Impresa: Receitas da SIC crescem 173 milhões de euros

O grupo de Pinto Balsemão anunciou hoje um lucro líquido de 10,1 milhões de euros em 2010, mais 29% que no ano anterior.
A Impresa revela ainda, num comunicado enviado hoje ao mercado, que as receitas consolidadas do grupo de media ascenderam a 271,1 milhões de euros no ano passado, o que representa uma subida de 7,1% face a 2009.
Para este aumento contribuiu o crescimento de 10% nas receitas publicitárias, de 8,5% das receitas de venda de publicações, de 39,8% nas receitas de multimédia e de 40,4% na venda de produtos associados.
A dona da SIC revelou ainda que o EBITDA (resultados antes de juros, impostos, depreciações e amortizações) cresceu uns ligeiros 1,2% para 33,7 milhões de euros no exercício de 2010, comparativamente ao ano anterior. Na área da televisão, as receitas da SIC totalizaram 173 milhões de euros, mais 11,3% do que um ano antes.
"As medidas tomadas nos últimos dois anos, e o apertado controlo dos custos durante 2010 permitiram manter a rentabilidade desta área", diz o grupo de media.
Já o passivo remunerado líquido do grupo detido por Francisco Pinto Balsemão atingiu 213,3 milhões de euros no final de 2010, o corresponde a uma redução de 18 milhões de euros em relação aos valores de Dezembro de 2009.
Para 2011, e "tendo em conta o ambiente macroeconómico adverso que se prevê", os objectivos da Impresa passam pela "manutenção dos resultados, prosseguindo com um apertado controlo dos custos operacionais e com a diversificação de receitas e redução do passivo remunerado".
DE

Comentários