados, para vermos se vamos continuar ou não. Temos de encontrar formas de termos um conjunto de ativos humanos – atores, técnicos, etc. – que nos façam andar para a frente e conseguir ultrapassar tudo isto”, referiu, na altura. Recorde-se que desde há dois anos que a SIC tem andado a resgatar atores que eram presença assídua na ficção de Queluz de Baixo. 
Foi o caso de Rogério Samora, Cláudia Vieira, Manuel Cavaco, João Ricardo, Helena Laureano, André Nunes e Maria Emília Correia, entre outros. Maria João Bastos e Maria João Luís poderão agora juntar-se-lhes.

Sem comentários:

Com tecnologia do Blogger.