DANCIN' DAYS

estreia SEGUNDA na SIC a novela onde vale a pena sonhar!

ÍDOLOS

Domingo temos músicas do século XXI com os 10 finalistas

BOA TARDE

O talk show das tardes da SIC

ROSA FOGO

Assiste à novela no horário nobre da SIC

FINA ESTAMPA

Já estreou na SIC!

31 de março de 2010

Salve-se Quem Puder vai voltar

O sucesso do Verão do ano passado está brevemente de volta à SIC. Salve-se Quem Puder vai voltar para mais banhinhos!
Quem se quiser inscrever terá de enviar um SMS com as seguintes indicações: SQP(Espaço)nome idade profissão localidade para o n.º 68327 sendo que o custo de cada mensagem escrita é de 1 €uro.
Sendo assim, por exemplo podem escrever: SQP Miquelino 87 taberneiro torre de cima e depois enviam para o 68327

SIC em 3.º na terça-feira


O Especial Informação a Luís Filipe Vieira foi o 2.º programa mais visto da SIC com 19,8% de share sendo que Perfeito Coração fez 20,7% de share e 7,6% de audiência. Viver a Vida lidera uma vez mais com 7,3% e 31,3% de share. Paraíso às 19h sobe mas mantem a posição do dia anterior. 23,7% de share foi quanto fez. Caras e Bocas fez 31,8% de share e 4,9% de audiência média. O Primeiro Jornal fez 4,8% e 22,7% de share. CSI Nova Iorque às 24h21 fez 28,3% de share tendo liderado com 3,9%. A novela das 14h, A Armadilha, liderou o horário com 3,8% e 27,8% de share assim como Vida Nova – que regressou à liderança com a entrevista a Fernando Mendes - com 3,6% e 30,2% de share.

Quanto ao cabo a SIC Notícias fez 4,5% de share tendo sido visto por uma média de 29600 pessoas. A SIC Radical em 13.º lugar com 1,1% de share e SIC Mulher com 6600 indivíduos a verem o canal tendo registado uma audiência de 1,0%.

Entrevista a Vieira vista por 743 mil pessoas

O presidente do F.C. Porto, entrevistado, terça-feira, na RTP, foi visto por uma média de mais de 1,2 milhões de telespectadores, quase o dobro dos que seguiram a entrevista do presidente do Benfica na SIC, divulgou a Marktest.
Segundo dados da empresa de estudos, Pinto da Costa foi visto por uma média de um milhão e 207 mil pessoas enquanto Luís Filipe Vieira foi visto por uma média de 743 mil telespectadores
A entrevista ao presidente do Futebol Clube do Porto foi, aliás, o programa de informação mais visto do dia, conquistando uma audiência média de 33 por cento, enquanto a entrevista ao presidente do Benfica se ficou pelos 19 por cento, não tendo integrado a lista dos cinco programa mais visto do dia.
A noite televisiva de terça-feira era aguardada com expectativa depois de a RTP ter anunciado a entrevista com o presidente do F.C. Porto e a SIC ter marcado para a mesma hora uma entrevista com o presidente do SL Benfica.
Este foi o primeiro confronto entre os dois formatos de entrevista da RTP e da SIC, o primeiro a cargo de Judite Sousa e o segundo dirigido por Miguel Sousa Tavares.
fonte: site JN

"Irmãos de Leite" em Grande Reportagem

A Maternidade Alfredo da Costa inaugurou há alguns meses o primeiro banco de leite humano, em Portugal.
As dadoras são recrutadas entre as mulheres que tiveram bebés recentemente.
O leite é recolhido, analisado e pasteurizado no hospital. E destina-se sobretudo aos bebés prematuros.
Esta grande reportagem faz a ligação entre mães e crianças que nunca se hão-de conhecer mas que ficarão para sempre ligadas por laços… de leite.
"Irmãos de Leite" é uma grande reportagem da jornalista Cristina Boavida com imagem de Rafael Homem, montagem de Ricardo Piano e grafismo de Patrícia Reis.

30 de março de 2010

Vida Nova trás António Feio amanhã

Esteve à pouco tempo no Alta Definição em entrevista sem maquilhagem. Faz parte do programa XXS que é apresentado por Bárbara Guimarães. Falo do actor António Feio que estará amanhã à tarde no programa Vida Nova. Prestes a ser avô, o actor que já fez muitos papeis ao lado de José Pedro Gomes será o convidado central do programa desta quarta-feira de Fátima Lopes. Ao longo da conversa Fátima Lopes vai reviver momentos da carreira do actor e esperam-se muitas surpresas ao longo da conversa.
A não perder, a partir das 15h30 na SIC Vida Nova!

GR SIC vence prémio melhor imagem no FIGRA

Sinais de Fogo é o mais visto... em 8.º

O prorama de Miguel Sousa Tavares foi ontem o mais visto da estação de Carnaxide. Com um entrevistado com o nome de Nicolau Breyner o programa ficou em 8.º lugar dos mais vistos do dia com um share de 23,4%.
No resto do dia o Jornal da Noite foi o 2.º mais visto do dia com share de 25,3% de share. Perfeito Coração aparece em 3.º lugar com share de 21,5% sendo que Viver a Vida lidera confortavelmente com 7,7% e 31,5% de share. Paraíso por ter passado para as 19h perde audiência tendo feito 5,7% e 20,8% de share. Primeiro Jornal foi o 6.º programa mais visto do dia com 5,1% e 24,5% de share. A estreia de Caras e Bocas não liderou tendo a liderança das 18h passado para a TVI. A nova novela da SIC fez 4,6% e 25,7% de share. CSI Nova Iorque fez 31,0% liderando. A Armadilha às 14h fez 25,0% de share e 3,5% de audiência média. Vida Nova ficou em 2.º no lugar dos talk shows da tarde com 27,5% de share e 3,4% de audiência média contra 3,8% da Júlia.

Quanto ao Cabo, a SIC Notícias manteve-se como o 4.º canal mais visto com 4,5% de share. A SIC Radical sobe 2 posições para o 11.º lugar com audiência de 1,1% sendo que a SIC Mulher desce 1 casa para o 15.º lugar dos canais mais vistos do cabo com 0,9%.

29 de março de 2010

Fernando Mendes em Vida Nova

Estamos habituados a vê-lo no horário das 19h da RTP1 a fazer o Preço Certo mas amanhã "muda-se" para a SIC durante uma tarde para ser entrevistado por Fátima Lopes. Falo do actor e apresentador Fernando Mendes que será o convidado central de mais um Vida Nova!
A não perder a partir das 15h30 na SIC em mais um programa imperdível das tardes da SIC!

Luís Filipe Vieira em entrevista na SIC!

Um dérby em formato entrevista, com exibição em duas antenas diferentes. Acontece amanhã, terça-feira, na televisão nacional. Judite Sousa tem como convidado Pinto da Costa e Miguel Sousa Tavares Luís Filipe Vieira. O arranque dos programas é exactamente à mesma hora.
(...)
Na SIC, as negociações com o Benfica viabilizaram o encontro com o seu presidente esta semana. Equacionou-se a segunda-feira e a sua inserção em "Sinais de Fogo", formato com assinatura de Miguel Sousa Tavares. Mas uma vez que estava confirmada a presença do actor Nicolau Breyner, sob pretexto dos seus 50 anos de carreira, a direcção de Programas optou por emitir as duas entrevistas de seguida e classificar a conversa com o responsável do Benfica como edição especial.
Resta saber se esta coincidência - os dois presidentes dos principais clubes nacionais em simultâneo em canal aberto - resulta de um mero acaso ou se esconde algum tipo de espionagem ao nível da programação ou envolvendo os meandros do futebol.
Em simultâneo, uma outra disputa faz antever uma noite interessante e única para a história da televisão. Afinal, estar-se-á ainda diante de um embate entre a experiente Judite Sousa, directora adjunta de Informação da RTP, e Miguel Sousa Tavares, reputado jornalista, no activo enquanto entrevistador desde Fevereiro.
Curiosamente, Ricardo Costa, presidente da Comissão Disciplinar da Liga, também será entrevistado amanhã, às 22 horas, mas na SIC Notícias, compondo um triângulo de declarações que terá como tema comum o famigerado castigo a Hulk, avançado brasileiro do F. C. Porto. O jogador foi inicialmente punido com quatro meses, por desacatos no túnel do Estádio da Luz, no clássico com o Benfica, mas o Conselho de Justiça da Federação Portuguesa de Futebol reduziu a pena para três jogos, entretanto já cumpridos.
Esta discrepância de interpretação dos regulamentos irá merecer, necessariamente, comentários da parte de Pinto da Costa e de Luís Filipe Vieira.
fonte: site JN

Caras e Bocas estreia hoje às 18h!

"Amor com humor". É como o autor da trama, Walcyr Carrasco, define "Caras & Bocas", da chancela da Globo, que estreia hoje, segunda-feira pelas 17.45 horas, na SIC. Certo é que promete arrancar muitas gargalhadas, não tivesse num chimpanzé um dos protagonistas.
Pese embora a supremacia das novelas de produção nacional, pelo menos as indestronáveis ficções da TVI, a estação de Carnaxide continua a apostar em conteúdos brasileiros, arrancando esta tarde mais um. Até porque, segundo o director de Programas, Nuno Santos, "continuam a ter grande aceitação em Portugal".
E prossegue: "Criou-se uma ideia falsa, porque as mentiras muitas vezes repetidas tornam-se 'verdades', de que as novelas da Globo são um problema", quando "todas contribuem positivamente para o nosso 'share' (quota)". Mas afinal que mais-valia acrescenta "Caras & Bocas" à oferta? "É a novela das 19 horas mais bem sucedida da última década. Tem uma componente cómica muito marcante e, por regra, essas novelas são muito procuradas".
Ora, a história é de facto apimentada com humor. Basta falar no "Xico". Quem? Um chimpanzé que co-protagoniza a novela com o par romântico formado por Flávia Alessandra, "Dafne", e Malvino Salvador, "Gabriel". Se se somar o facto de se tratar de um macaco pintor, tornar-se-á ainda mais fácil provocar o riso. E "Xico" será mesmo, ainda que inadvertidamente, o responsável pelo êxito de um artista ao sabotar os seus quadros, antes pouco apreciados. Os meandros da arte perpassam o fio condutor da trama.
Tudo se desencadeia, remontando ao ano de 1993, quando o casal, cujos feitios antagónicos só engordam o sentimento, são afastados por terceiros. Ela grávida. Ele sem o saber. Ela sem saber que ele não sabe. Dado o salto na história, é a filha, agora adolescente, a "culpada" pelo atribulado reencontro.
fonte: JN

SIC em 4.º lugar no domingo!

Se no sábado ficou em 3.º lugar (atrás da TVI e do Cabo), ontem o dia correu pior para a SIC porque além de ter ficado atrás da TVI e do Cabo ficou, também, atrás da RTP1 tendo ocupado o 4.º lugar dos canais mais vistos do dia…
Em relação a programas mais vistos o Jornal da Noite foi o mais visto na SIC (ficou em 3.º lugar) apesar de ter descido em share. A SIC conseguiu, ainda, colocar a série Lua Vermelha no top 5 tendo feito 20,3% de share e 8,4% de rat.
Fora do top5 dos programas mais vistos mas em 3.º lugar na SIC esteve o Primeiro Jornal com 32,5% de share e 7,7% a liderar confortavelmente. Fama Show foi o 4.º programa mais visto do dia com 32,8% de share e 7,4% de audiência média. O 2.º XXS fez 20,1% de share e 7,1% de audiência média sendo que o filme das 18h foi o 6.º programa mais visto da SIC com share de 26,1%. O capitulo da novela Viver a Vida com 23,7% de share e o BBC Vida Selvagem a fazer 25,4% e a liderar com 4,5% de rat. NCIS Los Angeles a fazer 23,7% e a série H2O a fazer 29,3% e a ser o 10.º programa mais visto do dia na SIC.
No que respeita às audiências do Cabo, a SIC Notícias conseguiu o 4º lugar do dia com share de 4,6% sendo que a SIC Radical e a SIC Mulher fizeram ambas 1,3% de share situando-se em 13.º e 14.º lugar respectivamente.

28 de março de 2010

Companhia das Manhãs 45 min. mais tarde

As férias escolares para os mais novos começaram no final de sexta-feira e a partir desta segunda a SIC apresenta uma programação para os mais jovens isto porque o Companhia das Manhãs irá começar 45 minutos mais tarde do que o habitual.
A SIC aposta em desenhos animados sendo que a grelha irá ficar assim:


  • 6h00 - SIC Notícias
  • 7h00 - Edição da Manhã
  • 8h25 - SIC Kids (Pinguins de Madagáscar e Gormiti)
  • 9h15 - Tween Box (Uma Aventura e A Princesa)
  • 10h45 - Companhia das Manhãs
  • 13h00 - Primeiro Jornal

Nico em Sinais de Fogo

A comemorar 50 anos de carreira, Nicolau Breyner será o convidado desta segunda-feira à noite de Miguel Sousa Tavares em mais um Sinais de Fogo. O actor, encenador, realizador que é carinhosamente tratado pelos amigos como Nico, irá estar presente na antena da SIC quando forem 21h.

Jornal da Noite em 4.º lugar

A SIC colocou, neste sábado o Jornal da Noite como o seu programa mais visto sendo que conseguiu inclusivamente entrar no top 5 para o 4.º lugar tendo apenas perdido para o noticiário da RTP1. Brevemente será dada mais informação.

Madrugar para o Casting

Mais de seiscentas pessoas acorreram ontem, sábado, à Alfândega, na cidade Invicta, para os castings de "Achas Que Sabes Dançar?". Depois do êxito de "Ídolos", a SIC procura novo talento nacional, desta vez na área da dança. João Manzarra estreia-se a solo.
Às onze da manhã, hora a que a produção do "Achas que sabes dançar?" deu início às audições, já a fila de candidatos se estendia muito para lá dos portões de entrada do edifício da Alfândega. Depois de Lisboa, foi a vez do Porto receber o "casting" do novo concurso da SIC.
"Estou aqui à espera desde as seis e meia", conta Pedro Sousa. Mas a espera do jovem de 17 anos, natural de Rio Tinto, não é das mais longas - há quem, vindo do interior do país, se encontre na fila desde a meia-noite. Tudo pela luta por um lugar na versão portuguesa de "So You Think You Can Dance?", com estreia marcada para dia 11 de Abril.
O programa, criado nos Estados Unidos, e exibido pela Fox americana (pode ser visto em Portugal na FoxLife), é feito nos mesmos moldes de "Ídolos". Há um processo de selecção por todo o país, dividido por várias etapas, mediante o qual serão apurados os 20 melhores candidatos para as galas, que serão transmitidas em directo na televisão, com eliminações semanais até se encontrar o novo grande talento.
"Vão passar todos os que forem bons", garante Lurdes Guerreiro, directora-geral da Endemol, a produtora do programa. "Nós não temos um número pré-definido de quantos é que queremos que estejam nas audições finais" (a acontecer no final de Abril).
Lurdes Guerreiro afirma, também, que o leque de participantes tem excedido as expectativas. "O júri tem estado bastante contente. Temos muitos bailarinos profissionais, gente com formação, mas depois também há muitas pessoas que são autodidactas, e que o júri percebe que têm potencial.
A variedade de candidatos - no total, cerca de seis mil - nota-se, sobretudo, ao nível da formação. Há quem frequente o Conservatório; mas outros preferem encarar a dança de maneira mais descontraída.
"Não tenho nenhuma formação em dança, mas criei com uma amiga um grupo e há quem goste de nos ver", explica Adriana Santos, natural de Oliveira de Azeméis.
Ao contrário de "Ídolos", poucos são os concorrentes que ensaiam durante as horas de espera, preferindo guardarem-se para o "casting". "Já me doem as pernas e as costas", diz Isabel Correira, de Arcos de Valdevez. "Mas o ambiente está óptimo, está agradável!".
"Achas Que Sabes Dançar?" vai marcar a estreia de João Manzarra sem companhia na apresentação. "Estou motivadíssimo e curioso para ver a reacção das pessoas, acho que tem tudo a ver comigo", diz o apresentador, que ainda admite sentir falta da sensação de estar em directo. "Tenho algumas saudades dessa adrenalina e do fantástico que é o imprevisto em televisão". Mas, apesar de estar a gostar da nova experiência, João Manzarra confessa sentir falta da companhia que Cláudia Vieira lhe proporcionava em "Ídolos". "Estávamos sempre a motivar-nos um ao outro. Agora não tenho quem me dê a mão".
fonte: site JN

SIC vence RTP no triplo!

Em ano de crise, o negócio internacional das televisões portuguesas destacou-se pela positiva. Apesar de as receitas globais da área de televisão da SIC terem caído 9,4% (mais de 16 milhões de euros), os proveitos com a venda de canais fora de portas registaram, em 2009, um crescimento de 20,4% em relação ao ano anterior, atingindo os quatro milhões de euros.
Actualmente, o grupo de Pinto Balsemão já emite para dez países através da SIC Internacional e para quatro com a SIC Notícias. No total, estes canais têm uma audiência potencial de 5,2 milhões de espectadores.
Já a RTP, que chega a todo o Mundo através da RTP Internacional, RTP África e também da RTPN, tem receitas bem mais reduzidas. Em 2009, a empresa de rádio e televisão pública facturou cerca de 1,3 milhões de euros no estrangeiro, menos de um terço do alcançado pelos canais da Impresa. No entanto, este valor significa um crescimento de 118,5% em comparação com o ano anterior. Com uma audiência potencial de mais de 80 milhões de pessoas, a RTPI, por exemplo, chega a cerca de 35 milhões de casas através de serviços de televisão pagos.
A TVI ainda não tem canais a emitir fora de Portugal. Só este ano arrancam as emissões da TVI Internacional. Além disso, a TVI e a TVI 24 deverão integrar o pacote de canais que a Zon vai disponibilizar em Angola, onde também deverão marcar presença canais da RTP e da SIC.
APONTAMENTOS
SIC
Os canais SIC chegam a dez países e têm uma audiência potencial de 5,2 milhões espectadores.
RTP
RTPI, RTP África e RTPN são vistos por mais de 80 milhões de pessoas em todo o Mundo.
fonte: site CM

27 de março de 2010

Achas que sabes dançar? a 11 de Abril!

SIC mantém 3.º posto

Carolina Torres em análise

A apresentadora de ‘Curto Circuito’, na SIC Radical, foi finalista de ‘Ídolos’, na SIC, e percorre o
País na ‘Ídolomania’.
Carolina Torres é, para já, a grande vedeta de ‘Ídolos’. A concorrente foi convidada por Pedro Boucherie Mendes, jurado do programa e director dos canais temáticos da SIC, para apresentar ‘Curto Circuito’, na SIC Radical. “Gosto de apresentar este programa, que é muito a minha onda, e de cantar na digressão, porque são as duas coisas ligadas à comunicação, que é o meu curso. Comunicar é o que mais me atrai”, diz à Correio TV.
A jovem enveredou agora pelo curso de Apresentador de Televisão na Escola Técnica de Imagem e Comunicação e adianta: “Tirando as galas de ‘Ídolos’, nunca estive em palco para um concerto como ‘Ídolomania’. Tento sempre não criar muitas expectativas, mas é quase impossível! Começa a ficar tudo tão mágico, actuar no Campo Pequeno, em Viseu [amanhã, no Multiusos] e noutras salas, com o palco só para nós! É muito diferente”. Carolina sublinha: “Escolhi uma das minhas músicas preferidas, dos Psycho Killer. Apesar de ser um pouco agressiva, os miúdos curtem muito e seguem a letra”. E conclui: “É engraçado estar a influenciar outras pessoas com o meu gosto musical, que é uma coisa que prezo muito”.
Filipe, vencedor de ‘Ídolos 2009’, que pôs os portugueses a cantarem Ornatos Violeta, volta a dar o exemplo em ‘Ídolomania’, onde canta alguns temas em português. O jovem de 21 anos diz: “Nos concertos quero passar a mensagem sobre a importância de ser dador de medula. Eu sou e vou usar isso para sensibilizar as pessoas”. Diana reafirma o seu “estilo rockeiro”. Inês sublinha: “Estou descontraída, como sempre”. Mel acha-se“a mais nervosa do grupo” e ainda “incrédula” com a oportunidade, do tipo “terapia de choque”.
JOÃO MANZARRA APRESENTA A DIGRESSÃO: “É UM PRAZER ESTAR COM TODOS”
João Manzarra, co-apresentador de ‘Ídolos 2009’, na SIC, com Cláudia Vieira, revela: “Fizeram-me este convite para a digressão ‘Ídolomania’ e aceitei de imediato. Acompanho-os neste percurso enquanto a carreira deles está ligada ao programa. É um prazer estar com todos e continuar a erguer a bandeira de ‘Ídolos’”. Em digressão estão Filipe, Diana, Carlos, André, Carolina, Catarina, Diogo, Inês, Mariana, Mariline, Marta, Márcio, Melina e Solange.

Entrevista a Marco Horácio

O humorista faz par com Eduardo Madeira à frente de "Notícias em 2.ª mão". O programa da SIC vai mudar de horário e passa a ir para o ar de segunda a sexta-feira
Quando Marco Horácio deu esta entrevista ao JN ainda não se sabia que o programa ia passar a ser emitido no horário "late night".
Ontem o humorista preferiu não falar sobre o assunto para actualizar o trabalho, limitando-se a dizer que a mudança pretende fidelizar espectadores. A estes estão prometidas explicações a 5 de Abril, quando "Notícias em 2.ª mão" regressar à antena da SIC, depois de uma pausa devido à quadra pascal.
O que é que "Notícias em 2.ª mão" acrescenta ao humor nacional?
Aquilo que se está a ver já foi inventado. Pessoas com bigodes, ou a falar de notícias, sketches sobre a actualidade... já foi feito. Agora, este programa junta tudo. E traz uma frescura e um olhar crítico e satírico próprio, que é meu e do Eduardo Madeira. A novidade é mesmo a grande qualidade do produto final. Nada neste programa é feito ao acaso .
O que é que acha desta explosão de formatos de humor que está a ocorrer na televisão portuguesa?
Tirando a TVI, que aposta mais na ficção nacional, acho óptimo. Em tempo de crise, rir, de facto, é sempre o melhor remédio. E quando se tem nos outros canais projectos com actores e humoristas de grande qualidade, quem ganha são as pessoas; que têm um leque maior. É sempre bom, até porque somos um povo habituado ao riso e ao humor.
Então os espectadores estão preparados para estes novos programas?
Sim. Está a ser elevado um bocadinho o patamar nesse sentido. Até porque o nosso dever como humoristas é dar a conhecer coisas que se fazem lá fora e provar que é preciso fazer outro tipo de humor em Portugal.
Depois do "Levanta-te e ri", podemos dizer que o "Salve-se quem puder" o relançou para a fama?
Não gosto muito da palavra "fama", porque não trabalho para ser famoso. Mas sim. O "Levanta-te e ri" foi um marco importante. Fiz uma data de coisas pelo meio, mas o "Salve-se" foi o programa que me aproximou, mais até do que o "Levanta-te e ri", do grande público. Chegou a toda a gente, principalmente aos mais novos que hoje em dia são quem manda no comando.
Tem saudades do despique com a Diana Chaves?
Tenho. A Diana é uma pessoa óptima, com quem gosto particularmente de trabalhar. É humilde, com muito sentido de humor.
O programa regressa, em princípio, no final da Primavera. Não teme que o papel de apresentador se sobreponha ao de humorista?
Sim. Por isso é que não está decida a minha participação no "Salve-se quem puder". Eu não sou a favor de estar muito tempo a fazer televisão. Com o "Notícias" e o "Salve-se" vou estar basicamente sete meses todos os dias no ar. Quanto à pergunta, eu sou actor e dentro desta ramificação faço de apresentador, de "entertainer", "stand-up", um pouco de tudo. Mas a minha formação é de actor.
Com o Rouxinol Faduncho recuperou a tradição do Fado humorístico. O que é que o cativou no estilo?
Gosto muito de Fado e respeito todos os fadistas. O meu objectivo foi recuperar um Fado humorístico que é tradicional, português e que há 30 anos ninguém fazia. A ideia era criar o personagem, gravar o CD, ir à minha vida e deixar os fadistas fazerem o seu trabalho. Entretanto já vamos em quase cinco anos de Rouxinol, 50 espectáculos por ano, com uma média de três, quatro mil espectadores oito programas de televisão, três CD, um DVD...
Quando decidiu enveredar pela carreira de actor, já era o humor que o cativava?
Quando fui para o Conservatório, tinha a ideia de que era conotado com alguém que fazia rir. Lá, interpretei Brecht, Tennessee Williams, Shakespeare, coisas completamente diferentes. Mas onde me sinto mais à vontade é no humor. Mas depois também gosto de fazer projectos como "Equador", que me dão gozo e me exigem muito mais concentração e introspecção.
Antes do Conservatório, quando é que descobriu que tinha graça?
Eu sou muito deprimente no dia--a-dia. Não sou o centro das atenções, nem o tipo que manda piadas. Mas fui assim quando tinha 16, 18 anos. Levo muito a sério o humor. Quando estou a trabalhar não há pessoa mais feliz por estar a fazer aquilo que mais gosta. Mas todo o processo anterior é exaustivo. Tudo antes é feito com muita seriedade, porque só assim faz sentido. Antes de entrar no Conservatório, nunca tinha visto uma peça de teatro. Fui na véspera das audições assistir a uma na Cornucópia. E consegui entrar. Acredito que as coisas não acontecem por acaso.
fonte: JN

Cândida Pinto fideliza espectadores

Reportagem ‘Eu e os Meus Irmãos’ conduziu à formação de uma ONG para ajudar órfãos de sida em Moçambique.
Quando, em Outubro de 2009, a SIC emitiu a reportagem ‘Eu e os Meus Irmãos’, sobre crianças moçambicanas órfãs de sida, a jornalista e autora estava longe de imaginar que três telespectadoras, sensibilizadas com o tema, iriam formar uma associação para ajudar esses meninos e meninas de Inhambane, a 440 quilómetros de Maputo, Moçambique.
“A reportagem suscitou um enorme feedback. Recebemos e-mails, cartas, telefonemas de pessoas que queriam arranjar uma forma de ajudar aquelas crianças que formam famílias só de irmãos, vivem nas aldeias, vão à escola e lutam todos os dias para sobreviver. De todas essas pessoas, três mulheres vieram ter comigo para saber detalhes da situação”, conta à Correio TV Cândida Pinto, coordenadora de ‘Grande Reportagem’.
Essas três mulheres foram Carolina Alves, de 47 anos, profissional de marketing, Isabel Bento, 54, professora de Matemática, e Raquel Marques, 37, engenheira civil. “Trataram de todos os assuntos burocráticos, nunca desistiram, e há dias telefonaram-me, todas contentes, à saída do registo da associação, cujo nome ficou com o título da reportagem. Foi uma honra e um orgulho para nós”, explica a jornalista.
Carolina Alves, uma das fundadoras da associação ‘Eu e os Meus Irmãos’, entende que “o papel dos ‘media’ não é só despejar mensagens para casa das pessoas”. E acrescenta: “A reportagem tocou-nos muito. Era muito verídica e objectiva! Cândida Pinto não se limitou a fazer a reportagem, colaborou nas dinâmicas de mobilização, facilitou a troca de contactos e pôs à disposição as instalações da SIC, onde nos reunimos a primeira vez e onde conheci a Isabel e a Raquel.”
A Associação para o Desenvolvimento da Criança ‘Eu e os Meus Irmãos’ já traçou planos a cumprir: apadrinhar as crianças mais pequenas, construir dois centros de formação vocacional, subsidiar a abertura de um furo de água e fomentar actividades geradoras de renda para a comunidade como a criação e abate de aves.
Com esta reportagem, Cândida Pinto está agora em França, no Festival Internacional de Grandes-Reportagens. “É bom saber que os trabalhos que fazemos estão ao nível de uma competição internacional e que estes temas ainda tocam os seus organizadores”, diz a jornalista. sobre o evento para o qual a sua reportagem está nomeada.
AS TRÊS FUNDADORAS: ASSOCIAÇÃO TEM SEDE EM CARCAVELOS
Quando a ‘Grande Reportagem’ exibiu ‘Eu e os Meus Irmãos’, Carolina Alves ainda não conhecia as suas companheiras com quem viria a fundar a associação. “Foi de Moçambique que me disseram que havia outras duas portuguesas interessadas no caso. Foi a primeira vez que ouvi falar da Isabel e da Raquel”, conta. A associação (eueosmeusirmaos@hotmail.com) tem sede em Carcavelos, tem um blogue e está no Facebook.
PRÉMIOS: LISONJEADA
Cândida Pinto, que acompanhou a catástrofe no Haiti (na foto) e recebeu mais de uma dezena de prémios pelas suas reportagens e percorreu alguns dos cenários de guerra mais complexos do Mundo, considera que “é um estímulo quer para os jornalistas, quer para a própria estação de TV ver os seus trabalhos distinguidos. Qualquer pessoa se sente lisonjeada.” Num momento em que as televisões generalistas dão maior importância a formatos como ‘Grande Reportagem’, a coordenadora do programa afirma: “Existe uma aposta dos canais em colocar este tipo de programas em horário nobre, até porque há uma grande aceitação por parte do público.”
fonte: site CM

26 de março de 2010

Silvia Rizzo em Alta Definição

Na SIC, a última vez que a vimos foi precisamente na representação no papel da actriz Sónia Valentino na série Rebelde Way! Falo de Silvia Rizzo - actualmente a trabalhar para a TVI - que estará amanhã sem maquilhagem numa conversa conduzida por Daniel Oliveira para o programa dos sábados à tarde Alta Definição.
Para a SIC já fez Malucos do Riso corria o ano de 1995, Aqui Não Há Quem Viva e Chiquititas.
Amanhã será ela própria sem encarnar em nenhuma personagem a ser a entrevistada! Tudo a partir das 14 horas logo a seguir ao final do Primeiro Jornal.

Nós Por Cá volta após as férias escolares

Tal como havia sido avançado pelo SIC Blogue o Nós Por Cá sai da grelha da estação de Carnaxide. A informação foi avançada no final do bloco informativo das 19h. O formato estará de regresso à estação a seguir às férias da Páscoa. Até lá teremos no horário das 19h Paraíso sendo que Caras e Bocas - que estreia segunda-feira - será exibida às 18h no lugar de Paraíso!

A novidade está aqui!

Aqui está a novidade! Depois de ter estreado com o objectivo de fixar público no horário nobre, a verdade é que o Notícias em 2.ª Mão – apresentado por Marco Horácio e Eduardo Madeira – vai passar a dar na mesma de segunda-feira a sexta-feira mas num horário mais tardio ao contrário do que acontece habitualmente isto porque a SIC coloca este programa logo colado à informação (21h30 em regra).
A verdade é que a partir do dia 5 de Abril o programa vai passar a ser emitido a partir das 23h45 a seguir aos episódios de Viver a Vida.
A grelha irá então sofrer algumas modificações nesse sentido.
A questão que agora deixo no ar é:
Concorda com esta alteração?

Fernanda de Oliveira Ribeiro comanda Nós Por Cá!

A jornalista Fernanda de Oliveira Ribeiro está a conduzir, hoje, a emissão do Nós Por Cá. O programa da SIC que é exibido de segunda a sexta-feira e que normalmente tem a apresentação de Conceição Lino é hoje apresentado pela jornalista Fernanda de Oliveira Ribeiro sendo que é a primeira vez que a jornalista apresenta este espaço informativo que já havia sido apresentado pelo coordenador do programa Augusto Madureira.

SIC desce ao 3.º grau


às 20h em ponto

Hoje, às 20h temos uma revelação para lhe fazer! Vai querer perder?
Tem a ver com um dos programas do horário nobre da SIC!

2000 inscritos no Porto!

Os primeiros castings para o concurso Achas que Sabes Dançar?, que será emitido na SIC, começam já este sábado. Esta primeira fase começa no Porto, sendo que as audições deste sábado terão início às 08.00 no Centro de Congressos da Alfândega do Porto. O casting do Porto já recebeu duas mil inscrições.
fonte: site DN

25 de março de 2010

SIC desce mas mantém 2.º lugar

24 de março de 2010

Francisco Menezes no Vida Nova

Não, não se vai mudar para o lado de Fátima Lopes na apresentação do programa das tardes da SIC. Francisco Menezes, co-apresentador do programa Companhia das Manhãs, será o convidado desta sexta-feira do programa Vida Nova onde irá contar aspectos da sua vida numa entrevista que será conduzida pela apresentadora do programa. A não perder na sexta-feira à tarde.

Hoje há Jornal da Noite especial

O Jornal da Noite hoje é especial isto porque não vai conter as notícias que habitualmente o fazem, mas irá conter também uma área totalmente dedicada ao PEC cuja sigla significa Plano Especial por Conta. O plano apresentado pelo Governo está a gerar muita polémica em seu torno e a SIC aproveita para esclarecer os portugueses a partir das 20h!

Entrevista em Sinais de Fogo em alta!

A entrevista do ministro da Finanças, Teixeira dos Santos, exibida na SIC, registou mais audiência do que o debate entre os candidatos à liderança do PSD, que foi para o ar à mesma hora na RTP1.
Com uma audiência média de 10,2% (correspondente a 960 400 telespectadores) e um share de 24,6%, a entrevista de Teixeira dos santos, integrada no programa ‘Sinais de Fogo’, de Miguel Sousa Tavares, ficou em nono lugar na tabela dos mais vistos do dia.
Já o ‘Especial Informação – Debate’, da RTP1, moderado por Judite de Sousa, ficou em 10º na tabela, com 9,9% de audiência (932 700 telespectadores) e 24,2% de share. No mesmo horário, das 21h00, liderou ‘Repórter TVI’, que ficou em segundo lugar na lista dos mais vistos, com 13,2% de audiência (1 249 800 telespectafores) e 31,9% de share.
fonte: CM

CD Idolomania à venda a partir de dia 26

É já a partir desta sexta-feira, dia 26 de Março, que os fãs do Ídolos poderão adquirir o seu CD com as vozes dos finalistas do programa de sucesso da SIC.
O CD Idolomania irá estar à venda em EXCLUSIVO NAS LOJAS DO JUMBO e PÃO DE AÇUCAR - pertencentes ao Grupo Auchan - espalhadas por todo o país! Não se encontra o CD em outros locais! Preço do mesmo ainda não foi divulgado
No dia do lançamento estarão todos os finalistas no Centro Comercial Alfragide na loja do Jumbo para autografarem os CD's a partir das 19h.

Paraíso está a subir na recta final

'Paraíso’ está na recta final de exibição e numa boa fase de audiências. ‘Portugal em Directo’ na RTP 1 e a repetição de ‘Morangos com Açúcar’ na TVI ressentem-se disso mesmo e a repartição de forças das 18h00 tende maiLs para o lado da SIC, apesar da liderança, em média, da RTP 1 no horário.
De 2009 para 2010 ‘Paraíso’ melhorou 5 pontos de share em média, o que não se explica apenas por estar a chegar aos últimos capítulos. Do que a SIC precisava agora era de um bom ‘Caras e Bocas’ e colar uma semana de emissões do final de ‘Paraíso’ com a estreia daquela novela que a substituirá no ar. Isto podia ser bom para as 18h00 e para as 19h00.
Francisco Penim, CM

SIC com 2.º lugar tranquilo

Depois de uma segunda-feira em que a SIC e RTP1 estavam separadas por 0,7%, o dia de terça-feira foi mais feliz para a SIC pois se distanciou mais de um ponto percentual da sua maior concorrente.
O Jornal da Noite subiu ao top 5 aparecendo precisamente em 5.º lugar sendo o 2.º noticiário mais visto das 20h. À frente ficou o da RTP1

Em primeira mão > Caras e Bocas ainda em Março na SIC!

Depois de aqui há tempos termos referido que a SIC se prepara para estrear mais uma produção da TV Globo, eis que agora avançamos a data para a estreia desta novela. 29 de Março pelas 18h15 irá estrear a nova novela da SIC, Caras e Bocas, sendo que Paraíso irá passar a ser exibida a partir das 18h45 até ao início do Jornal da Noite! Com a passagem de Paraíso para o horário das 19h deixa de haver lugar para o Nós Por Cá que sai da grelha!



Grelha de Programas fica assim
  • 15h30 - Vida Nova
  • 18h15 - Caras e Bocas
  • 18h45 - Paraíso
  • 20h00 - Jornal da Noite

23 de março de 2010

Nuno Santos esteve na AR

Questionado sobre a natureza da sua conversa com José Sócrates, durante um almoço, e sobre uma possível pressão para a saída de Mário Crespo da SIC, o director de Programas da estação, Nuno Santos, disse esta terça-feira, na Comissão de Ética, Sociedade e Cultura da Assembleia da República: “Tratou-se de um encontro casual, ou acidental, num restaurante, entre pessoas que se conhecem, porque partilham o mesmo espaço. Naquela circunstância, a expressão ‘pressão’ parece-me desadequada”.
Nuno Santos acrescentou: “Não partilho conversas que, sendo furtuitas, também são de natureza privada. Não devo entrar no detalhe da conversa.”
Relativamente à crónica de Mário Crespo que o 'Jornal de Notícias' não publicou, Nuno Santos disse que não tomaria essa decisão. “Se eu fosse o director do ‘JN’ publicava aquele texto, porque tem uma assinatura.”
Por outro lado, o director de programas da SIC considera que o director do referido jornal, Leite Pereira, agiu de acordo com o que considera mais adequado tendo em conta a sua linha editorial. "Quanto a isso não emito qualquer juízo. E não considero que esteja em causa um direito constitucional. E a não publicação da crónica acabou por lhe dar mais visibilidade.”
Quanto à relação do Governo com a comunicação social, Nuno Santos diz que “o espaço mediático é hoje muito disputado”, “pelas diferentes forças políticas” e até por quem faz entretenimento. “Todos querem ter o seu espaço e acham que produziram trabalho e querem passar a mensagem” disse.
O director de Programas da SIC acredita, contudo, que hoje essa relação é bem mais clara. “Por exemplo em relação ao ‘Jornal Nacional de Sexta' (TVI), o primeiro-ministro explicou o que achava do jornal no congresso do seu partido. Se fez bem ou mal, não me pronuncio, o que acho que terá mudado é a forma como esse relacionamento é percepcionado pelo cidadão. A questão não está muitas vezes na pressão, a questão tem a ver com a forma como quem está deste lado lida com ela.”
Sobre a venda de 23 por cento da participação da Ongoing na Impresa para comprar 35 por cento da Media Capital, Nuno Santos disse que "não tem informação definitiva sobre o assunto, mas no âmbito da Impresa o dr. Balsemão não está disposto a abdicar da maioria de capital, e portanto a Ongoing teria sempre uma representação minoritária”, pelo que, face à vontade da Ongoing crescer neste meio da televisão, o director de Programas considera “legítimo” por isso “vemos os seus responsáveis viajar pelo Planeta à procura de mercado para o seu negócio".
fonte: site CM
foto: Ag. LUSA

SIC no 2.º lugar

Com um top 5 dominado por programas da RTP e TVI, a SIC coloca o Jornal da Noite como programa mais visto do dia apenas em 6.º lugar sendo, no entanto, o noticiário menos visto das 20h.
Foi a 0,7% de share que a SIC conseguiu o 2.º lugar pois é esta a distância que separou a RTP1 da televisão em que estamos todos juntos. Na liderança do dia, a TVI continua confortável sendo que fez uns redondos 30,0% de share.
O programa Sinais de Fogo conseguiu a marca dos 24,6% de share sendo que Perfeito Coração ficou com 24,4%. Viver a Vida às 23h a fazer mais de 30% de share (30,7%) e Nós Por Cá nos 19,3%. A novela Paraíso liderou com 5,4% de audiência média (= à TVI) mas 27,7% de share. O Primeiro Jornal a fazer 25,0% e CSI Nova Iorque a ser o mais visto do horário com 28,5% de share.
A novela das 14h, A Armadilha, com 26,5% de share sendo que o Vida Nova ficou-se pelos 24,2% de share.

No cabo, a SIC Notícias lidera a preferência sendo o primeiro mais visto a seguir à TVI, SIC e RTP1 com 4,7% de share. No 11.º lugar (subiu um posto) aparece a SIC Mulher com 1,7% de share e a SIC Radical a subir aos 0,9% de share.

Nuno Santos fala na AR

Os diretores do Diário de Notícias e da TSF e o diretor de Programas da SIC vão, esta terça-feira, ao Parlamento falar sobre o exercício da liberdade de expressão e o alegado plano do Governo para controlar os media.
(...)
O último a ser ouvido pela comissão parlamentar será Nuno Santos, cuja audição deverá começar às 17:30.
No caso do director de programação da SIC, as questões deverão centrar-se no chamado caso Mário Crespo, que acusa o Jornal de Notícias de ter censurado uma crónica sua acerca de uma conversa que o primeiro ministro terá tido com Nuno Santos, num restaurante em Lisboa.
O seu texto de opinião relatava um almoço onde José Sócrates e os ministros dos Assuntos Parlamentares e da Presidência, Jorge Lacão e Silva Pereira, encontraram um executivo de televisão (Nuno Santos) tendo referido que Mário Crespo era um "problema que tinha de ser solucionado".
No artigo, o jornalista apontava os jornalistas Manuela Moura Guedes, José Eduardo Moniz e José Manuel Fernandes como outros "problemas" que o Governo quis "solucionar", tendo todos deixado de ocupar cargos de direção.
Nuno Santos já desmentiu as declarações de Mário Crespo, afirmando que "a conversa não se passou da forma como é descrita".
fonte: Jornal I

Final da Taça da Liga visto por 2,5 milhões!

A final da Taça da Liga, transmitida em direto pela SIC e ganha pelo Benfica ao FC Porto, foi o programa mais visto este ano na televisão, informou hoje fonte da Liga Portuguesa de Futebol Profissional.
O encontro, disputado no domingo no Estádio do Algarve, que o clube lisboeta ganhou por 3-0, foi visto por uma audiência de 25,4 por cento, o que equivale a perto de 2,5 milhões de espetadores.
O embate entre as duas equipas rivais proporcionou também à SIC um share de 63,4 por cento, valores que constituem um recorde da competição, que este ano cumpriu a terceira edição.
O Benfica, que já tinha ganho a prova na temporada passada, revalidou o troféu, ao vencer a equipa portuense por 3-0, com golos de Ruben Amorim, Carlos Martins e Cardozo.

Bullying na Grande Reportagem de hoje

Joana já não sai de casa, estuda numa plataforma do ensino móvel. Chegou a pesar 45 quilos. Os pais de Joana só perceberam o que se passava com a filha nove anos depois de perseguições na escola. Joana era das melhores alunas da turma. Foi humilhada, perseguida, afastada dos amigos. Terá sido condenada por professores e contínuos.


Jornalista: Bárbara Alves da Costa com João Faiões e João Nuno Assunção
Imagem: Pedro Góis com Fernando Nunes e Jorge Ramalho
Edição: Marco Neiva
Produção: Isabel Mendonça
Coordenação: Cândida Pinto
Direcção: Alcides Vieira

"Eu e os Meus Irmãos" nomeada para o FIGRA

"Eu e os meus irmãos", sobre as crianças que perderam os pais, vítimas de sida, da autoria de Cândida Pinto, é um dos trabalhos nomeados no FIGRA (Festival Internacional de Grandes Reportagens e Documentários), que arranca amanhã em França.
"Um testemunho pungente e digno". Assim é apresentada a reportagem sobre as crianças e jovens que sobrevivem sozinhas em Moçambique, no site do festival internacional. A história dos três irmãos - Sérgio, Santos Délcio e Bilton - é uma das relatadas pela jornalista, e que serve de eco aos mais de 600 mil "órfãos da sida" contabilizados no país africano.
A nomeação "este ano tem outro sabor", para Cândida Pinto. A jornalista, que já venceu um prémio em 1996, congratula-se por ter conseguido chamar a atenção para "os órfãos da sida em Moçambique, uma situação que está um pouco esquecida internacionalmente".
A reportagem concorre na categoria Competição Internacional e disputa seis prémios com outros 20 trabalhos. Os vencedores serão conhecidos no sábado à noite.
De salientar ainda que a onda de solidariedade gerada por "Eu e os meus irmãos", exibida em Outubro último, levou à criação de uma Organização Não Governamental (ONG) com aquele nome.

Prémio em 2009
Esta não é a primeira vez que a SIC está representada na competição, onde são distinguidos trabalhos a nível mundial. No ano passado, o documentário "Uma vida normal", de Sofia Arêde, venceu o prémio de melhor imagem. Neste contava-se o percurso de Paulo Azevedo, o jovem que nasceu sem mãos nem pernas, que tem conseguido singrar como actor e desportista.
Em 2005, "Regresso a Moçambique" de Miriam Alves esteve nomeada. E em 1996 Cândida Pinto ganhou a distinção de Valores Humanitários, com a grande reportagem "Meninos de Angola". A jornalista fez ainda parte do júri em 2008.
Só o facto de ter mais um trabalho nomeado "é muito bom para a SIC. Coloca-a mais uma vez a concurso em pé de igualdade com outros países", prossegue a jornalista. A título de exemplo, no último ano, além do prémio do FIGRA, o episódio de "Os Incríveis" sobre Cristiano Ronaldo, de Daniel Oliveira, arrecadou várias distinções internacionais, tendo sido a última o prémio máximo do 12.º Festival Internacional de Liberec, na República Checa.
"Uma vida normal" a par da cobertura da SIC Notícias à dependência bancária do BES, em Campolide, Lisboa, também estiveram nomeadas para as categorias de melhor documentário e melhor cobertura noticiosa no Festival de Televisão de Monte Carlo.
fonte: site JN


Para (re)ver a Grande Reportagem clique na imagem

22 de março de 2010

SL Benfica - FC Porto foi a final mais vista!

Desde a época 2007/08 começou a jogar-se em Portugal para uma nova competição, a Carlsberg Cup, terceira prova profissional organizada pela Liga.
A Carlsberg Cup é disputada por todos os clubes inscritos na Liga, em sistema de eliminatórias e grupos e termina com uma final.
Até agora foram 3 as finais disputadas todas no Estádio Algarve. Uma com transmissão na RTP e as últimas 2 com transmissão na SIC.
E se na primeira final tivemos um Vitória de Setúbal (vencedor) - Sporting CP com transmissão na RTP a fazer 46,0% de share e a ser o oitavo programa mais visto de Março de 2008., o ano passado a transmissão desta prova passou para a SIC e teve um escaldante Sporting CP - SL Benfica (vencedor) que foi para lá das quatro linhas. A SIC fez na altura - curiosamente também no dia 21 de Março - com o jogo um share de 59,3% sendo o 2.º programa mais visto de Março de 2009.
Ontem assistimos a mais uma final e não tendo ainda por um motivo obvio conhecimento dos programa mais vistos do mês arrisco-me a dizer que poderá mesmo ser o programa mais visto do mês com um share de 63,4%. No início de Abril logo se saberá que posição ocupa este jogo nos programas mais vistos de Março de 2010

SIC lidera com futebol a ultrapassar os 60% de share

Dia histórico na SIC. Nunca um jogo de futebol juntou tanta gente à frente de um ecrã de televisão. Milhares de pessoas viram o Sport Lisboa e Benfica vencer a Taça da Liga deste ano e isso fez com que o jogo tivesse um share de 63,4%.
Além disso não foi só o jogo da Taça da Liga apareceu no top dos programas de ontem. O Jornal da Noite - que incluiu a consagração - e o Primeiro Jornal também estão entre os cinco programas mais vistos do dia! O Jornal da Noite, por exemplo, foi o 3.º programa mais visto do dia com rat de 18,3% e um share de 43,5%. O Primeiro Jornal aparece como o 5.º programa mais visto do dia com share de 38,6% e um rat de 9,2%.

21 de março de 2010

Casting do Porto já tem data

Achas que sabes dançar? está prestes a chegar à cidade Invicta. A cidade do Porto recebe entre os dias 27 e 29 de Março o casting do novo programa da SIC Achas que Sabes Dançar? Os castings irão decorrer na Alfândega do Porto com o rio Douro como pano de fundo e a apresentação do mesmo está a cargo de João Manzarra e as condições de participação estão disponíveis aqui!
A estreia está prevista para Abril

Companhia das Manhãs recorda o massacre de Fortaleza

O Companhia das Manhãs desta segunda-feira trás ao conhecimento dos portugueses novamente o massacre de Fortaleza em que vários portugueses foram brutalmente assassinados por Luís Miguel Militão (que a SIC recordou há pouco tempo na rúbrica Perdidos e Achados).
Amanhã no programa de Rita Ferro Rodrigues e Francisco Menezes estará presente uma das viuvas dos empresários portugueses mortos nesta catástrofe que chocou Portugal - e o Mundo.
A não perder a partir das 10h mais um Companhia das Manhãs!

Futebol volta à SIC dia 1 de Abril

O jogo entre o Benfica e o Porto já lá vai e a SIC volta a jogo no próximo dia 1 de Abril (e não é mentira) para transmitir um grande jogo de futebol. A Liga Europa está de regresso com um emocionante Benfica – Liverpool a transmitir a partir das 20h do dia 1 de Abril em directo do Estádio da Luz!
Depois, dia 8 é a vez de um Liverpool - Benfica que também terá transmissão na SIC!

SIC Online transmite o jogo

clique na imagem para ver o jogo e antes disso
a emissão especial da SIC Notícias

Teixeira dos Santos em Sinais de Fogo

Em nome da estabilidade os portugueses são obrigados a apertar o cinto e isso vê-se no nosso dia a dia. O ministro das finanças, Teixeira dos Santos, é o próximo convidado do programa de Miguel Sousa Tavares Sinais de Fogo para ser entrevistado pelo jornalista da SIC. Para ver a seguir ao Jornal da Noite.

Jornal da Noite lidera o seu horário e SIC em 3.º

Vai querer perder?


Sondagem dá ao jogo entre 40% a 50% de shre

Uma sondagem realizada pelo SIC Blog dá um share entre os 40% de share e os 50% de share ao jogo que a SIC transmite entre o Sport Lisboa e Benfica e entre o Futebol Clube do Porto. No total são 44% do total da votação (11 votos) que dão a vitória ao intervalo 40-50%. No entanto logo atrás separado por apenas um voto (10 votos) e com 40% de votação vem que as pessoas acreditam que o jogo fará mais de 50% de share.
Amanhã logo se saberá quanto fará o jogo que promete mexer com os corações.

My Games está de volta à Radical e SIC K

O site MyGames, detido pela Impresa, estreia já amanhã, dia 22 de Março, a sua nova série de programas televisivos. Desta vez em dois canais do universo SIC - SIC K e SIC Radical. Assim, a partir da próxima semana, diariamente às 16.20 (com repetição às 01.30 e às 12.00), "os fãs de todas as idades de videojogos vão poder conhecer as últimas novidades, lançamentos, análises, antevisões e os comentários e opiniões da comunidade", anuncia a Impresa em comunicado.
O programa, segundo este grupo, terá a duração de cerca de dez minutos e será exibido entre segunda e quinta-feira, na SIC K, na SIC Radical e na Internet no site www.mygames.pt
Nesta nova série, o programa passa a ter três apresentadores: Joana Oliveira, que actualmente participa na série juvenil da SIC Lua Vermelha", Daniel Silvestre e David Garrett, redactores do site MyGames.
O programa MyGames terá a produção interna da estação de Carnaxide através da Bloom Graphics, responsável pela produção e concepção gráfica.

"Concorrentes XXS são XXL"

Apresentador do concurso de domingo da SIC considera-o "diferente de todos os outros". Quanto à família, diz que esta sabe que ele é inquieto mas também arranja "sempre tempo para saborear o melhor da vida".
Aos 38 anos, Pedro Miguel Ramos não podia ter uma vida profissional mais agitada, com a familiar ainda para gerir, não fosse ela mediática. Pedro é casado com a actriz Fernanda Serrano. Há 10 anos lançou a marca "Amo-te", a qual tem vindo a crescer com êxito. Hoje mesmo o empresário inaugura um novo espaço na Aldeia do Meco, onde, afinal, o conceito germinou. Na calha tem também a implantação de hotéis da chancela "Amo-te". Após "Tá a gravar", voltou a co-conduzir com Carolina Patrocínio "XXS", aos domingos, na SIC.
Como descreve a experiência de trabalhar na Argentina?
Em Buenos Aires, trabalhámos inseridos numa outra realidade. Aprende-se muito quando partilhamos a nossa experiência com outras culturas, são métodos e ritmos de trabalho diferentes.
Foi muito exaustivo o ritmo das gravações a que esteve exposto?
Os 30 dias foram muito preenchidos. Acordava às 6.30 da manhã, às 8 estava no estúdio a ser maquilhado e às 9 horas estava a gravar. Não tínhamos hora para acabar, e sempre com temperaturas altas.
Que características diferenciam "XXS"?
O formato está pensado de forma a prender a atenção do espectador do princípio ao fim, e isso é conseguido através do dinamismo das provas que se realizam sempre em cenários ( divisões de uma casa ) gigantes. É impressionante o tamanho dos objectos. A área que o sofá ocupa é tão grande que lá cabiam dezenas e dezenas de sofás de tamanho normal.
Como define este conteúdo televisivo?
Tem muita cor, é bem disposto e dinâmico. Os concorrentes são XXS, mas a animação é XXL.
Acrescenta alguma mais-valia ao panorama televisivo actual? Qual?
É diferente de todos os outros. Quando os concorrentes são minimizados, entram num outro mundo. E é a partir desse momento que marca a diferença 0s 9 horas estava a gravar. Não tínhamos hora para acabar, e sempre com temperaturas altas.
Que características diferenciam "XXS"?
O formato está pensado de forma a prender a atenção do espectador do princípio ao fim, e isso é conseguido através do dinamismo das provas que se realizam sempre em cenários ( divisões de uma casa ) gigantes. É impressionante o tamanho dos objectos. A área que o sofá ocupa é tão grande que lá cabiam dezenas e dezenas de sofás de tamanho normal.
Como define este conteúdo televisivo?
Tem muita cor, é bem disposto e dinâmico. Os concorrentes são XXS, mas a animação é XXL.
Acrescenta alguma mais-valia ao panorama televisivo actual? Qual?
É diferente de todos os outros. Quando os concorrentes são minimizados, entram num outro mundo. E é a partir desse momento que marca a diferença e cativa.
Seria capaz de concorrer?
Já tenho muitas provas domesticas no dia-a-dia …(risos).
Como encara este desafio profissional?
Com enorme responsabilidade e profissionalismo. Vim para vencer e fazer o meu melhor. Sei que deixo esta experiência melhor preparado para fazer aquilo que mais gosto, que é comunicação. A televisão, a rádio, o marketing e a carreira empresarial são as minhas prioridades. Agora resta saborear o trabalho, com a esperança de contribuir para um serão animado, junto dos portugueses.
Já tinha trabalhado com a Carolina. A dupla resulta bem?
Resulta bem devido à diferença de altura. A Carolina só se relaciona acima de 1.90 metros (risos). Estivemos sempre em sintonia.
Considera que o formato tem potencial para "sobreviver" na grelha da SIC?
Só o Nuno Santos pode responder. Ele é que sabe definir grelhas. Eu estou preparado para fazer aquilo que gosto que é comunicar.
"XXS" reúne os ingredientes para ser um êxito televisivo estival?
Espero que tenha audiências XXL como aconteceu no último programa que fiz para o canal.
Como olhou para as críticas que "Tá a gravar" suscitou na altura?
A SIC, como estação comercial, foi feita para ter lucro. Posso servir um prato que não seja do meu agrado, mas se tiver um mar de clientes a pedi-lo, tenho de o vender. É uma questão de negócio.
fonte: site JN
foto: Caras

20 de março de 2010

Idolomania chega hoje a Viseu

Depois do Campo Pequeno, a Idolomania chega hoje a Viseu e há concerto no Multiuosos da cidade.
A digressão de 2010 dos finalistas do Ídolos tem hoje o 2.º concerto da tourné agendado para hoje e naturalmente os cabeças de cartaz são o Filipe e a Diana mas pelo palco vão ainda passar a Catarina Botto, a Carolina, a Solange, o Carlos, a Mel, a Mariline, o Diogo, o Márcio outros três concorrentes.
João Manzarra irá uma vez mais apresentar o espectáculo à semelhança do que aconteceu no passado sábado em Lisboa.
Próximas datas:
27 de Março em Sta Maria da Feira
31 de Março - Ponta Delgada
3 de Abril - Portimão
10 de Abril - Elvas
17 de Abril - Guimarães

SIC volta ao 3.º lugar