Meteorito de São Martinho do Porto relembrado no Perdidos e Achados

Amanhã no Jornal da Noite
No dia 1 de Abril de 2002, a SIC noticiou em exclusivo a queda de um meteorito em São Martinho do Porto. A reportagem mostrava um objeto negro no areal da praia e inúmeros curiosos que acorreram ao local para testemunhar o acontecimento. 
As imagens de um vídeo amador registaram o momento exato em que o meteorito embateu na praia de São Martinho do Porto. 
A SIC divulgou a notícia... mas o surpreendente acontecimento era afinal uma mentira de 1 de Abril que contou com a cumplicidade do Jornal da Noite. A partida começou a ser planeada em Janeiro, em segredo. Apenas oito pessoas em São Martinho do Porto conheciam verdade...e conspiraram para a tornar uma grande mentira. Entre o grupo, estava Carlos Trincheiras, construtor do meteorito, e de quem partiu a ideia; Miguel Pedro, proprietário de um bar; Luciano Matias, dono de um restaurante; Jorge Freixo, dono de um café; e Nelson Cairrão, proprietário de uma loja de fotografia. Manuel Pereira, na altura presidente da Junta de Freguesia, foi o responsável pela explosão que se ouviu naquela noite. Era o único que tinha licença para lidar com explosivos. 
Dez anos passados, o ‘Perdidos e Achados’ regressou a São Martinho do Porto. Quisemos re-encontrar quem idealizou e encenou a brincadeira do Dia das Mentiras em 2002. 
Jornalista: Isabel Osório 
Imagem: Odacir Júnior 
Edição: João Nunes 
Produção: Diana Matias; Madalena Durão 
Coordenação: Sofia Pinto Coelho 
Direcção: Alcides Vieira

Sem comentários:

Com tecnologia do Blogger.