DANCIN' DAYS

estreia SEGUNDA na SIC a novela onde vale a pena sonhar!

ÍDOLOS

Domingo temos músicas do século XXI com os 10 finalistas

BOA TARDE

O talk show das tardes da SIC

ROSA FOGO

Assiste à novela no horário nobre da SIC

FINA ESTAMPA

Já estreou na SIC!

31 de maio de 2011

Dânia Neto já sente saudades de "Marisa" e as gravações ainda não terminaram

A bela actriz está muito feliz com a sua personagem em «Laços de Sangue» e admite que, apesar de as gravações ainda não terem acabado, já sente saudades da novela
Solteira e boa rapariga, Dânia Neto conquistou um lugar no coração dos portugueses com a sua divertida «Marisa», na novela da SIC.
Numa entrevista ao «Correio da Manhã», a actriz assumiu que está radiante com o resultado da novela e que nem o ritmo alucinante das gravações, que já duram há mais de um ano, lhe tiram a energia para continuar a trabalhar com prazer e alegria.
«Tinha força para continuar mais um ano. Quando for velhota tenho tempo para descansar.», disse Dânia ao mesmo jornal, antes de acrescentar: «Há semanas que são mais puxadas do que outras. A minha personagem tem muitos cenários: a casa, o café, o mercado, o campo de futebol e a praia. Isso faz com que se grave mais dias. Estamos quase na recta final, a um mês e meio de acabar.»
A actriz aproveitou, ainda, para assumir que esta novela está a ser muito especial para si. «Vou guardar este projecto no coração, pois é das novelas mais queridas que já fiz», revelou.
Quando questionada sobre se era o papel da sua vida, a actriz foi peremptória: «Costumo dizer que o papel da minha vida é sempre aquele que estou a fazer. Este foi muito bom, porque lidei com pessoas maravilhosas. Ainda não acabou e já tenho saudades».

Liberdade de informação: onde está?

A Polícia Municipal do Porto impediu, esta terça-feira, os operadores de câmara da SIC e da TVI de recolher imagens dentro do Mercado do Bom Sucesso, que hoje abre as portas pela última vez.
Segundo a edição online do Jornal de Notícias, as equipas de reportagem das duas estações televisivas foram impedidas de trabalhar nas instalações do mercado pela Polícia Municipal, que as obrigaram a ir para a rua, tendo-se instalado a confusão no local.

SIC em 2.º na segunda-feira

Esta segunda-feira a novela Laços de Sangue foi o programa mais visto da SIC. Em 2.º do top a novela da nossa gente conseguiu 11,7% de audiência média e 33,1% de share.
Peso Pesado foi o 2.º programa mais visto do canal sendo que foi o 4.º mais visto do dia. Ontem fez 27,6% de share e 10,5% de audiência média.
Quanto ao share total a SIC ficou apenas a 0,3% do primeiro lugar que esta segunda-feira foi ocupado pela TVI.
TVI – 25,0%
SIC – 24,7%
Cabo – 24,5%
RTP1 – 20,4%
RTP2 – 5,4%

SIC Blogue atinge novo máximo!

O SIC Blogue registou durante o dia de ontem o melhor dia desde Setembro de 2008, altura em que o blog foi criado! No dia pós gala dos Globos de Ouro o SIC Blogue recebeu o número maior de visitantes desde o seu nascimento. Mais de 1300 visitantes únicos visitaram-nos ontem sendo que face a sábado há uma subida de mais de 70% uma vez que o blog costuma registar uma média de 700 visitas diárias. Quanto às chamadas entradas (visualizações) essas foram muitas mais: 2353 clicaram na homepage do SIC Blogue sendo que a hora em que fomos mais visto foi as 14h onde se registou 192 visualizações de página.

30 de maio de 2011

Globos de Ouro com o melhor resultado dos últimos 5 anos

A gala conduzida por Bárbara Guimarães foi vista por mais de um milhão e duzentas mil pessoas e só os directos da passadeira vermelha bateram este resultado.
Quando o relógio marcava as 23.14 e Luísa Cruz subia ao palco para agradecer o Globo de Ouro na categoria de Melhor Actriz de Teatro, Bárbara Guimarães via a gala de prémios da SIC registar o mais elevado valor de audiência: um milhão e 771 mil espectadores sintonizados.
Esta XVI edição trouxe à SIC os melhores resultados dos últimos cinco anos e não deu hipótese à concorrência, conquistando uma média de um milhão e duzentos mil espectadores e assegurando quase metade de todas as pessoas que viram televisão naquele horário.
Os resultados da gala só foram superados pela transmissão das imagens da passadeira vermelha, com perto de um milhão e 400 mil pessoas.
DN

Globos de Ouro arrecadam primeiros lugares no top

A SIC transmitiu este domingo a XVI Gala dos Globos de Ouro que visa premiar o melhor daquilo que se faz em Portugal. A Passadeira Vermelha que antecedeu a Gala foi o programa mais visto do dia ao arrecadar 39,1% de share e 14,5% de audiência média.
A Gala do Ano foi o 2.º mais visto com 12,9% de audiência média e 47,2 pontos percentuais de share.
O Jornal da Noite fechou o top 5 dos programas mais vistos do dia tendo ontem feito 9,4% de audiência média e 29,2% de share.
É caso para se dizer que a SIC colocou todo o horário nobre nos cinco programas mais vistos do dia!
No total do dia a SIC suplantou toda a concorrência e subiu ao primeiro lugar com mais de 30% de share!
SIC - 31,9%
Cabo - 24,3%
TVI - 22,6%
RTP1 - 17,6%
RTP2 - 3,7%

29 de maio de 2011

Vencedores dos Globos de Ouro

PRÉMIO MÉRITO E EXCELÊNCIA
Simone de Oliveira

MÚSICA
Melhor Grupo: Deolinda
Melhor Canção: Expensive Soul
Melhor Interprete Individual: Aurea

MODA
Melhor Modelo Feminino: Sara Sampaio
Melhor Modelo Masculino: Luís Borges
Melhor estilista: Luís Buchinho

REVELAÇÃO
André Villas Boas

TEATRO
Melhor Actor: Miguel Guilherme
Melhor Actriz: Luísa Cruz
Melhor Peça / Espectáculo: O Sr. Puntilla e o seu criado Matti

DESPORTO
Melhor Desportista Feminina: Naide Gomes
Melhor Desportista Masculino: Cristiano Ronaldo
Melhor Treinador: José Mourinho

CINEMA
Melhor Actriz: Maria João Bastos
Melhor Actor: Adriano Luz
Melhor Filme: Mistérios de Lisboa

SIC com Peso Pesado e Laços de Sangue novamente no top5

Neste sábado Peso Pesado e Laços de Sangue foram os 2 representantes da SIC no top dos 5 programas mais vistos do dia de ontem.
Peso Pesado, à semelhança do que tem acontecido ultimamente, foi o mais visto da SIC e o 2.º mais visto do dia. Com 31,4% de share e 10,3% de audiência média conseguiu vencer a concorrência toda.
Laços de Sangue que ontem começou por volta das 23h16 foi o 4.º mais visto do dia com um share de 32,9% e audiência média de 8,5%.
O Alta Definição Especial com uma entrevista de Luís Esparteiro foi o 7.º programa mais visto do dia com 32,5% de share e 7,2% de audiência média.
Cabo – 25,6%
RTP1 – 24,3%
SIC – 23,1%
TVI – 21,1%
RTP2 – 5,8%

Hoje à noite... há Globos de Ouro (c/vídeo)

Globos de Ouro com artistas que fizeram sucesso em musicais londrinos

O Coliseu dos Recreios, em Lisboa, abre hoje portas a mais uma edição dos Globos de Ouro, emitida na SIC, a partir das 21h20.
Esta XVI gala, apresentada por Bárbara Guimarães, terá como convidados especiais os actores brasileiros Milena Toscano e Murilo Rosa, que dão vida ao par romântico Manuela e Solano da novela ‘Araguaia’. A dupla irá entregar um dos prémios da noite. O momento musical dos Globos está a cargo de Nuno Feist. O maestro irá juntar em palco três talentosos artistas portugueses que têm feito sucesso em musicais londrinos: Sofia Escobar, protagonista de ‘Fantasma da Ópera’; Ricardo Afonso, protagonista de ‘We Will Rock You’; e Madalena Alberto, que foi protagonista de ‘Os Miseráveis’.
O evento SIC/Caras premeia os melhores nas diversas áreas: desporto, teatro, cinema e moda.

Globos de Ouro preenchem horário nobre na SIC

Em dia de cerimónia do ano, a SIC veste-se de gala e dedica o horário nobre aos Globos de Ouro. Pelo 16.º ano consecutivo a SIC e a CARAS juntam-se para premiar o talento nacional e a partir das 21h20 a passadeira vermelha estende-se para a festa do ano que começa às 22h com a apresentação a ser uma vez mais a cargo de Bárbara Guimarães

19:40 > GLOBOS EM PERIGO!
20:00 > JORNAL DA NOITE
21:20 > OS GLOBOS DE OURO -A PASSADEIRA VERMELHA
22:00 > OS GLOBOS DE OURO - A FESTA DO ANO
01:00 > CINEMA: BASTA!

28 de maio de 2011

Contagem decrescente para os Globos de Ouro já começou

Já começou a contagem decrescente para a grande gala do ano. Desde o programa Peso Pesado desta noite que o canto superior direito é preenchido com uma espécie de contagem decrescente para a XVI Gala dos Globos de Ouro!

Dupla laranja eliminada do Peso Pesado

As expulsões no Peso Pesado chegam esta semana mais cedo e hoje foi dia de ver mais uma dupla abandonar o programa.
As pesagens foram as seguintes
- dupla azul escuro – 4,71%
- dupla castanha – 3,78%
- dupla cinzenta – 3,66%
- dupla verde – 3,47%
- dupla laranja – 3,43%
- dupla rosa – 2,84%
- dupla vermelha – 2,51%

No entanto duas duplas tinham imunidade. A dupla vermelha conquistou a imunidade na prova de quarta-feira sendo que na quinta-feira ficamos a saber que a equipa cinzenta recebeu, também, a imunidade depois de ouvidas as duplas.
Em relação ao Peso Pesado da semana esta semana foi o Filipe da dupla azul escura que perdeu mais de 7 kg
Assim sendo quem ficou abaixo da linha amarela foi a dupla laranja e a dupla rosa uma vez que a dupla vermelha tinha conquistado a imunidade.
Como já é habitual as duplas foram até à sala de eliminação e escolheram quem queriam que saísse do programa.
A decisão final caiu sobre a eliminação da dupla laranja. Como a dupla laranja tinha as duas pulseiras, a do extra foi para a Susana da dupla vermelha. Já a pulseira do "nada" foi para o Filipe da dupla azul escura.

Amanhã à noite na SIC a XVI Gala dos Globos de Ouro

Ao longo dos últimos dias o Coliseu dos Recreios tem recebido a equipa dos Globos de Ouro pois é preciso ensaiar tudo para que na hora "H" tudo saia da melhor forma. Bárbara Guimarães, Júlia Pinheiro, Gabriela Sobral, João Manzarra, Custódia Gallego e João Ricardo foram algumas das caras do canal que já passaram pelo local do espectáculo assim como Nuno Feist.

SIC Blogue entrevista... Rui Porto Nunes em exclusivo

Nomeado na categoria de Prémio Revelação para os Globos de Ouro, Rui Porto Nunes falou com o SIC Blogue em exclusivo. Numa entrevista descontraída, o actor fala de todo o seu percurso profissional e da nomeação para os Globos de Ouro numa gala que se realiza amanhã no Coliseu dos Recreios. Conheçam melhor o Rui Porto Nunes!

Quem é o Rui Porto Nunes?
Rui Pedro Porto Nunes, nasci a 4 de Novembro de 1986. Sou natural da freguesia de Esperança, concelho de Arronches, distrito de Portalegre. Gosto da vida, cheia de adrenalina, mas, por vezes, sou extremamente preguiçoso. Sou viciado na minha profissão, “Ser Actor”. O cinema fascina-me, e não passo sem Coca-Cola e bolachas Chipmix. Sou fã de desportos motorizados, tudo o que envolva bicicletas e adepto incondicional do Benfica.

Como é que um estudante de realização vira actor?
Estava na faculdade a estudar realização e senti a necessidade de estar presente em “plateau”. Precisava de saber como tudo se processava no ”terreno”. Falei com uma amiga que trabalhava na Plural (ex NBP) e pedi-lhe para fazer algumas figurações. Comecei por fazer figuração, depois figuração especial, até que fui chamado para fazer um casting. Esse casting dava acesso a um curso de interpretação na Plural. Optei por “congelar” a matrícula, e na altura pensei que seria uma mais-valia para a minha formação académica, queria aproveitar a experiência ao máximo. Estive lá 3 meses. Acabei por ficar pré-seleccionado para a série “Morangos com Açucar V”, mas teria de voltar a frequentar o curso. Como não podia voltar a meio do ano lectivo para a faculdade optei por aprender um pouco mais na área de interpretação. Estive na Act – Escola de Actores, cerca de dois meses, até começar um novo curso de interpretação na Plural. Quando o curso chegou ao fim fiquei a saber que ia integrar o novo elenco da série juvenil da TVI.

Chegas ao conhecimento do público em 2007 quando participas nos Morangos com Açúcar… Antes já tinhas feito alguma coisa em representação?
Tinha feito apenas duas peças no grupo de teatro na Escola Básica 2,3 Ciclos Nossa Senhora da Luz – Arronches. Uma publicidade, e, claro, toda a formação que mencionei na pergunta anterior.

No entanto, antes da representação… a tua “praia” era o BTT… Continuas a praticar e a entrar em provas?
Infelizmente não. A minha vida profissional, felizmente, ocupa-me uma grande parte do tempo.

Achas que se perdeu um desportista de BTT e se ganhou um actor?
Sou feliz ao ter a sorte de fazer aquilo que gosto. Neste momento sinto-me bem, sou Actor, e isso dá-me prazer, dá-me vida. O passado é passado e é preciso lembrá-lo com carinho. O importante, agora, é apostar no presente e no futuro.

Entre as novelas da TVI e a chegada à SIC… dobraste o J.O.N.A.S para o Disney Channel… Conta-nos como é que foi a experiência e se era algo que gostavas de repetir?

Apesar de ser trabalho de actor, há, obviamente, algumas diferenças. A linha é sempre a mesma: sinceridade, interpretar e credibilidade. É um trabalho que todo ele é centrado na voz. A voz tem um papel fundamental quando se interpreta uma personagem, tão importante como o olhar. Relativamente à série J.O.N.A.S, a minha personagem era o “Joe”, e posso dizer que, para além de ter aprendido muito acerca do trabalho de voz, diverti-me imenso e deu-me muito prazer. Voltei a repetir a experiência há pouco tempo. O filme esteve nos cinemas durante o período das férias da Páscoa. “Hop”, era o nome do filme e a minha personagem era o “Fred”.

Chegados a Lua Vermelha… Como é que surge a oportunidade de participares na série?
A minha agente, Cecília Mateus (Central Models), informou-me que eu tinha sido seleccionado para um casting de uma nova série juvenil para a SIC. Fui ao casting, na SP, passei por três fases de casting e acabei por ficar com o “Afonso”.

Descreve-nos o Afonso…
O Afonso é um vampiro misterioso e enigmático que vive um conflito interior entre o seu instinto animal e a sua dignidade humana. É apaixonado pela Isabel, uma humana filha do maior inimigo natural dos vampiros, e isso representa para ele um dilema... Será que segue o coração e os sentimentos humanos ou que abraça a sua verdadeira natureza, e é leal à sua espécie, mesmo que isso signifique desistir de um grande amor? Para complicar ainda mais as coisas, o irmão Victor também tem planos para a Isabel, e existe uma rivalidade antiga entre ele e o Afonso. Ou seja, mesmo que se queira afastar dela o Afonso sente-se responsável por proteger a Isabel do irmão. É um personagem complexo e dividido. Foi o meu papel mais exigente até hoje.

Numa outra entrevista realizada pelo blog… a actriz Catarina Mago (Beatriz em Lua Vermelha) falava no facto da série ser um projecto de e com qualidade… Partilhas da mesma opinião?
Partilho sim, considero que foi um projecto extraordinariamente bem conseguido da parte de todos os envolvidos. A SP é uma produtora de excepção, os realizadores e equipa técnica têm grande qualidade, o trabalho da equipa de duplos Mad Stunts foi excepcional, e não esqueçamos o “toque de luxo” que foi a qualidade de imagem HD, pouco habitual para uma série juvenil Portuguesa. Estão todos de parabéns pelo trabalho que desenvolveram.

Há quanto tempo é que as gravações de Lua Vermelha terminaram?
Precisamente há um ano, 22 de Maio de 2010.

O que é que te deixou mais saudades na série?
Posso dizer que foi todo o trabalho de actor que o personagem Afonso exigiu, logo desde os primeiros exercícios necessários para vestir a pele de um vampiro, e depois também as cenas de acção tornadas possíveis pela nossa equipa de duplos, os Mad Stunts. Senti-me muito satisfeito por poder interpretar um personagem como o Afonso e fazer trabalho de actor a sério.

Estiveste no CC até Fevereiro numa aventura que começou em Novembro do ano passado… Como é que é enfrentar o “directo” e o “sem rede” em pleno estúdio?
É diferente. Num projecto de ficção somos ensinados a nunca olhar a câmara de frente, enquanto que num programa em directo passa-se exactamente o contrário. Tive de reaprender a estar em estúdio. Quanto ao “sem rede”, temos sempre a “vozinha” da produção no ouvido a dar indicações se as coisas não estão a correr bem e o resto depende da nossa capacidade de gerir as situações à medida que acontecem. No geral foi uma nova aprendizagem e uma experiência interessante.

Gravaste há poucos dias uma participação especial na Família Mata. O que é que nos podes dizer dessa tua participação em 2 episódios?
Ainda não posso revelar nada. A minha participação só acontece já perto do fim da terceira temporada.

Os Globos de Ouro estão a chegar… Estás nomeado na categoria Revelação… O que é que significa isto para ti?
Sinto-me muito grato por ter sido nomeado, isso só por si já é um grande prémio e um óptimo reconhecimento do meu trabalho. Se vier a ganhar... Melhor ainda!

Qual foi a pergunta que nunca te fizeram?
“O que dizem os teus olhos?”

O SIC BLOGUE AGRADECE O TEMPO DISPENSADO
AO ACTOR ASSIM COMO A SUA DISPONIBILIDADE!

Juntem-se ao actor no facebook!
São mais de 51 000! - clica em "Gosto"!

prémio REVELAÇÃO DO ANO
XVI GLOBOS DE OURO
760 207 004
(0,60€ + IVA)

Revelação do Ano > Rui Porto Nunes

O actor e apresentador tornou-se, aos 24 anos, uma cara bem conhecida pelo publico português. Foi como protagonista da série Lua Vermelha que se revelou. Para votar em Rui Porto Nunes marque 760 20 70 04 (0,60€+IVA)
Rui Porto Nunes começou a trabalhar em televisão há quatro anos. Estreou-se como ator na série Morangos com Açúcar, mas foi enquanto protagonista da série Lua Vermelha que se tornou conhecido. Entretanto, mostrou as suas capacidades também como apresentador, no programa da SIC Radical Curto-Circuito. Estar sempre disponível para aprender parece ser o seu trunfo.
Nasceu em 1986, em Portalegre. Apaixonado por bicicletas desde os três anos, o jovem actor só vivia para as competições de BTT. No 12º. ano de escolaridade, foi-lhe detetada mononucleose infecciosa, o que o obrigoua afastar-se do seu grande sonho.
Meses depois deixou o Alentejo para vir estudar realização para Lisboa, mas acabou por interromper o curso, desta vez por uma boa causa: a estreia como actor, em Morangos com Açúcar, em 2007.
Um ano depois participou na novela Olhos nos Olhos e o seu empenho e dedicação proporcionaram-lhe um convite para protagonizar a série da SIC Lua Vermelha, na pele do vampiro Afonso Azevedo. Fazer dobragens é outra das vertentes da sua vida profissional.

Às 19h00 em ponto... SIC Blogue entrevista RUI PORTO NUNES!



EXCLUSIVO SIC BLOGUE!!!

- a carreira
- os hábitos
- o desporto
- a nomeação para os Globos de Ouro

ÀS 19H00!!!

Peso Pesado e Laços de Sangue no top desta sexta-feira

O diário de Peso Pesado e a novela Laços de Sangue continuam a ser os mais vistos do canal.
Esta sexta-feira o diário do programa onde ganha quem perde foi o 3.º programa mais visto do dia na televisão portuguesa com 26,6% de share e 9,8% de audiência média. Já Laços de Sangue ontem conseguiu 27,4% de share e 8,9% de audiência média.
O dia foi ganho pelo cabo sendo que a SIC subiu ao 3.º posto
Cabo – 25,4%
TVI – 24,5%
SIC – 22,6%
RTP1 – 22,2%
RTP2 – 5,3%

Vanessa Oliveira de parabéns a preparar gala dos Globos de Ouro

Se para muitas pessoas o passar dos anos é um problema, para Vanessa Oliveira é um motivo extra de felicidade. A apresentadora de ‘Fama Show' (SIC) comemorou ontem o 30º aniversário e não podia sentir-se melhor.
"Sinto-me tão bem com a minha idade, com a minha vida... Não sinto nada o peso de fazer 30 anos. As pessoas é que me relembram isso. Mas não tenho qualquer tipo de complexos, até é muito positivo", considera, destacando as vantagens que a maturidade lhe traz: "Em relação aos 20 anos, sinto-me muito mais mulher, mais madura, apesar de nunca perder o meu lado infantil. Além disso, sei viver melhor e aproveito a vida de uma forma diferente."
O único senão deste ano é não poder festejar convenientemente a data: "Como adoro fazer anos, faço sempre uma grande festa com amigos no fim-de-semana mais próximo, mas este ano não vai dar porque tenho de trabalhar nos ‘Globos de Ouro'." No entanto, o dia não passou em branco, e a apresentadora recebeu a visita dos pais, que vieram de propósito do Alentejo.

‘GLOBOS'
A apresentadora diz que adora fazer anos e lamenta não poder comemorar com os amigos, como faz habitualmente. É que a SIC está a preparar os ‘Globos de Ouro' e Vanessa é uma das repórteres.

Laços de Sangue com novas personagens e actores

Mais actores, muitos exteriores e novos acontecimentos prolongam acção de ‘Laços de Sangue’ até aos 300 capítulos.
Vamos prolongar ‘Laços de Sangue' porque o público o pede. Estamos muito orgulhosos por os telespectadores terem percebido a diferença do bem fazer presente neste trabalho, a sua pujança narrativa e a tridimensionalidade da história", afirmou à Correio TV Jorge Marecos, responsável da SP Televisão, no dia em que o projecto emitia na SIC o seu ducentésimo episódio.
Apostados em chegar a cada vez mais públicos, Guilherme Bokel, produtor da Globo, parceiro da SIC em ‘Laços de Sangue', promete novas emoções: "Como o desfecho da novela vai acontecer no Verão, vamos ter muitos exteriores e o colorido e a frescura próprios da época". Luís Marques, director-geral da SIC, enaltece a ligação à Globo e anuncia que, "em breve, esta parceria será alargada a outra novela". "A dificuldade inicial foi fazer as novelas e encadeá-las. Mas hoje este produto é um marco na nossa grelha. As audiências são um sucesso e um marco para o futuro", afirma o director-geral da SIC.
‘Laços de Sangue', que estreou em Setembro de 2010, resulta de uma ideia original de Pedro Lopes e teve a supervisão do autor brasileiro Aguinaldo Silva. Apostados em melhorar o êxito já obtido pela novela, o enredo está a incluir novas personagens e novas histórias. Inês Castel-Branco, Nuno Janeiro, Rui Porto Nunes, Joana Barradas, Sara Barros Leitão, Rui Melo e Cândido Ferreira são alguns dos actores que vieram dar uma nova dinâmica à história protagonizada por Joana Santos, Diana Chaves e Diogo Morgado. Até Paula Bobone tem uma participação especial em ‘Laços de Sangue' para dar aulas de etiqueta a Armando, personagem interpretada por João Ricardo.
Inês Castel-Branco, que foi mãe há poucos meses, diz que estava ansiosa por começar a trabalhar na SIC, "estação que faz ficção de qualidade". No papel de Mónica, ex-mulher de Daniel (Gonçalo Waddington), a actriz surge na trama para abalar a relação do ex-marido com Rita (Joana Seixas) e vai tentar resgatar os filhos que abandonou.

SIC, RTP e TVI obrigadas a transmitir debates com pequenos partidos

As televisões generalistas vão preparar até à próxima sexta-feira debates do PCTP/MRPP contra os restantes 16 partidos que também se candidatam às eleições legislativas de 5 de Junho, dando cumprimento a uma decisão do Tribunal de Oeiras.
O Tribunal de Oeiras condenou as televisões generalistas a realizarem debates frente-a-frente com todas as forças políticas concorrentes às eleições legislativas, dando razão a uma providência cautelar interposta pelo PCTP/MRPP.
As três estações "vão realizar um conjunto de 16 debates que colocarão este partido sempre frente-a-frente com cada um dos outros partidos", avançaram as direcções de informação num comunicado em conjunto, sexta-feira à noite.
"De acordo com o que foi hoje decidido por este juiz, as estações aguardam agora para que no prazo de 24 horas todos os partidos políticos concorrentes às eleições de 5 de Junho comuniquem se estão ou não disponíveis para participar nesta ronda de debates", alertaram.
As televisões sublinham que "só então poderão ser distribuídos os debates, que deverão decorrer em simultâneo nos três canais, durante cinco ou seis dias".
As direcções de informação da TVI, SIC e RTP consideraram ainda que "esta decisão significa o fim dos debates frente-a-frente, porque a generalizar-se esta interpretação, tal significaria que para estas eleições, por exemplo, se realizasse um conjunto de 136 debates, em que cada partido debateria frente-a-frente com todos os outros partidos concorrentes".
Os canais generalistas lembraram ainda que organizaram debates frente-a-frente entre os partidos com assento parlamentar e que também já realizaram debates e entrevistas com todos os líderes partidários em diversos espaços informativos das suas grelhas, cumprindo as indicações da Entidade Reguladora da Comunicação sobre cobertura informativa em período eleitoral.

27 de maio de 2011

Lia Gama em grande entrevista

Desvaloriza as rugas e dispensa saudosismos. Mãe e avó orgulhosa, define-se como mulher "independente" e "solitária". Por opção. Defende a eutanásia e diz: "Um lar? Não obrigada. Prefiro morrer."
Completa hoje 67 anos. Gosta de comemorar o seu aniversário?
Detesto! Detesto aniversários, nunca faço festas! E detesto o Natal, só celebro essas datas por causa das crianças. Detesto efemérides.
Dispensaria, então, ser homenageada pela carreira?
Há tantos colegas meus que já fizeram 50 anos de teatro, não sou para aqui caso único que ande a lutar. Não faz parte da minha maneira de estar.
Soma anos de experiência e de memórias. Dá-se bem com as suas rugas?
Durante o dia nem me lembro delas! Só quando me olho na imagem é que lá vejo a flacidez no pescoço... Mas não sou de ir à "faca". Detesto hospitais e operações. Acho muito bem que quem não está contente se submeta... Eu não estou contente, mas também não estou descontente. (risos) Assumo toda a minha vida, até os grandes disparates. Não há nada que eu omita.
Está, portanto, em paz com o seu corpo e a sua vida.
Sim. (pausa) Os amigos eram fundamentais para mim... São cada vez menos, têm-se ido embora. E eu virei um bocadinho solitária e estou solitária.
Diz sem medo das palavras "estou solitária"...
Tão solitária que prefiro viajar sozinha. Quando viajo acompanhada é uma chatice! As pessoas querem uma coisa e eu outra. Tenho de me submeter ao colectivo, que isso é a democracia! (risos) Eu sou Gémeos e Gémeos de ascendente. Sou toda ar e volátil. A uma hora quero uma coisa e na seguinte já quero outra!
A idade é ou não um peso para quem trabalha em televisão?
Se calhar não. Acho que é pior aquela fase intermédia em que não se é novo e nem se é velho. Para mim foi mais complicado a nível de trabalho nessa altura.
E quando é que isso aconteceu?
Esta é uma profissão que tem muitas travessias no deserto. É como o que se passa com as estrelas de cinema que têm sempre uma fase de esplendor... Não se pode dizer que, apesar dos períodos de crise e sem trabalho, não tenho trabalhado muito. Este é um país ingrato para com os artistas. Mas não sou nada vítima! Vivo exclusivamente do meu trabalho. Em teatro, pagam-se tostões. Felizmente que existem as telenovelas, que equilibram a balança.
Está há dez meses a gravar cenas da novela Laços de Sangue (SIC). Que balanço faz da sua participação no projecto?
Tem sido uma experiência excelente. Mas a minha personagem é a mais difícil que já fiz em telenovela. A Eunice tem-me consumido os dias e as noites.
Trata-se de uma interpretação muito absorvente, esgotante...
É complicado carregar uma personagem tão densa. Há dez meses que o faço e não tem sido nada fácil e há dias em que é mesmo doloroso. E os autores só escrevem: "Eunice chora, Eunice chora." Ai meu Deus! Se chego aos estúdios e tenho por lá cenas de choro... Chego a casa completamente desfeita. Sabe, este é um trabalho que sai muito cá de dentro e que não tem que ver com a técnica de um actor. É desgastante estar sempre a chorar.
Onde tem encontrado este choro, a dor interminável?
Para a fase em que a Eunice está, em catatonia, falei com um amigo meu que é psiquiatra para perceber o comportamento de pessoas que entram em estados de apatia. A Eunice é uma mulher muito traumatizada, muito sofrida... Tenho uma amiga a quem já aconteceram desgraças quase similares às da Eunice e ela é tão doce... A minha amiga é uma mulher tão sublime, ainda há pouco tempo perdeu uma das três filhas e conseguiu sublimar essa dor.
Mais de 30 anos depois de ter sido dirigida por José Fonseca e Costa no filme Kilas, o Mau da Fita, voltou a cruzar-se em Laços de Sangue com o cineasta, que participou na novela como actor e fez de seu pretendente...
Sim, foi engraçado. Ele é um amigo e é uma pessoa que conheço bem. Foi bom a produção ter-se lembrado dele, precisavam de um homem charmoso.
A Eunice Nogueira é muito ligada aos filhos. E a Lia Gama? É apegada à família?
Bom, eu não tenho nada que ver com a Eunice! Sou verdadeiramente o oposto, tenho uma energia... Tenho só um filho e também o criei sozinha. Fi-lo como muitas mulheres da minha geração.
Divorciou-se?
Sim. Quando referencio isso é porque gosto de dizer que os actores têm problemas como toda a gente.
Foi fácil ser mãe solteira?
O que posso dizer? Olhe, fi-lo da melhor forma. Foi tentar educá-lo segundo os princípios da Revolução Francesa: liberdade, igualdade, fraternidade (risos). Não sou excepcional em nada. Ser mãe foi a coisa mais importante que levei a cabo.
Mas também é avó...
O meu neto mais crescido é o António e tem 11 anos e o mais pequenino é o Santiago que tem 5. São muito queridos, muito doces.
Qual dos três é mais crítico quanto ao seu trabalho?
O meu filho João tem 38 anos e é muito crítico, sempre foi. Os meus netos ainda são pequenos, limitam-se a achar piada.
Todos espreitam a novela?
Não deviam, mas acompanham! Quando a Eunice teve um acidente o meu neto mais novo foi para a escola dizer: 'A minha avó teve um acidente.' Mas depois disse a rir: 'Mas foi na novela...' Chamam-me velhota. O meu filho diz: 'Não digas isso à avó!' E eu digo: 'Prefiro que ele me chame velhota do que gorda!' (gargalhadas)
Lida bem com o avançar da idade?
Sim, lido bem. Não tenho outro remédio. A única coisa que chateia é saber que o tempo para a frente já é curto. Todos nós temos de nos ir embora... Gostava de ver os meus netos mais crescidos e de os acompanhar... O único problema de se ter a idade que tenho é já não se poder fazer planos a longo prazo.
Porque...?
Quando era mais nova dizia: 'Eu tenho tempo!' Agora já não posso dizer isso. Não sei quanto tempo me resta, mas não será com certeza muito, até porque a minha família mais directa - mãe, pai e irmão - todos se foram embora cedo. E, por isso, começa a haver sempre essa presença...
Morreram por motivos de doença?
Todos com cancro. Mas não me faça falar disso, poupe-me! Isso é a minha vida privada. Eu também por cá não faço nada para o evitar e fumo que nem uma chaminé! Enquanto cá estou, estou. O que me entristece é que já não vale a pena fazer planos a longo prazo e, quiçá, nem a médio. A casa já está cheia. Já não posso levar mais objectos para casa, já está tudo muito cheio.
Mas ainda há pouco disse ser uma mulher "com uma energia"...
Sim, e sou! Tenho imensa energia. Falo do peso das coisas que me acompanham. Se fosse possível, só me apetecia depurar e depurar, e deitar fora para que quem cá fica não tenha a trabalheira de mexer em tudo.
Construiu a carreira com que sonhou?
Tenho tentado dignificar o trabalho do actor e a minha profissão. Fui uma valdevina, mas profissionalmente... até quando cantei em bares fui muito bem produzida.
Pensa retirar-se do activo?
Retirar-me? Mas para onde? Não tenho nenhuma casa no campo nem uma reforma de jeito, não tenho nada! Retirar-me para um lar de idosos? Não, muito obrigada. Prefiro morrer. (gargalhadas)
Prefere?
Espero que seja rápido. Não me imagino doente, debilitada e a dar trabalho a quem cá está, a sobrecarregar os filhos.
É a favor da eutanásia?
Sou, sou! Completamente. Eu não sou religiosa, acho que temos esse direito. Só espero que tenha capacidade de, no limite, arrumar o assunto. Não há direito de prolongar a vida de uma pessoa que não tem vida, que está imobilizada numa cama, com doenças terminais.
O que quer dizer com "arrumar o assunto"?
Cada um tem o direito de dispor da sua vida.Mas como sabe, em Portugal, a eutanásia ainda não é legal... Como não é consentida e não posso pedir a alguém 'elimina-me', ao menos que seja eu capaz de o fazer! (gargalhadas). Há pessoas que arranjam forças para lutar contra uma doença e pode até ser que isso me aconteça... Há pouco tempo descurei a minha saúde e assustei-me vivamente porque podia ter tido um AVC... Ficar dependente dos outros, a incapacidade aterroriza-me verdadeiramente. E é aí que, se tiver ainda capacidade para o fazer, prefiro desaparecer.
Porquê esse medo tão avassalador?
Sou uma mulher muito autónoma, muito independente e não conto muito com os outros. Aliás, não conto mesmo nada. Conto apenas e exclusivamente comigo. Nesta altura do campeonato são os outros que contam comigo. Mas eu também sou muito orgulhosa. Não faço SOS, sou incapaz. Só digo coisas aos amigos e às amigas quando estou bem. Para quê ir chatear? Para chorar no ombro dos outros? Não o faço. Hiberno, fecho-me em casa. Sou assim.
Quem é a Lia Gama?
A Lia Gama é a actriz. A Maria Isilda de Gama Gil é uma mistura de tanta coisa, tanta gente, de toda a minha origem. Sou o que sou. Olhe, sou assim...