DANCIN' DAYS

estreia SEGUNDA na SIC a novela onde vale a pena sonhar!

ÍDOLOS

Domingo temos músicas do século XXI com os 10 finalistas

BOA TARDE

O talk show das tardes da SIC

ROSA FOGO

Assiste à novela no horário nobre da SIC

FINA ESTAMPA

Já estreou na SIC!

30 de novembro de 2011

SIC Blogue entrevista Cláudio Ramos!


Cláudio Ramos, natural de Luanda, tem 8 irmãos. Desde criança que o seu sonho era ser apresentador de televisão e sempre acreditou que a sua vida teria que passar pela comunicação. 
O SIC Blogue aproveitou o facto e falou, em exclusivo, com uma das caras do Jornal Rosa do programa Querida Júlia. O Capa de Revista, o Jornal Rosa, o Peso Pesado e o interesse da TVI. Nada foi deixado de lado em mais um “SIC Blogue entrevista…”

Afinal, quem é o Cláudio Ramos? 
- Sou eu! Absolutamente normal, até mais do que a maioria julga ou imagina. Com a única diferença de entrar em casa das pessoas sem lhes pedir licença. Muitos dos que aparecem na tv são acusados de serem diferentes na tv e depois “ao vivo”. 
É o mesmo Cláudio que as pessoas vêem na televisão? 
- Exactamente o mesmo, o que acho é que as pessoas estão à espera de, quando me encontram na rua, estarem com um Cláudio sempre a rir e com a voz colocada, há que perceber que a minha vida não é só a televisão, tal como não o é com o homem do talho, que não passa os dias a cortar a carne... certo? 
Já passou por vários programas no canal. Qual é o que recorda com mais saudade? 
- Não sou nesse aspecto muito saudosita, até porque acho que cada projecto que fiz foi melhor que o outro. Tenho saudades de algumas pessoas que passaram em alguns projectos, mas pouco mais que isso... mas confesso muitas saudades do Capa. 
Depois do Capa de Revista, passou para o Jornal Rosa. Como é que surge o convite para integrar o Jornal Rosa e o programa Querida Júlia? 
- Quando soube que o Capa ia acabar fiquei triste, acho mesmo que foi o programa meu que acabou que mais me custou, acho que foi mal aproveitado pela anterior direcção e não lhe foi dado o valor que tinha, fazendo naquele horário números que nunca tinham sido feito e conseguiamos acordar Portugal com graça, actualidade e ironia, aliás muitas vezes nos foi dito isso, superamos a expectativa de quem apostou nele... Além disso a equipa era excelente. Adorei fazê-lo!... Depois disso, fui chamado a uma reunião com a Júlia e a Gabriela, e foi-me proposto a edição do Jornal Rosa, que me dá muito prazer e que tem muito da linguagem do Capa, até porque a Ana está ao meu lado também. O bom de fazer este espaço, é que não me impede de fazer outras coisas. Este é um projecto adiado uns oito anos, que foi quando estive na TVI com a Julia e a Gabriela, e retomei agora. 
Que balanço faz desta presença assídua no programa? 
- Muito boa! Tenho feito tudo no programa, já mostrei há muito tempo que sou polivalente, e a direcção sabe isso. Até agora tem feito no canal participações, principalmente a comentar o “mundo” cor-de-rosa. 
Não gostava de experimentar outros temas ou esta é verdadeiramente a sua "praia"? 
- Esta é a praia que me têm dado para explorar melhor e que faço melhor que ninguém em Portugal, e é normal que a estação queira aproveitar isso. Por outro lado, tenho feito outras coisas, mas também acho que somos muitos a trabalhar e que todos temos direito ao nosso espaço. Já fiz mil coisas em televisão, se recuar dois anos, estive uma temporada a fazer o 'cara nova', espaço de grande sucesso nas tardes da SIC e que nada tinha a ver com o mundo rosa. 
Quem é que é para si o melhor concorrente do Peso Pesado neste momento? 
- A Marta. É claramente uma jogadora com tudo o que lhe faz falta, sem ter falta de educação. O que, para mim, é muito importante., Trabalha há vários anos no canal… 
Ultimamente tem-se falado numa possível saída para a TVI. Já lhe falaram em alguma hipótese? 
- Como profissional de televisão, não seria ético comentar publicamente supostas conversas de bastidores. O que faço neste momento é acarinhar o meu trabalho na SIC e senti-lo acarinhado. 
Considera-se uma cara do canal? 
- Se com dez anos de casa e há oito anos em antena sem sair do ar, a passar de uns projectos para outros, e de passar por todas as direcções, se não me considerar uma cara da estação, algo estaria mal!

Muito obrigado ao Cláudio Ramos pelo
tempo dispensado!

Hoje, na SIC, Pedro Passos Coelho em entrevista

Para ver no Jornal da Noite
É já hoje que o primeiro ministro de Portugal estará presente na SIC para uma entrevista que será conduzida por José Gomes Ferreira! 
A partir das 20h no Jornal da Noite, entrevista em directo, no dia em que o OE é votado na Assembleia da República
Para ler mais sobre o assunto, clique AQUI.

Já está nas bancas o novo livro do Clube do Livro SIC

«Heróis de Portugal Como Nunca Foram Contados», texto de Pedro Marta Santos e ilustrações de Tiago Gonçalves 
«O que é um herói? Será alguém que sofreu e superou algum tipo de provação, como Nun´Álvares Pereira, herói de Aljubarrota, ou Fernão Magalhães, obstinado em provar que se podia, por mar, dar a volta ao mundo? E não será herói Luís de Camões, que sobre si mesmo se fecha para escrever «Os Lusíadas»? Ou Aristides Sousa Mendes por ter preferido seguir um imperativo ético em vez de se submeter ao poder de Salazar? Neste tempo de descrença e pessimismo, Pedro Marta Santos dá-nos, com emoção e verdade, a história de 19 Heróis da História de Portugal. São 19 histórias que nos contam a História como nunca tinha sido contada. «Heróis da História de Portugal» é o livro do reencontro com as nossas figuras maiores: com as aventuras e com as suas imagens. Uma obra para ser lida pelo grande público, com uma linguagem que vai reconciliar os estudantes com a História»

29 de novembro de 2011

Vizinho, mudei a loja marca regresso de Rita Ferro Rodrigues ao ecrã

Na SIC Mulher a 2 de Dezembro
(C) Montagem feita pelo SIC Blogue
Numa parceria de comunicação inovadora, a SIC Mulher e o Recheio Cash & Carry estreiam na próxima sexta-feira, dia 2 de Dezembro, às 21:30H, o novo programa ‘Vizinho, mudei a Loja!’. 
Ao longo de 13 episódios de 30 minutos cada, os telespetadores vão acompanhar o processo de transformação de envelhecidas e descaracterizadas lojas de bairro em mercearias da rede “Amanhecer”. Com a apresentação a cargo de Rita Ferro Rodrigues, as equipas da SIC e do Recheio vão percorrer o país e dar uma nova alma às mercearias de bairro e à vida dos seus proprietários. 
Cada episódio contará uma história, que é única, tal como a loja que será objeto de intervenção. O primeiro episódio foi filmado em Vila Velha de Ródão, no interior de Portugal, e contará um pouco da história da família Pequito e do que a levou a tomar esta decisão de transformação de uma loja que já tinha há 11 anos. 
O projeto “Amanhecer”, que nasceu com o objetivo de reabilitar e revitalizar o comércio tradicional contrariando a sua tendência de queda nos últimos anos, foi lançado, no início deste ano, pelo Recheio Cash & Carry, no âmbito de uma estratégia de assegurar a sustentabilidade futuro daquele que é um dos seus dois segmentos centrais de clientes: os lojistas alimentares tradicionais e independentes. Mantendo intactas as suas características essenciais e a personalização do atendimento, depois da passagem pelo ‘Vizinho, mudei a Loja’ as mercearias vão surpreender os seus clientes com um ambiente de compra moderno e de qualidade e com um sortido renovado, mais equilibrado e adaptado às necessidades atuais. 
Para proprietários de pequenas lojas alimentares que estavam em declínio e a perder a esperança no futuro, ‘Vizinho, mudei a Loja!’ marcará um ponto de viragem e contará a história memorável de um novo “Amanhecer”!

Ana Lourenço entrevista hoje Mário Soares

Hoje na SIC Notícias
Mário Soares fez um longo e conturbado caminho, com altos e baixos, acertos e desacertos, vitórias e derrotas. Dele dá conta num livro que intitulou: “Um Político Assume-se”. É uma espécie de autobiografia política e ideológica que surge numa altura em que Portugal se confronta com grandes desafios.
Uma entrevista de Ana Lourenço a um homem que diz não perder a esperança e promete continuar a lutar.
Para ver a partir das 23h na SIC Notícias.

Jornal da Noite em 3.º

Esta segunda-feira o programa mais visto do dia da SIC foi o Jornal da Noite que ontem foi o 3.º mais visto do dia. Em 2.º lugar do horário, o jornal da casa da informação teve 28,7% de share e 12,1% de rating. 
No total a SIC continua em 4.º lugar. 
TVI – 25,9% 
Cabo – 25,2% 
RTP1 – 23,8% 
SIC – 22,1% 
RTP2 – 3,0%

27 de novembro de 2011

Gabriela Sobral realça Laços de Sangue para captar público

Gabriela Sobral (ao meio) com Júlia Pinheiro e Diogo Morgado
"Cada vez mais, quando olho para a ambas as estações e para o que é hoje a TVI e a SIC, tenho a certeza de ter feito a escolha certa. A TVI mudou muito. Mas se olhar para a grelha está igual, é quase filosófico", diz a directora de Produção da SIC e ex-braço-direito de José Eduardo Moniz na TVI. 
"O que mudou radicalmente foi a informação. A informação é um pouco a caracterização de um canal, e olho para aquilo e... parece a RTP, mas não é... O que falta ali na TVI é identidade", sublinha Gabriela Sobral, que se regozija com as consequências desta mudança, que se reflectiram na SIC. "Sem dúvida que ganhámos público. ‘Laços de Sangue' conquistou telespectadores das novelas da TVI. ‘Sedução' não ‘vendeu' bem. Mas isto é tudo uma questão de gestão. Eles tinham três novelas em prime-time e nós tínhamos de ter uma que agarrasse o público", explica. Luís Marques, director-geral da SIC, disse ao CM que ‘Laços de Sangue', galardoada com um Emmy, levou novos públicos para o canal: ganhou "duzentos mil espectadores ao longo da novela". 
A directora de Produção da SIC considera ainda que a TVI mantém a programação de sempre: "Aquilo é uma herança. Os programadores não mexem na novela, no reality. Não há nada de novo, mas é o que faz sentido ali."

O objectivo é manter a qualidade

"Nunca na história dos Emmy um País ganhou duas vezes a mesma categoria e ‘Laços de Sangue’ concorreu com novelas da Globo. Por este motivo foi uma vitória mais saborosa", disse ao CM Luís Marques. 
O director-geral da SIC revela ainda, à margem de uma conferência de imprensa, que esta novela atraiu mais 200 mil espectadores para o canal, pelo que a estratégia agora passa por manter "este nível de qualidade", conta. Luís Marques responde ainda ao repto lançado por António Parente, presidente da SP Televisão: "O ideal seria ter duas novelas em prime-time, mas não temos orçamento para isso".
CM

26 de novembro de 2011

SIC e RTP1 separadas por 0,1%

Esta sexta-feira o programa mais visto do canal foi o Jornal da Noite. O noticiário das 20h conquistou a liderança do horário ultrapassando os 30,0% de share. Com11,5% de rating e 30,3% de share, o Jornal da Noite foi o 3.º programa mais visto do dia.
TVI – 26,4%
Cabo – 25,7%
RTP1 – 22,3%
SIC – 22,2%

Made in Portugal na Grande Reportagem SIC

Amanhã no Jornal da Noite
Apesar da crise e da conjuntura internacional cada vez mais desfavorável, as exportações portuguesas vão crescer quase 10% este ano. Um verdadeiro feito conseguido por um punhado de pequenas e médias, grandes empresas. 
A ‘Grande Reportagem SIC’ “Made in Portugal” é uma viagem pelas dificuldades e pelas conquistas de alguns exportadores que levam o nome do país a todo o mundo. 
Do azeite aos sapatos, do mobiliário aos pasteis de nata. 
Um trabalho da jornalista Cristina Boavida com imagem de Pedro Cardoso e Edição de Imagem de Andres Guitierrez.

Emmy mostrado aos restantes actores de Laços de Sangue

Cinco dias passados desde a grande conquista na cidade de Nova York, o Emmy ganho pela telenovela “Laços de Sangue” foi finalmente exibido em Portugal nas instalações da SIC, em Carnaxide. O encontro decorrido na tarde de ontem, 25 de Novembro, reuniu o elenco da “novela da nossa gente” num ambiente festivo de comemoração. 
O director-geral da SIC Luís Marques inaugurou a pequena cerimónia com um discurso a recordar todo o processo de produção da novela. Em virtude das dificuldades em conjugar as vontades da SIC, Globo e SP num espaço de tempo que já era muito curto, Luís Marques afirmou que numa fase embrionária “este era um projecto que tinha tudo para correr mal, havia muitas dúvidas iniciais”. Mas o entendimento foi possível. Depois do grande sucesso de audiências, “Laços de Sangue” candidata-se ao Emmy na categoria de melhor telenovela, numa luta que se apresentava como uma batalha perdida. 
João Ricardo agarrado ao Emmy
“Tínhamos tudo para não ganhar. Para além de termos a forte concorrência da novela brasileira “Araguaia”, Portugal já tinha conquistado este prémio no ano anterior. Foi uma grande vitória para nós”, confessou Luís Marques. 
A protagonista da novela Diana Chaves demonstrou-se muito satisfeita com esta vitória. A actriz portuguesa afirmou que a conquista do Emmy deixou os representantes da novela em Nova York sem reacção. “Demorámos alguns segundos a reagir porque não estávamos à espera. Mas quando percebemos que era mesmo verdade ficamos todos muito emocionados”, confidenciou Diana Chaves. 
Foram vários os actores que marcaram presença
Na conferência de imprensa estiveram ainda presentes os restantes protagonistas do elenco de “Laços de Sangue” como Diogo Morgado, Custódia Gallego e João Ricardo, numa lista em que se fez notar a ausência de Joana Santos, uma das personagens principais da novela.

25 de novembro de 2011

Laços de Sangue no serão de sábado


É já amanhã à noite que a SIC aposta numa noite virada para o Emmy de Laços de Sangue. A novela da nossa gente conquistou esta semana o Emmy de melhor telenovela do Mundo. A co produção da SIC e da TV Globo com produção da SP Televisão vai ser recordada este sábado à noite na SIC.

Uma emissão especial das 21h50 às 22h55 que terá imagens nunca antes desvendadas da novela da nossa gente...
Imperdível na SIC!

Pedro Passos Coelho entrevistado quarta-feira na SIC

Líder do Partido Social Democrata. Primeiro Ministro de Portugal. Pedro Passos Coelho estará quarta-feira numa entrevista em exclusivo à SIC! A informação foi avançada no Primeiro Jornal do canal
Cabe ao jornalista José Gomes Ferreira conduzir a entrevista ao primeiro ministro de Portugal no mesmo dia em que o Orçamento de Estado é votado na globalidade!
Os portugueses deitam contas à vida. Como vai ser o próximo ano? Será que vamos pagar mais impostos? Será que vamos ter emprego? Como relançar a economia e sair da crise?
Pedro Passos Coelho vem à SIC responder a todas as questões que os portugueses gostariam de colocar ao primeiro-ministro.
José Gomes Ferreira entrevista Passos Coelho, em directo, quarta-feira no Jornal da Noite.

João Ricardo já grava Rosa Fogo


Tudo sobre a novela no Blog Rosa Fogo
Apesar da transição inédita de uma novela para a outra, Armando Coutinho continua a ser uma personagem excêntrica e com ideias fixas. 
Desta feita, em ‘Rosa Fogo', quer comprar a barbearia do bairro. Para isso terá de contar com a simpatia de Carmen (Inês Castel-Branco), Aida (Susana Mendes) e Vítor Barbalho (Rui Porto Nunes). Feliz com o regresso de Armando, João Ricardo, que dá corpo à personagem, espera que Gi (Custódia Gallego) possa também regressar. "Esta personagem nunca teria o valor que tem sem a Custódia", confidencia. 
Mas o reforço do núcleo cómico da novela da SIC não se fica por aqui. Marco Horácio também já começou a gravar a sua participação como Bilro Benvindo e avança que a sua personagem terá "um jogo muito interessante com a Carmen". 
À Correio TV o humorista garante estar a divertir-se muito nas gravações.

Hora Extra em destaque no Perdidos e Achados

Em 2003 estava no auge a moda de tatuar o corpo e usar piercings. Desenhavam-se golfinhos e diabinhos um pouco por todo o corpo, furava-se o umbigos e a língua para colocar uma jóia   
O programa ‘Hora-Extra’, na altura, dedicou toda uma emissão ao tema. Uma hora de reportagens em estúdios de tatuagens, salões de estética, entrevistas com tatuadores e tatuados e debates. 
Oito anos depois, o ‘Perdidos e Achados’ recupera todo esse material. Quisemos saber o que mudou no negócio, como lidam agora com o corpo tatuado os adultos...jovens na altura da reportagem. 
Jornalista: Isabel Osório 
Imagem: Odacir Júnior 
Edição: João Nunes 
Produção: Madalena Durão; Diana Matias 
Coordenação: Sofia Pinto Coelho 
 Direcção: Alcides Vieira

Este sábado no Jornal da Noite!

Derby Benfica X Sporting na SIC Notícias

Amanhã, durante todo o dia, operação informativa especial em torno do derby ‘BENFICA-SPORTING’. Antes e depois do jogo, diretos, reportagem e comentários de Ribeiro Cristovão, Jorge Baptista, Costa Martins, Mário Fernando e Sérgio Conceição. 
Tudo isto para ver na SIC Notícias durante este sábado!

Ganha Num Minuto a 8 de Janeiro e no Verão

Os gordos da SIC vão dar lugar, a partir do primeiro domingo de Janeiro, dia 8, ao concurso Ganhar Num Minuto. Entregue a Marco Horácio por 12 semanas – actualmente na novela de Carnaxide Rosa Fogo e depois de ter apresentado Salve-sequempuder –, o actor diz que o convite foi uma “surpresa pela confiança que depositaram”. 
Segue depois: “Segundo eles [responsáveis da SIC], o programa é a minha cara, dizem que sou maluco o suficiente para isso. Espero estar à altura.” Aliás, ainda o actor e apresentador não começou os ensaios e já tem encomendas para a época do calor. “Primeiro, vamos ter 12 emissões e, depois, o concurso vai voltar mais perto do Verão, mais refrescado, com outro formato”, adianta Marco Horácio. 
Para já, entre risos e descontracção, lamenta a ausência da colega de entretenimento: “Desta vez, não tenho a linda Diana [Chaves] para distrair as pessoas em casa, as atenções vão estar em mim e nos concorrentes.” Espera, porém, reunir a família nos sofás. “Ganhar Num Minuto é uma grande responsabilidade e está na linha de programas que vai juntar as famílias à frente do televisor. As provas podem ser feitas com os objectos que os espectadores têm em casa e o cenário é brutal. É, por isso, mais uma prova de fogo, vai ser muito giro. Vai ser um belíssimo domingo.” 
Os ensaios só começam a 9 de Dezembro, as gravações a 11 ou a 12, mas o Bilro Belmiro de Rosa Fogo já divide os fins-de-semana entre os textos da novela da SIC e os DVD e guiões de Ganha num minuto [ Minutetowin It, no original], da produtora Fremantle Media. “Foi um fim-de-semana bem divertido, mas tem de ser...”, diz, num tom brincalhão. 
Encantado com a personagem cómica que lhe foi entregue pela autora da novela, Patrícia Müller, o actor tentou exagerar nas características de Bilro Belmiro para evitar confusões com o registo humorístico que terá de manter em Ganhe Num Minuto. “Quis ter uma personagem que se diferenciasse da do novo concurso da SIC e que vai estar no ar no mesmo período.

Repórter de imagem do canal ferido

Um repórter de imagem da SIC ficou ferido, esta quinta-feira de greve geral, na sequência da exaltação de ânimos na manifestação frente à Assembleia da República. Segundo confirmou o CM, José Silva foi atingido por uma garrafa e encaminhado para o hospital. 
O repórter teve de levar dois pontos, já saiu do hospital e vai voltar ao trabalho esta sexta-feira. “Está tudo bem”, disse ao CM fonte oficial da estação de Carnaxide.
CM

24 de novembro de 2011

O Emmy já está na SIC (c/vídeo)


Chegaram a Lisboa os protagonistas de “Laços de Sangue”, a co-produção da SIC e da TV Globo que recebeu o Emmy internacional de melhor telenovela. É um dos prémios mais importantes do mundo e distingue os melhores trabalhos da televisão fora dos Estados Unidos. A cerimónia decorreu em Nova Iorque. É mais um prémio que reforça o prestígio da ficção produzida em português. Os actores Diana Chaves e Diogo Morgado e o director-geral da SIC, Luís Marques, falaram desta importante distinção em entrevista no Primeiro Jornal.

Emmy > Comitiva feliz à chegada!

Os protagonistas da novela, o autor e o director- geral da SIC chegaram ontem a Lisboa e eram o espelho da felicidade e do orgulho. 
O sol ainda não tinha nascido quando a comitiva da novela Laços de Sangue chegou ao Aeroporto de Lisboa, trazendo na bagagem o Emmy na categoria de Melhor Novela, conquistado em Nova Iorque ( EUA) na noite de segunda- feira. Foi por volta das 06.30 que Pedro Lopes, Luís Marques, Diana Chaves e Diogo Morgado mostraram, ao vivo e a cores, a estatueta dourada que, pelo segundo ano consecutivo, veio para Portugal. 
Pedro Lopes, Luís Marques, Diana Chaves e Diogo Morgado O actor Diogo Morgado, que antes de embarcar para a “cidade que nunca dorme” tinha afirmado não acreditar na vitória de Laços de Sangue na corrida pelo Emmy, revelou a sua surpresa com a conquista do prémio. 
“Foi mais do que especial, até porque não estava mesmo nada à espera de ganhar. E foi bom, porque quando o nome da novela foi anunciado, ficámos completamente doidos”, frisou, visivelmente satisfeito. Quem também não escondeu o orgulho pelo galardão conquistado em Nova Iorque foi Diana Chaves. A actriz, que na novela deu vida a Inês Nogueira, afirmou à chegada a Lisboa que viveu o momento “mais emocionante” na sua carreira. “É um orgulho enorme sentir que o nosso esforço é reconhecido, não só em Portugal como além- fronteiras. Foi uma novela difícil, demorou muito tempo, gravámos 322 episódios, e posso dizer que nos saiu do corpo”, salientou o rosto exclusivo da SIC, acrescentando que também não estava à espera da vitória. A opinião dos protagonistas da novela, produzida pela SP Televisão com o apoio datvglobo, contrastou com a de Pedro Lopes. 
O autor de Laços de Sangue revelou ao DN que acreditou sempre que o Emmy viria novamente para o nosso país. “Quando parti para Nova Iorque, tinha expectativas de ganhar, e isso realmente aconteceu. O momento em que subimos ao palco foi mágico, não existem palavras que possam descrever o que eu senti”, recordou, orgulhoso, o guionista. O director- geral da SIC, Luís Marques, completou a comitiva da novela e fez questão de retirar a estatueta dourada da mala para a mostrar aos jornalistas presentes no local.

A notícia do Emmy pelo telefone

Custódia Gallego preparava- se “para sair de casa e ir fazer análises clínicas” quando o telefone tocou em casa. “Era da SIC a dizer que Laços de Sangue tinha ganho o Emmy”, conta ao DN. A actriz, que fez a divertida Gi na novela da SIC, acredita que a ficção nacional “vai ser vista por outro público e ganhar prestígio”. 
João Ricardo, que deu vida ao empresário Armando Coutinho, passou ontem o dia a gravar, mas no intervalo comentou o prémio para a novela da SIC. “Era para ir a Nova Iorque. Aliás, eram para ir mais actores, mas a SIC entendeu que era melhor assim.” Um dos que lá esteve foi Diogo Morgado, o João da trama, que deu a novidade através do Twitter: “E não é que ganhámos mesmo o Emmy. Super orgulho”, escreveu na rede social. 
Pedro Lopes, o autor de Laços de Sangue, conta que depois da euforia no palco o grupo “fez um brinde e ficou a confraternizar” por algumas horas. O argumentista acrescenta que “sonhava ganhar”. Só que na hora da revelação, assegura“que ninguém esperava ouvir o nome Laços de Sangue”. E, por isso, houve a explosão “quase infantil” do grupo. 
António Barreira passou pelo mesmo no ano passado, quando Meu Amor (TVI) arrecadou o Emmy. “Em dois anos consecutivos foram duas novelas portuguesas a ganhar. É como se a Selecção Nacional tivesse ganho o Mundial de Futebol duas vezes”, refere. Barreira dá “os parabéns” a Laços de Sangue porque “mais uma vez, o nome de Portugal é reconhecido além- fronteiras”. E conclui: “O investimento na ficção revela- se certeiro.” 
DN

José Fidalgo, esta quinta-feira à conversa com os fãs de Rosa Fogo

Esta quinta-feira, a partir das 12h e durante uma hora, José Fidalgo fala sobre a sua personagem com os fãs da novela Rosa Fogo em directo no Facebook da novela. José Fidalgo dá vida a Diogo Martins na novela onde ninguém é o que parece. Sedutor nato é a arma secreta de José da Maia. Pede Maria em casamento mas as suas intenções são desonestas.
Para aceder ao facebook da novela Rosa Fogo, clique AQUI.

23 de novembro de 2011

Mariza em Alta Definição


No fim-de-semana em que o Fado pode ser eleito Património Imaterial da Humanidade, o Alta Definição recebe, em exclusivo, a representante máxima do género da era contemporânea. Mariza, como nunca se viu!! 
O lado mais pessoal da mulher e da mãe que passou os 4 meses mais fracturantes da sua vida! 
Um testemunho fantástico. Sábado, às 14h na SIC


Emmy "assenta bem à SIC" > Luís Marques

“Já passaram 15 horas e ainda não acredito.” Foi desta forma que Luís Marques começou a conversa. Sem ter ido à cama (“quando a festa acabou aqui em Nova Iorque, comecei a receber mensagens de felicitações de Portugal, e acabei por não conseguir dormir”, contou ao DN), o director- geral da SIC não cabia em si de contente. “Isto é fantástico, não estávamos à espera.” 
 “Isto” é o Emmy Internacional que a novela da SIC Laços de Sangue, uma parceria com a brasileira Globo, recebeu na madrugada de terça- feira na gala televisiva que decorreu nos Estados Unidos. A história assinada por Pedro Lopes, com supervisão do brasileiro Aguinaldo Silva, foi a escolhida, batendo a brasileira Araguaia, que também passou na SIC, Contra las Cuerdas ( Argentina) e Precious Hearts Romances Presents: Impostor ( Filipinas). “Mesmo com menos dinheiro, porque o nosso custo de produção foi muito mais baixo, ganhámos. É fantástico”, repetiu. 
À partida para Nova Iorque, a expectativa era baixa, tal como não se cansaram de dizer os membros da comitiva, com Diogo Morgado à cabeça. “Honestamente, não tenho grandes expectativas. No ano passado já ganhou uma novela portuguesa”, admitiu, ainda no Aeroporto da Portela. Mesmo assim, e pelo segundo ano consecutivo, o Emmy veio para Portugal. “A concorrência era muito forte. Não só havia a Araguaia, como até a produção filipina, sem ser uma grande obra, era bem feita e não ficaria chocado se tivesse ganho, até numa lógica de dividir os prémios pelas aldeias”, explicou Luís Marques. O galardão, apesar de tudo, “assenta bem à SIC”, considerou o director- geral. “É uma honra muito grande, um reconhecimento do nosso trabalho. Contra um adversário forte e há muito implantado em Portugal, como a Plural, a SIC conseguiu em três anos montar uma estrutura de ficção capaz de ombrear com os melhores e de ganhar um prémio destes. Além disso, este galardão é uma notícia óptima para Portugal. Nunca um país tinha conquistado dois Emmys consecutivos na mesma categoria”, lembrou. Luís Marques acredita que o galardão conquistado em Nova Iorque pode ser “um importante cartão de visita” na política externa da SIC, da Globo e da SP Televisão. “É óbvio que isto é bom para o negócio e para a internacionalização dos nossos produtos de ficção.” António Parente, presidente da SP Televisão, não tem dúvidas sobre a importância do prémio para o negócio.“É evidente que uma novela com um Emmy desperta sempre um maior apetite aos compradores internacionais”, explicou ao DN. 
O homem que desde 1992 está ligado à ficção televisiva em Portugal ( foi patrão da NBP, antigo nome da Plural, até 2007, vendendo então a empresa à TVI; compra então a SP Filmes e transforma-a na actual SP Televisão) revela que Laços de Sangue “faz parte do catálogo internacional da Globo”. “Essa é uma das vantagens desta parceria com a Globo”, admite Parente, que dará na sexta- feira uma entrevista exclusiva à revista Notícias TV.
DN

Ricardo Pereira já é pai

Ricardo Pereira já é pai! O apresentador do E-Especial - transmitido ao sábado à tarde - foi pai de Vicente. O filho de Ricardo e Francisca Ribeiro nasceu no Brasil com 49 cm e 3,5 kg.
Vicente é também o nome da personagem que o actor está a gravar numa novela (Aquele Beijo) que chegará brevemente, também, aos ecrãs da SIC.
O SIC Blogue dá os parabéns aos pais!

22 de novembro de 2011

Custódia Gallego esteve no "Primeiro Jornal" (c/vídeo)

João Ricardo no Jornal da Noite, fala da novela

Balsemão > "Estamos no caminho certo"

O presidente do Conselho de Administração da SIC, Francisco Pinto Balsemão, considerou que a conquista de um Emmy Internacional pela novela "Laços de Sangue", uma co-produção entre a SIC e a Globo, é "estimulante e motivador".
Num comunicado enviado ao grupo Impresa (grupo que detém a SIC), Balsemão afirmou que a atribuição do Emmy à novela "Laços de Sangue" "é motivo de grande satisfação para todos", mas também "a prova" de que a SIC está "a seguir o caminho certo na área da ficção". 
Sem esquecer outros prémios na área da informação, que segundo Balsemão têm "demonstrado a mais valia do grupo no jornalismo", o presidente da SIC, considera que todo o grupo está de parabéns. "O que é estimulante e motivador, numa altura em que os portugueses precisam, mais do que nunca, de acreditar em si próprios", acrescenta.
DN

Gabriela Sobral > "É uma consagração da ficção da SIC"

Gabriela Sobral na apresentação da novela (ARQUIVO)
A directora de produção da SIC, Gabriela Sobral, afirmou hoje à Lusa que a conquista em Nova Iorque de um prémio Emmy para a telenovela "Laços de Sangue" é "a consagração do trabalho e da ficção nacional". "É uma consagração da ficção que a SIC anda a fazer. É uma realidade no nosso país. Este é o segundo Emmy, são dois anos seguidos, o que é um feito", disse Gabriela Sobral, referindo-se também ao Emmy conquistado no ano passado pela novela da TVI "Meu Amor". 
Daí, admitiu, ter ficado surpreendida com a atribuição do Emmy a "Laços de Sangue". Além disso, a novela protagonizada por Diana Chaves, Diogo Morgado e Joana Santos concorria directamente com "Araguaia", uma telenovela da rede Globo. Por isso, Gabriela Sobral realçou que que esta conquista mostra que a ficção nacional "é muito acima daquilo que os portugueses acreditam ser". 
No entender da directora de produção da SIC, depois deste prémio vai ser mais fácil vender a novela no mercado. "Vender uma novela internacionalmente é uma mais-valia, mas mais do que a receita é a consagração de um produto e de uma área muito importante para uma TV generalista. A ficção é a área mais importante da antena", concluiu. A coprodução da SIC e da TV Globo "Laços de Sangue" conquistou esta madrugada, em Nova Iorque, um Emmy Internacional na categoria "telenovela", para a qual estavam também nomeadas a produção da Globo "Araguaia", uma outra argentina e uma filipina.
DN

Recorde-se que esta foi a primeira novela que a directora de produção teve a seu cargo. A sua primeira aparição pública desde que se transferiu da TVI para a SIC foi precisamente na apresentação de Laços de Sangue à imprensa.

Presidente da República felicita SIC pelo Emmy!

Numa nota publicada no site da presidência, informa-se que "O Presidente da República enviou uma mensagem de felicitações à SIC pela atribuição do Emmy para a Melhor Novela Internacional.
A mensagem enviada por Cavaco Silva tem o seguinte teor: "Tendo tido conhecimento que a novela "Laços de Sangue", transmitida pela SIC, foi a vencedora do Emmy para a Melhor Novela Internacional, quero, em meu nome e de todos os Portugueses, felicitar os seus autores, o elenco e também toda a equipa técnica por esta distinção que, uma vez mais, destaca a qualidade da ficção televisiva portuguesa a nível mundial. 
Aceitem os meus parabéns e os desejos sinceros de muitas felicidades pessoais e profissionais. 
 Aníbal Cavaco Silva"

Nuno Santos feliz pelo Emmy conquistado

Nuno Santos ladeado por representantes da SIC,
TV Globo e SP Televisão
Este texto é da responsabilidade do actual director de informação da RTP, antigo director de programas da SIC: 
"Laços de Sangue a co-produção SIC/TV Globo com a SP Televisão ganhou o Emmy para melhor novela. Seremos suspeitos, é certo, mas é um prémio merecido para uma grande trama com a mão do mestre Aguinaldo Silva bem desenvolvida pela equipa do Pedro Lopes e com um grupo de grandes actores. Foi um extraordinário trabalho de equipa no qual me orgulho de ter participado e foi mesmo um dos que maior prazer me deu. Aqui deixo um abraço para os amigos da Globo Guilherme Bokel e Raphael Corrêa Netto, para o Jorge Marecos e um especial para o Luís Marques que teve a feliz ideia de me dar a notícia esta madrugada. Este prémio é de todos mas eu quero partilhá-lo com o Virgílio Castelo, com a Vanessa Fino Tierno, com o Luís Proença, com o Daniel Cruzeiro, com o Daniel Oliveira, com a Aida Pinto, com o Miguel e com o João Pedro... Laços de Sangue acabou mas a nossa vida continua! — com Raphael Corrêa Netto."

Emmy "um prémio à persistência" (c/vídeo)

A telenovela portuguesa ‘Laços de Sangue’ venceu, esta madrugada em Nova Iorque, o Emmy para a melhor telenovela no 39th International Emmy Awards. 
O prémio foi entregue ao diretor-geral da SIC, Luís Marques, e ao diretor de entretenimento internacional da Rede Globo, Guilherme Bokel. ‘Laços de Sangue’, a primeira co-produção entre a SIC e a Globo com a parceria da SP televisão, conta com o desempenho dos atores Diogo Morgado, Diana Chaves, Joana Santos, João Ricardo, Custódia Galego, entre muitos outros. 
A telenovela portuguesa da SIC concorreu com outros três finalistas: ‘Araguaia’, da Rede Globo, ‘Contra las Cuerdas’, da Argentina e ‘Precious Hearts’, das Filipinas. Ao todo, foram 1000 programas inscritos, de 61 países, para disputar os títulos das 10 diferentes categorias, que foram analisados por mais de 800 jurados de 67 países. 
 Para Luis Marques, director geral do canal, “este Emmy é um prémio à persistência, ao risco, ao fazer diferente e ao acreditar que é possível com uma boa equipa e um bom projeto ter sucesso”.

Mascote da SIC K com destaque no Circo Mágico


A mascote da SIC K, ganha este Natal um destaque muito especial. O Kapa, será um dos protagonistas do ‘Circo Mágico’, o espectáculo mais esperado deste natal. 

A mascote da SIC K vai-se juntar as outras personagens bem conhecidas do público mais jovem. Juntos, e com a ajuda de malabaristas, ilusionistas, trapezistas, acrobatas e outros grandes artistas circenses, vão trazer magia ao Pavilhão Atlântico, em lisboa nos dias 3 e 4 de dezembro, e ao Europarque, em Santa Maria da Feira, nos dias 10 e 11 de dezembro. 
A SIC é a televisão oficial deste evento, e reforça assim, mais uma vez, o seu posicionamento como a marca dos grandes eventos. Além da presença do Kapa no grande palco do evento, outras atividades e surpresas estão guardadas, para fazer as delícias dos mais novos. 
E como o Natal é também tempo de oferecer, a SIC tem 25 convites duplos para as famílias que até ao dia 25 de novembro, enviem os desenhos mais originais do Kapa. 
Todas as novidades deste grande Circo Mágico, poderão ser vistas em www.sic.sapo.pt.

Laços de Sangue vence Emmy!


A co-produção da SIC e da TV Globo "Laços de Sangue" conquistou hoje, em Nova Iorque, um prémio Emmy na categoria "telenovela", para a qual estavam também nomeadas uma produção brasileira, outra venezuelana e uma filipina. 
A telenovela portuguesa destacou-se perante a produção da TV Globo do Brasil "Destiny River", "Contra las Cuerdas", da televisão pública da Argentina e a filipina "Precious Hearts Romances presents: Impostor". 
"Laços de Sangue" contou com a participação de actores como Diogo Morgado, Diana Chaves e Joana Santos nos principais papéis.

21 de novembro de 2011

César Mourão regressa à tv na SIC Radical

Actor no extinto ''Vida Nova''
César Mourão regressa à televisão, estreando-se como autor e apresentador do late night talk show ‘Para Algo Completamente Indiferente’, na SIC Radical. Em ‘Para Algo Completamente Indiferente’ os convidados irão desde os nomes consagrados a revelações para o grande público nas mais variadas áreas. O objetivo é ter com eles conversas num ambiente descontraído, que sejam ao mesmo tempo divertidas, intimistas, surpreendentes e reveladoras de lados menos convencionais dos convidados. 
No humor, entre outras rubricas, destacam-se os Commédia Take Away, pioneiros da Comédia de Improviso e do Humor de Guerrilha, que vão atuar em happenings criados especialmente para o efeito nos lugares mais inusitados, como transportes públicos, repartições de finanças, salas de jantar de casa particulares, etc. 
Destaque ainda para ‘Part-Time’, o momento da verdade em que César Mourão descobrirá o que seria, ou não, capaz de fazer para ganhar a vida, caso não fosse ator. 
 ‘Para Algo Completamente Indiferente’ terá ainda uma componente musical, com atuações de artistas e bandas que farão, ao vivo, versões acústicas dos seus temas. 
O programa apresentado por César Mourão, produzido pela U-First, estreia a 30 Novembro na SIC Radical, com duração de cerca de 45 minutos e é exibido semanalmente às quartas-feiras à noite.

A partir de 30 de Novembro
na SIC Radical!

Na SIC não há circo este ano!

a dupla volta a juntar-se
Júlia Pinheiro, Daniel Oliveira, João Manzarra, Raquel Strada, 
Rita Ferro Rodrigues e Nuno Graciano são os 
rostos da operação a decorrer a 9 de Dezembro

A SIC, por seu lado, deixa cair uma das mais emblemáticas emissões que transmite nesta época: o Circo de Natal. Se no ano passado esteve com Miguel Chen, este ano, porém, diz este responsável, “a SIC não tem verba”. A quadra em Carnaxide será evocada a 9 de Dezembro, numa única emissão de manhã e tarde, feita a partir do estúdio e com as duplas conhecidas do canal de Balsemão: Júlia Pinheiro e Daniel Oliveira, João Manzarra e Raquel Strada e Rita Ferro Rodrigues e Nuno Graciano. Os restantes rostos exclusivos também vão desfilar no programa.
DN

Actores em busca do Emmy!

É já esta segunda-feira de madrugada que se realiza a cerimónia dos emmy internacionais, a partir de Nova Iorque (EUA). 
E Laços de Sangue (SIC) está nomeada para a categoria Novela. O actor Diogo Morgado, protagonista de Laços de Sangue, produzida pela SP e TV Globo e transmitida pelo canal generalista de Carnaxide, falou ao DN, no Aeroporto de Lisboa, a caminho da maior cidade norte-americana. "Vou ver pessoas que só vemos na televisão", começou por dizer, bem disposto, o actor, minutos antes de apanhar o avião. Mas, na mala, não levou grande esperança em trazer o prémio para Portugal: "Honestamente, não tenho muitas expectativas. Temos a noção de que o trabalho está bem feito, mas também há uma dedução lógica a fazer... No ano passado já ganhou uma novela portuguesa [Meu Amor, da TVI]".
DN

20 de novembro de 2011

Dupla castanha abandona Peso Pesado

Considerados por muitos uma das duplas mais fortes da 2.ª edição do Peso Pesado, Carlos e João saíram hoje da herdade do Peso Pesado e resta-lhes agora lutar pelos €25 000.
A dupla castanha não resistiu à votação recebendo a maioria dos votos dos companheiros em competição. A Conceição e o Rui estiveram presentes na Pesagem e assistiram ao caminhar da dupla amarela em direcção à balança. Os amarelos obtiveram uma percentagem de peso perdido de 2,62%. As restantes duplas partiram para esta Pesagem com 1kg de desvantagem e somaram um resultado de 1,70 % muito inferior à da dupla amarela e, como consequência uma delas teria que ser eliminada. O Carlos foi o peso pesado da semana.

19 de novembro de 2011

SIC no espírito festivo

A SIC já tem activo o grafismo alusivo à época festiva que se aproxima. O logótipo do canal no canto superior esquerdo enche-se de neve assim como os diversos separadores de publicidade existentes em antena. Além disso a grelha de programas também tem neve. 
A SIC é o primeiro canal a apresentar os separadores de publicidade alusivos à época festiva que está a chegar.

Jornal da Noite na liderança do horário

Esta sexta-feira o Jornal da Noite foi o programa mais visto da SIC. Em 3.º lugar, conseguiu a liderança no horário das 20h ao fazer 11,3% de rating e 27,8% de audiência média. Foi o único programa do canal a figurar entre os 5 programas mais vistos do dia. Ficou em 4.º lugar por apenas 0,1%. 
Cabo – 27,2%
TVI – 26,8%
RTP1 – 21,2%
SIC – 21,1%
RTP2 – 3,6%

As minas do Lousal em Grande Reportagem

Durante mais de um século, toda a população de Lousal, uma pequena povoação no coração do Alentejo, viveu dependente da principal forma de subsistência da região: a mina. A exploração dos recursos do subsolo garantia o sustento de famílias inteiras do Algarve a Setúbal. 
Da mina saiam diariamente várias toneladas de pirite de onde se extraia o enxofre para produzir ácido sulfúrico e transformar em adubos. 
Os anos prósperos para a região duraram até 1988, altura em que a mina deixou de ser rentável e a empresa proprietária decidiu encerrar a exploração. Dezenas de mineiros ficaram sem trabalho. Famílias inteiras que viviam da mina, e para a mina, ficaram praticamente desamparadas. 
A SAPEC, empresa responsável pela exploração, e a Câmara Municipal de Grândola deram então início a um projeto de requalificação, que hoje está praticamente concluído. Nos últimos anos várias reportagens foram retratando a transformação na aldeia mineira. 
Nos ‘Perdidos e Achados’, recuperamos a história do lugar, dos mineiros e das suas famílias que ao longo dos últimos anos foram testemunhas ativas na mudança. 
Jornalista: Isabel Osório 
Imagem: Rodrigo Lobo 
Edição: João Nunes 
Produção: Diana Matias; Madalena Durão 
Coordenação: Sofia Pinto Coelho 
Direção: Alcides Vieira

18 de novembro de 2011

Peso Pesado continua nas 'bocas do mundo'

Os protagonistas de Peso Pesado 2, da SIC, cuidam do físico no ginásio é à mesa. Agora, que os expulsos voltaram à herdade, intensifica-se a maratona de queimar calorias para subir à balança e ver melhores resultados. A comida e os doces favoritos foram postos de lado por todos os concorrentes. 
Há quase dois meses que os concorrentes de Peso Pesado 2 resistem à tentação de comer picanha, cozido à portuguesa, lasanha, esparguete com camarão, bacalhau com natas e tantos outros pratos saborosos da gastronomia nacional. E, claro, os doces deliciosos mas que quase engordam só de olhar para eles. Do pudim de ovos à mousse de chocolate, passando pelo arroz-doce, leite-creme até aos pastéis de Belém, bola-de-berlim e pão-de-ló de Ovar, os protagonistas do programa de Bárbara Guimarães mostraram até entrar na herdade, em Alcácer do Sal que são bons garfos e muito gulosos. Os pesos-pesados da SIC têm vários pratos de que não gostam, mas que são incluídos na dieta, caso de peixe cozido, que o Alexandre detestava, e carne grelhada que não agradava a Ana. Já Andreia, além de não gostar de peixe, evitava ervilhas e feijão-verde, enquanto Bruno não comia pepino e beterraba, João fugia das favas e José de pepino, couve-flor e brócolos. Vera também não era fã de feijão-verde, cenoura e curgetes. 
A ementa na herdade é à base de legumes, sumos de fruta ou legumes sem açúcar, fruta pouco doce e gelatina light. Os concorrente aprendem nas aulas da nutricionista Teresa Branco e do chef Nuno a preparar comida saudável. Além de adquirirem hábitos alimentareis saudáveis, os protagonistas de Peso Pesado 2 perdem peso com exercício físico no ginásio da herdade e em provas ao ar livre. Os concorrentes que já tinham sido expulsos regressaram, entretanto, à casa e continuam a fazer parte do jogo. Por isso, a guerra às calorias é um objectivo de todos e o vencedor é anunciado na noite da passagem de ano.
NTV

Jornalismo não é cinzento

Crédito: Facebook Clara de Sousa
O pessimismo sentido pelo povo português pode ser atenuado com uma "injecção" de positivismo e optimismo graças aos media. Mas não deverá ser possível reduzir as notícias que, por esta altura, desgastam os portugueses. 
Clara de Sousa, jornalista e pivô do Jornal da Noite, SIC, é a primeira a relembrá-lo à Notícias TV. "É natural que uma grande maioria das notícias seja percepcionada como negativa tendo em conta a actual realidade de crise, mas o meu papel, enquanto jornalista, é mostrar essa realidade", afirma. Apostar num jornalismo positivo pode, argumenta ainda a jornalista da SIC, ajudar o País a "criar auto-estima, mas tem, naturalmente, de obedecer ao critério jornalístico, de ser trabalhado enquanto notícia ou ser desenvolvido numa reportagem ou entrevista". "A questão é que nem sempre as pessoas retêm esta informação da mesma maneira que absorvem as notícias que afectam de forma mais negativa a sua vida. A notícia do corte dos subsídios, por exemplo, tem um efeito muito mais devastador do que uma grande reportagem sobre empresários que encontraram soluções para dar a volta à crise", fundamenta ainda Clara de Sousa. A televisão deve informar, mas não poderá, em momento algum, esconder o Portugal real. "Todos os factos relevantes devem ser noticiados, tenham uma consequência positiva ou negativa. Exige-se cada vez mais bom senso, sobretudo em períodos em que a vida das pessoas já está muito fragilizada. Há uma responsabilidade social por parte dos jornalistas na forma como transmitem a informação, sem desvirtuar o conteúdo", justifica ainda a jornalista Clara de Sousa. 
Rodrigo Guedes de Carvalho, que conduz também as emissões diárias do Jornal da Noite, na SIC, ressalva: "A televisão continua a ser, em grande medida, o meio através do qual milhares de pessoas aferem a realidade. Mas, tendo esta enorme responsabilidade, não lhe deve caber o único papel de grande educadora ou psicóloga." 
Alcides Vieira, director de Informação da SIC, enaltece também a aliança obrigatória do jornalismo com a verdade. "O nosso compromisso com os telespectadores é transmitir as notícias do dia-a-dia sejam elas percepcionadas de modo negativo ou positivo. Ou seja: a subida das taxas de juro pode ser encarada com optimismo para quem tem dinheiro no banco. E, por outro lado, não é vista com bons olhos por quem não tem."
NTV

Fernando Gomes em O Dia Seguinte

Fernando Gomes, candidato à presidência da Federação Portuguesa de Futebol é o convidado especial d’ O Dia Seguinte da SIC Notícias da próxima segunda-feira dia 21 de Novembro, pelas 22h. Paulo Garcia conduz a emissão especial em que o candidato será entrevistado.

"Bar Aberto" na Grande Reportagem SIC

O mais recente estudo realizado pelo Instituto da Droga e da Toxicodependência em Maio de 2011, revela que cerca de 37% dos jovens portugueses com 13 anos, já experimentaram álcool. O número de casos de embriaguez entre jovens com 15 anos, também aumentou, nos últimos 4 anos. 16% em 2007 e 21% em 2011. 
A SIC foi conhecer a noite dos jovens da capital. O acesso ao álcool, os padrões de consumo, e as consequências destes comportamentos. Uma das tendências recentes e crescentes do negócio da venda de álcool, é o chamado “botelhão”. Mercearias ou Lojas de Conveniência com o mesmo horário de fecho dos bares, vendem álcool em garrafas de litro para a rua, sobretudo cerveja, a preços baixos. As autoridades queixam-se dos perigos da circulação das chamadas “litrosas”, que são muitas vezes usadas como armas em conflitos. 
Queixas partilhadas pelos moradores do Bairro Alto e do Bairro de Santos. Para além do ruído, do número de pessoas na rua - numa noite de fim de semana podem ser 10 mil só no Bairro Alto - o aumento da insegurança é a principal causa de preocupação. 
Jornalista: Raquel Marinho 
Repórter de Imagem: Hugo Neves 
Edição: Marco Carrasqueira 
Grafismo: Sérgio Maduro e Patrícia Reis 
Produção: Isabel Mendonça 
Coordenação: Cândida Pinto 
Direção: Alcides Vieira

TVI ultrapassa cabo e SIC mantém-se atrás da RTP1

O Jornal da Noite continua a ser o programa mais visto da estação. Esta quinta-feira conseguiu mesmo fixar-se no top5 sendo o 5.º programa mais visto do dia com 25,8% de share e 10,4% de rating perdendo, no entanto, face à restante concorrência no horário de exibição. No total a SIC mantém-se no 4.º lugar. 
TVI – 27,4%
Cabo – 25,3%
RTP1 – 22,7%
SIC – 20,7%
RTP2 – 3,9%

6 horas de preparação para o Mais Mulher

Ana Rita Clara está completamente dedicada ao programa Mais Mulher que conduz de segunda a quinta-feira, às 17.30, na SIC Mulher. “Sinto-me realizada”, diz e revela que tem de fazer trabalho de casa porque cada emissão tem vários convidados e assuntos diferentes. “Já tenho uma rotina específica que depende dos temas, mas quase sempre são seis horas de preparação que incluem pesquisa e ler livros, por exemplo”, explica a apresentadora. Antes de entrar em estúdio, já vestida e maquilhada, Ana Rita Clara ainda passa alguns minutos a ultimar os pormenores do talk show. “Sou muito perfeccionista”, justifica.
NTV

17 de novembro de 2011

Chef Nuno Queiroz Ribeiro no facebook do Peso Pesado

Nuno Queiroz Ribeiro é o seu nome. O Chef que coloca os concorrentes do Peso Pesado à prova vai estar amanhã a falar com os fãs do programa no facebook do Peso Pesado.
Amanhã, dia 18 de Novembro, entre as 16h e as 17h o Chef do Peso Pesado responde a todas as perguntas que os mais de 57 mil fãs têm para colocar.
Nuno Queiroz Ribeiro vai supervisionar a alimentação dos concorrentes na Herdade do Peso Pesado e ensiná-los a ter uma vida mais saudável.

Chef quer programa na tv
Foi numa entrevista recente a um órgão de comunicação social que o Chef Nuno Queiroz Ribeiro confessou o desejo de ter um programa de culinária da sua autoria na televisão portuguesa isto depois de ter trabalhado em Londres

António José Teixeira entrevista Manuel Alegre

Em tempos de incerteza, Manuel Alegre tem a convicção de que “ou as democracias controlam os mercados, ou os mercados acabam com a democracia”. Um bom pretexto para ouvirmos um homem de cultura e um político que sempre se afirmou à esquerda. 
Uma entrevista de António José Teixeira para ver este sábado, a partir das 23h, na SIC Notícias

Nova promo da SIC! (c/vídeo)

SIC nos 21% com Jornal da Noite em 7.º

Esta quarta-feira o programa mais visto do dia da SIC ficou no 7.º lugar dos programas mais vistos do dia 16 de Novembro. O Jornal da Noite, apresentado por Rodrigo Guedes de Carvalho, foi o programa mais visto do canal com 25,5% de share e 10,3% de rating sendo o 7.º mais visto do dia. 
Cabo – 26,3% 
TVI – 25,3% 
RTP1 – 23,2% 
SIC – 21,0% 
RTP2 – 4,2%

16 de novembro de 2011

Quadratura do Círculo na SIC Notícias com fado

A ‘Quadratura do Círculo’ desta semana tem o fado em pano de fundo da discussão política, numa altura em que este elemento da cultura portuguesa poderá elevar-se a Património Imaterial da Humanidade. 
Para além dos habituais comentadores - António Costa, António Lobo Xavier, Carlos Andrade, José Pacheco Pereira -, o programa terá como convidado Rui Vieira Nery, comissário da candidatura do fado a Património Imaterial da Humanidade e ainda as participações especiais dos fadistas Katia Guerreiro e Ricardo Ribeiro. 
A ‘Quadratura do Círculo’ traz o fado a estúdio em estreita colaboração com o Museu do Fado de Lisboa. 
A não perder, amanhã, dia 17 de novembro, às 23:00H, na SIC Notícias.

SIC cai com apuramento para o Euro 2012

A SIC foi a que mais perdeu no dia de ontem muito por causa do jogo que apurou Portugal para o Euro 2012. O canal de Carnaxide não foi além de 17,7% de share com o programa mais visto a concorrer directamente com o jogo de futebol. 17,7% de share e 7,6% de rating foi quanto fez ontem o Jornal da Noite que foi o 9.º programa mais visto do dia. 
RTP1 – 35,1%
Cabo – 23,3%
TVI – 21,1%
SIC – 17,7%
RTP2 – 2,9%