1 525 100 viram a estreia de Portugal tem Talento

A estreia do programa ‘Portugal Tem Talento’, este domingo, na SIC, foi acompanhada por 1 525 100 telespectadores, em média, o que corresponde a uma audiência de 16,1%.
O concurso de talentos apresentado por Bárbara Guimarães alcançou 38,4% de share e conseguiu assim bater a concorrência, garantindo igualmente a vitória da estação (ver quadro em baixo).
"Estava à espera de um bom resultado. Sabia que o programa era forte e que estava a gerar uma enorme expectativa. ‘Portugal Tem Talento’ é transversal, nesse sentido com um grande potencial de agregar públicos", comenta Nuno Santos, director de Programas da SIC.
Nem a jogada da TVI, que transmitiu à mesma hora (pelas 21h40) um especial de ‘Espírito Indomável’, novela líder de audiências, conseguiu abalar a prestação da nova aposta de Carnaxide para 2011, ainda que os resultados tenham sido renhidos. A obra de ficção protagonizada por Vera Kolodzig foi vista por 1 524 100 telespectadores, o que representa, igualmente, 16,1% de audiência. Já a quota de mercado foi de 41%.
"Por coincidência, houve um episódio especial de ‘Espírito Indomável’. Especial e, tanto quanto me apercebi, muito longo. Estou a fazer uma constatação de factos, de resto não tenho comentários a fazer à estratégia de programação dos outros canais", diz Nuno Santos sobre a aposta da concorrência.
A primeira emissão de ‘Portugal Tem Talento’ contou com algumas prestações insólitas, como a de Cláudia Fux, que se transforma em Lady Gaga; a de Paulo Pires, com o seu disco dance, e a da dupla Ranheta e Facada, que levou duas sanitas para o palco e cantou uma versão do Hino à Alegria. A actuação já tem mais de 4300 visualizações no YouTube.
Hoje, o ‘Companhia das Manhãs’ recebe alguns dos concorrentes.
JN

Comentários