DANCIN' DAYS

estreia SEGUNDA na SIC a novela onde vale a pena sonhar!

ÍDOLOS

Domingo temos músicas do século XXI com os 10 finalistas

BOA TARDE

O talk show das tardes da SIC

ROSA FOGO

Assiste à novela no horário nobre da SIC

FINA ESTAMPA

Já estreou na SIC!

31 de julho de 2009

Mais um prémio para a SIC

Eis que Cristiano Ronaldo acabou de garantir mais um galardão à estação de Carnaxide. O formato "Os Incríveis", da autoria de Daniel Oliveira, com imagem de Bruno de Sousa e edição de Joege Leitão.
O trabalho que versou a esfera íntima daquele que entretanto foi considerado o melhor jogador do mundo pela Fifa, consagração máxima numa carreira futebolística, granjeou o prémio na categoria de Documentário no 4.º Festival Internacional de Televisão e Cinema na Ásia, realizado este ano no Usbequistão.
À data Ronaldo estava ainda adstrito à equipa do Manchester United, porém, recentemente, o craque foi aliciado para integrar o Real Madrid, pelo que agora é mais um trunfo no seio da constelação do clube espanhol.
No ano passado, a mesma reportagem venceu um dos prémios "Sport Movies & TV", em Milão.
fonte: site JN

30 de julho de 2009

SIC, EXPRESSO e Visão mudam-se em 2010 para Matosinhos

As novas instalações do grupo IMPRESA em Matosinhos, que vão concentrar as redacções e serviços de apoio da SIC, Expresso e Visão, entram em funcionamento em Junho de 2010, disse hoje à Lusa o vice-presidente da Comissão Executiva daquele grupo, Pedro Norton.
As novas instalações do grupo ficarão situadas no antigo edifício do Matadouro Municipal de Matosinhos, na Rua Afonso Cordeiro, que será entretanto recuperado para o efeito.
A instalação deste grupo no concelho de Matosinhos foi hoje formalizada, com a assinatura de um protocolo entre a autarquia e a Administração da IMPRESA.
fonte: site RTP in LUSA

29 de julho de 2009

Salve-se Quem Puder abala Sentimentos

Ontem a TVI perdeu o horário das 22 horas para a SIC. Frente-a-frente estavam Salve-se Quem Puder e Sentimentos. A novela da TVI acabaria por perder... Apesar de o share de ambos os programas ter sido exactamente o mesmo (32,9%) a SIC destacou-se no ratio do Salve-se Quem Puder. O programa fez 12,5% e a novela da TVI ficou-se 0,3 décimas atrás com um ratio de 12,2%..
No entanto o dia foi ganho pela TVI com um share total de 27,5% contra 23,9% da SIC e 22,4% da RTP1.

Loiras contra Morenas em TGV

Carolina Patrocínio e João Manzarra voltaram a Madrid para gravar uma série de programas especiais de ‘TGV’. O primeiro é exclusivamente feminino e coloca frente a frente loiras e morenas.
A grande velocidade e sempre a partir de Madrid na semana seguinte segue-se uma série especial interpraias, que se inicia com o duelo: Caparica versus Espinho.
E porque o programa é gravado no país vizinho e em que o público tem gritado o nome de cidades Lisboa, Porto, Braga e Oeiras, não poderia faltar um especial Península Ibérica. Portugal e Espanha vão testar as suas habilidades físicas. Falta saber em que lado da plateia estará a estrela do Real Madrid, Cristiano Ronaldo.
A SIC criou ‘TGV’ para animar o primetime deste Verão. Os resultados vieram criar algumas dificuldades à liderança da TVI. No último fim-de-semana, tal como no anterior, a SIC ficou em primeiro na tabela de audiências. ‘TGV’ que já concorreu com ‘Nasci P’ra Cantar’, pela mão de Herman José, passou depois a lutar contra ‘Equador’. Finalmente a TVI jogou com o seu maior trunfo, a ficção nacional, e colocou ‘Sentimentos’ no horário.
O duelo entre os dois canais privados intensificou-se quando a RTP 1 lançou ‘Há Festa Em...’, com José Carlos Malato e Fernando Mendes à mesma hora na RTP 1. A SIC, tentando assim garantir a liderança na tabela de audiências, criou estes episódios especiais de ‘TGV’ a começar com um programa exclusivamente no feminino.
APONTAMENTOS
O MAIS VISTO
TGV’ estreou a 5 de Julho e programa mais visto foi o de dia 12, registando 14% de audiência média e 40% de share. Foi visto por 1 320 400 espectadores.
CONCORRÊNCIA
TGV’ já concorreu com Herman José em ‘Nasci P’ra Cantar’ e ‘Equador’, ambos na TVI. Neste momento vai para o ar com ‘Sentimentos’, da TVI, e ‘Há Festa em...’, da RTP 1.
PROGRAMAS ESPECIAIS
O duelo do próximo domingo, que coloca frente a frente loiras e morenas de Portugal é o primeiro de vários especiais.
fonte: site CM

28 de julho de 2009

TGV especial

As promos já passam na televisão. A SIC transmite no domingo mais um TGV e esta semana a disputa não será entre cidades como tem acontecido nas últimas semanas. Desta vez será entre morenas e loiras!
Quem ganhará? Quem irá levar o prémio para casa? Quem irá perder? Fica a questão que será desvendada no próximo domingo!

Apresentadores do Ídolos

O regresso do "Ídolos" à SIC está praticamente a acontecer! A imprensa tem focado muito este assunto nas últimas edições das revistas chamadas "cor-de-rosa". Agora o SIC Blog quer saber a VOSSA opinião! Está visto que João Manzarra é o que reune o consenso da imprensa no formato das cantorias. A questão está em saber quem lhe vai fazer companhia na apresentação do formato. O SIC Blog propõe Diana Chaves, Ana Rita Clara, Luciana Abreu ou Catarina Morazzo! Escolham e votem em consciência.

ACDC no Salve-se Quem Puder!

Calma! Não é o cantor que vem ao programa da SIC! ACDC é apenas o grupo de Amigos e Colegas da Diana Chaves que irá para o ar no próximo sábado. Esta semana ao contrário do habitual teremos o especial famosos na sexta-feira e no sábado haverá um confronto entre os amigos de Marco Horácio e de Diana Chaves.
A não perder!

SIC mais forte em conteúdos a partir de 2010

A partir de 2010, terminado o acordo com a Zon, a SIC passa a gerir toda a sua publicidade, o que vai permitir "uma melhor gestão do espaço de todos os canais", afirma Luís Marques, director-geral da SIC.
Luís Marques garante, em entrevista concedida ao Negócios, que 90% da reestruturação económica-financeira da estação de Carnaxide está concluída e explica porque foi decidido vender a produtora Terra do Nunca.
fonte: site Jornal de Negócios

27 de julho de 2009

Bárbara Guimarães na rentrée

Tendo na mira um novo projecto, a Direcção de Programas da SIC e a apresentadora de formatos domingueiros de popularidade como Família Superstar e Atreve-te a Cantar preparam-se para entrar em intensa negociação.
A mulher de Manuel Maria Carrilho - intelectual que agora cumpre em Paris as funções de embaixador de Portugal junto da UNESCO - reunir-se-á com Nuno Santos e companhia já no próximo mês de Agosto. Isto apesar de as ditas conversações poderem vir a roubar alguns dias ao seu período de férias em família.
Prometido está que o novo programa de entretenimento contará com «o factor surpresa» e deverá, a exemplo de Atreve-te a Cantar, ser uma adaptação à realidade portuguesa de um original estrangeiro de sucesso.
O título ainda em construção deverá ser emitido em horário nobre, uma honra que Bárbara tão bem conhece, ou não fosse uma constante na sua carreira.
Entretanto, e apesar de não revelar o local exacto de descanso na companhia do marido e do filho, Dinis Maria, de cinco anos, nestas férias a comunicadora optará por viajar para o estrangeiro, para um sítio algures entre a praia e o campo. E sem medo da gripe A, pois a apresentadora garante que o destino eleito não é de risco.

Mais um domingo... mais uma VITÓRIA

O Equador terminou na semana passada. Para preencher o horário a TVI colocou Sentimentos que acabou por liderar no período em que foi emitido. No entanto as Grandes Reportagem num frente-a-frente que os Surfistas de Sofá (SIC) acabaram por levar a melhor sobre os homens do Mar... 9,8% de ratio contra 8,3% de ratio e 30,2% contra 26,7% de share.
TGV parte a grande velocidade e niguem o pára. Ficou em 2.º lugar com um share de 31,3% e 10,3% de ratio...
Total diário: SIC a liderar confortavelmente com um share de 27,3% contra 25,3% da TVI, 21,1% da RTP1 e 5,4% da RTP2

Impresa com lucro

A Impresa anunciou hoje ter alcançado um lucro de 3,9 milhões de euros entre Abril e Junho, depois de três trimestres consecutivos de prejuízos.
Em relação a igual período do ano passado, o lucro da empresa liderada por Pinto Balsemão caiu, no entanto, 27,2 por cento.
No acumulado do semestre, a empresa continuou em terreno negativo, de acordo com a informação enviada à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

vídeo: SIC online

fonte: site DN

25 de julho de 2009

A Bobagem do Salve-se Quem Puder

Quem está atento ou viu uma vez o programa "Salve-se Quem Puder" das duas úlimas semanas tem-se dado de conta que quando o Marco Horácio ou mesmo a Diana Chaves dizem a palavra Bobagem entra uma música e todo os estúdio fica em alvoroço! Aqui fica a música completa da Bobagem...

SIC transmite jogos do Real Madrid em Agosto

As promoções já começaram, apesar de serem ainda "teasers". Mas já se sabe que a SIC preparou para Agosto, talvez, a maior surpresa deste Verão.
Embalado pelas boas audiências que lhe trouxeram os especiais sobre Ronaldo em Madrid, o canal de Carnaxide deverá transmitir no próximo mês dois jogos da pré-época do Real Madrid.
fonte: blog Eu Jornalista

Espectadores fazem perguntas a Teixeira dos Santos

Teixeira nos Santos em entrevista à SIC: envie a sua pergunta
O ministro das Finanças vai ser entrevistado no Jornal da Noite na próxima segunda-feira. Que pergunta gostaria que fosse feita a Teixeira dos Santos? Deixe a sua sugestão. As mais pertinentes serão mesmo feitas ao governante. Mais informação aqui.

Gato Fedorento em diário sobre Legislativas e autárquicas

Os Gato Fedorento estão de regresso à antena da SIC em Setembro, com um programa diário que acompanhará as campanhas eleitorais das legislativas e autárquicas. Ou pelo contrário, será a política que seguirá os humoristas, segundo os próprios.
SIC
“Dizer que o novo programa acompanha a campanha é capaz de ser exagerado. Nós é que vamos fazer a agenda política e a política vem atrás dos Gato”, refere o grupo, citado pelo Expresso. “Ainda vamos ser nós os credíveis e a política é que faz figura de pateta”, acrescenta Ricardo Araújo Pereira.
O programa, que está já em fase de produção, tem um formato nunca antes experimentado. Os Gato Fedorento vão trabalhar junto da redacção da SIC para estarem próximos da actualidade informativa.

Santana Lopes VS António Costa na SIC

Santana Lopes e António Costa vão realizar na próxima 3ª feira, no Jornal da Noite da SIC, o 1º frente-a-frente na corrida à Câmara de Lisboa. O debate será transmitido em simultâneo na SIC Notícias.
A caminho das eleições do poder local o candidato da coligação PSD-CDS, e antigo Primeiro-Ministro, Pedro Santana Lopes, vai debater com o actual presidente da Câmara, António Costa, quais as propostas que os dois apresentam para o Governo da autarquia nos próximos 4 anos.
O debate decorrerá no "Jornal da Noite" da SIC e em simultâneo na SIC Notícias e será moderado pela jornalista Clara de Sousa.
fonte: SIC Online

SIC em 2.º com 2 programas no top 5

A SIC voltou ontem ao 2.º lugar tendo conseguido um share de 25,3% contra 22,2% da RTP1. A TVI continua líder com 29,1%. Quanto aos programas mais vistos a SIC colocou ontem 2 nos mais vistos da TV portuguesa. Com 99% de ratio e 28,3% de share Salve-se Quem Puder ficou em 4.º lugar e o Jornal da Noite – noticiário mais visto – fez 9,4% de ratio e 31,5% de share.
Ontem foi, também dia de futebol na SIC com a transmissão em directo do Sunderland – Benfica integrado no Torneio de Amesterdão com um ratio de 5,5% de share e 31,8% de share.
Camilo, o Presidente, por sua vez fez 26,4% de share (8,9% de rat) e Caminho das Índias com 26,9% de share.
fonte: Marktest e A Minha TV

SIC Kids - o novo canal do MEO em 2010

Será "um presente de Natal" da Meo para todos os seus clientes, mas em especial para as crianças: a partir de Janeiro do próximo, a Meo e a SIC vão disponibilizar um canal de televisão infantil.
O novo canal temático foi ontem apresentado em conferência de imprensa por Francisco Pinto Balsemão, presidente do grupo Impresa, e Zeinal Bava, presidente executivo da Portugal Telecom, após a assinatura do acordo de parceria. Este será o quarto canal temático com a marca SIC, juntando-se assim à SIC Notícias, SIC Radical e SIC Mulher.
O SIC Kids irá ter programação exclusivamente falada em português e, de acordo com Luís Marques, director-geral da SIC, o canal arranca com um orçamento de cerca de dois milhões de euros para a grelha, na linha do que acontece com os outros canais temáticos da SIC. "Vamos ter produção própria e vamos comprar programas. Estamos a negociar direitos de programas estrangeiros e estamos abertos a propostas das produtoras nacionais", explicou Luís Marques, garantindo que vai fazer tudo o que estiver até ao seu alcance para pôr o canal no ar antes do Natal, como um presente para todos os clientes. "Mas será complicado, há muitas coisas que não dependem de nós", ressalvou. A equipa do canal irá agora ser formada e Luís Marques espera ter mais novidades em Setembro.
Zeinal Bava e Francisco Balsemão revelaram estar bastante felizes por retomar uma parceria iniciada em 2000, quando a SIC comprou o então CNL e criou a SIC Notícias. "Há dez anos a SIC tomou a decisão de investir nos canais pagos. Se não tivesse decidido fazê-lo, acredito que não teríamos este nível de penetração da TV por subscrição em Portugal", declarou Zeinal Bava.
Balsemão fez questão de sublinhar que os três canais temáticos da SIC representam 20% da audiência de todos os canais de televisão existentes nos diversos pacotes disponíveis no mercado.
Nos primeiros seis meses, quando o canal estiver ainda em período de ajustes, o SIC Kids será um exclusivo do Meo, podendo depois, caso haja interesse, ser vendido para outras operadoras. "A nossa intenção é que este canal esteja nos pacotes que têm o maior número de clientes para que tenha o máximo de audiência", afirmou Bava. Aliás, o SIC Kids, tal como os outros canais da SIC, vão estar disponíveis nas várias plataformas da PT.
"Acredito que possa ser o primeiro de muitos outros canais em parceria com a SIC", afirmou o presidente da PT, esclarecendo que, no interesse dos clientes, são necessários não mais mas melhores canais de televisão. Quanto à possibilidade de vir a estabelecer uma parceria semelhantes com a TVI, Bava afirmou que está disponível para negociar com todos os canais "desde que sejam uma mais valia para os clientes e apresentem preços competitivos".
O negócio foi apresentado publicamente ontem às 15.30 mas ao início da tarde a especulação já agitava o mercado bolseiro: ao final do dia, as acções da Impresa, o grupo que detém a SIC, atingiram 1,08 euros, o que representa uma subida de 10,2%.

Entrevista do CM a Ana Rita Clara

“Gosto da adrenalina dos directos”
Estreou-se em televisão na SIC Radical, passou pela NTV, agora RTPN, e há quatro anos que Ana Rita Clara, 30 anos, regressou à estação de Carnaxide, onde tem apresentado diversos formatos. Com ‘SIC ao Vivo’ está a viver a “magia dos directos”
Depois de uma semana de ‘SIC ao Vivo’, qual o feedback?
Está a ser uma experiência única porque ainda não tinha tido o privilégio de fazer um programa ao ar livre, com as pessoas. E depois é um prazer trabalhar com esta equipa fantástica, o Nuno Graciano, a Merche Romero e a restante equipa.
Hoje (sexta-feira) vão estar em que lugar do País?
Se tudo correr bem em Vagos. Comecei em Ponte da Barca, com uma paisagem lindíssima.
Funciona bem este trio?
Muito bem. Já tinha trabalhado com o Nuno, que é um profissional exímio e uma pessoa incrível e a Merche conhecia-a quando estive na RTP.
Identifica-se com o formato?
Muito. Gosto da adrenalina dos directos, de falar com as pessoas. A responsabilidade é enorme e um grande desafio.
E em Setembro vai agarrar ‘Mundo das Mulheres’, na SIC Mulher. Como se sentiu quando surgiu o convite?
Encaro estes projectos como um desafio, uma oportunidade para mostrar o meu trabalho. Considero-me uma apresentadora ou comunicadora versátil, pelo que espero estar à altura da função. Por isso fiquei muito feliz com o convite.
Já tinha pensado que gostava de conduzir este programa?
Sinceramente já tinha pensado no programa enquanto formato com o qual me identificava e identifico. A SIC Mulher é um canal que acompanho, por isso, ao surgir uma oportunidade não podia recusar.
O que espera?
Espero dar o meu máximo, adaptando-me a um registo que é diferente. A sobriedade do programa agrada-me totalmente, é até um pouco semelhante ao que tive na RTPN [XPto], onde conduzi um talk show juvenil, com espaço para a entrevista. O facto de se poder falar calmamente sobre os mais diversos temas é fantástico. Não quero com isto descurar eventos como os festivais ou quaisquer outros formatos com a dinâmica dos directos, mas esta é uma produção em que tudo é mais ponderado e isso também é bom. Espero que esta ligação se prolongue depois.
É esta linha que quer seguir na sua carreira?
Enquanto profissional de televisão o maior desafio é estar num canal [SIC] que tem uma série de ‘braços’ que se encontram depois em projectos diferentes.
Ou seja, se não for na SIC Mulher pode sempre regressar à SIC Radical…
Precisamente [risos]. Esses ‘braços’ do canal permitem experimentar vários registos e evoluir enquanto comunicadora.
Estes ‘braços’ permitem um trabalho ecléctico…
É engraçado que fale nisso. Há dias descobri que é nesse sentido, na versatilidade, que quero conduzir a minha carreira. Acho que é por aí o futuro da comunicação.
Acredita estar à altura do desafio?
A SIC acolhe-me há quatro anos. Tem-me dado a oportunidade de experimentar vários registos, nos quais me sinto bem. No ano passado, por esta altura, estava no ‘Contacto’. Também passei pelo ‘Fátima’ e já apresentei os ‘Globos de Ouro’, as ‘Marchas’, os festivais de Verão… Gosto de trabalhar para diferentes públicos.
Além da TV ainda tem a sua produtora?
Gosto de ter outros projectos na área da comunicação. A DROP é uma empresa de audiovisual e new media. Há anos criámos um canal de TV on-line para um festival de música e tivemos a visita de 18 mil pessoas por dia.

PERFIL
Licenciada em Sociologia pela Universidade do Minho, Ana Rita tem já um vasto currículo na apresentação de programas e eventos na SIC, entre os quais ‘Curto Circuito’, ‘Êxtase’, ‘Extra’, entre outros. Na RTPN conduziu o talk show juvenil ‘Xpto’.

PASSAR TESTEMUNHO: ANAS ASSEGURAM PROGRAMA
Ana Paula Reis conduz ‘Mundo das Mulheres’ até ao final de Julho, antes de passar o testemunho a Ana Rita. “Pelo feedback que me vai chegando penso estar à altura do programa”, diz a psicóloga.

24 de julho de 2009

SIC mantém posição

Suspeitava eu que a SIC tinha descido ao 3.º lugar por causa da ausência forçada do "SIC ao Vivo" mas não! Ontem, quinta-feira houve "SIC ao Vivo" e a SIC ficou novamente em 3.º lugar. Há uma quebra de audiências do Salve-se Quem Puder principalmente devido à nova concorrência do horário nobre da RTP1. Recorde-se que o canal público mudou no início da semana passada de programa de horário nobre... Poderá também contribuir para esta queda o "Tá a Gravar" de Verão que continua com audiências idênticas aos do "Nós Por Cá" ou até piores... Ontem, por exemplo, ficou-se pelos 17% de share...
Uma sugestão para o Nuno Santos e sua equipa: trocar o Mar Azul com Três Irmãs a ver no que daria... Ou então colocar Malucos do Riso (ou Vip Manicure ou até mesmo Maré Alta) nas 19 horas e retirar o "Tá a Gravar"...

23 de julho de 2009

SIC em 3.º

Depois de várias semanas em 2.º e de no último fim-de-semana ter ficado em 1.º lugar dos canais mais vistos, ontem sucedeu-se precisamente o contrário. A SIC ficou no 3.º lugar trocando de posto com a RTP1.
Pode-se dizer que, apesar de não ter os dados das audiências, a falta da SIC ao Vivo das 11h-13h e das 15h às 17h pode ter prejudicado em muito a média de audiências diária. Além disso o Salve-se Quem Puder não foi além de ser o 7.º programa mais visto do dia com um share de 24,7% e um ratio de 9,8%.

22 de julho de 2009

SIC ao Vivo não foi para o ar

Devido a condições climatéricas adversas a SIC não pode estar durante o dia de hoje com o programa "SIC ao Vivo" que seria transmitido em directo da Figueira da Foz. Da parte da manhã a SIC ocupou o tempo de emissão com o Salve-se Quem Puder com os gémeos Guedes. Da parte da tarde foi a vez de "Mulheres Apaixonadas" terem tido um episódio mais alargado sendo que a seguir foi transmitido um especial SIC da ITV sobre Michael Jackson. A seguir ao especial "Mar Azul" tem 2 episódios.
Às 19 horas em ponto irá para o ar mais um "Tá a Gravar"

Os últimos pescadores do Tejo

Os barcos já nem cheiram a peixe e nem é porque andam mais bem lavados. De madeira ou fibra sintética as poucas embarcações que ainda se deixam ver, pelas margens do Tejo, por aí passam a maior parte do tempo: à margem. As barragens que desregulam o caudal, açudes que não deixam fluir o peixe e até a pesca selvagem e furtiva conduziram à decadência da actividade. A arte tradicional está a acabar e até as mais importantes espécies do rio correm sérios riscos de extinção. Chegaram a ser às centenas as famílias que, por conta própria ou pescadores empregados, se sustentavam com a generosidade do rio. Nos dias que correm contam-se pelos dedos os que teimam em procurar na água o sustento do dia a dia.
Hoje os velhinhos bairros de madeira passaram à história. As barcas de madeira já não se fazem. Os mais antigos vivem de memórias mas resistem para contar. Durante meses, a SIC acompanhou o dia-a-dia dos “Últimos Pescadores do Tejo”. E é isso que mostra na “Reportagem Especial” de hoje, inserida no “Jornal da Noite”.
fonte: site DN

Eusébio Cup volta à SIC

A SIC vai transmitir o jogo Benfica-AC Milan a contar para a Eusébio CUP, reforçando a aposta da estação no desporto-rei. O encontro tem data marcada para o próximo dia 8 de Agosto, às 19h00, no Estádio da Luz.
O futebol continua a ser um pólo importante de audiências, ainda mais quando se trata de um dos grandes, com milhões de adeptos no País e no Mundo.
A pensar no número de audiências que um jogo do Benfica alcança – constitui a marca mais forte no contexto futebolístico –, a SIC adquiriu os direitos de transmissão de um dos desafios mais fortes da pré-época da equipa encarnada: a Eusébio Cup.
A transmissão da segunda edição da competição benfiquista junta-se, assim, aos direitos televisivos já comprados e pela SIC no domínio do futebol: 18 jogos do Mundial 2010, a disputar na África do Sul, comprados à RTP, e outros 45 da Liga Europa para três épocas, 15 em cada. Esta última, anteriormente chamada Taça UEFA, começa a disputar-se dia 30 de Julho e conta com a participação de quatro equipas nacionais: Paços de Ferreira, Nacional da Madeira, Braga e Benfica. A transmissão destes jogos deverá passar pela SIC.
A compra do sublicenciamento dos direitos de transmissão de 18 Jogos do Mundial 2010 à RTP não deverá ser tão atractiva, visto que as partidas em que participa a selecção nacional não estão incluídas neste pacote.

21 de julho de 2009

SIC online é o 18.º mais visitado

O número de visitantes e pageviews ao site da SIC aumentou, o que levou a uma subida de dois lugares no mês de Junho, face ao resultado obtido em Maio.
De acordo com o ranking da Netscope, o site da SIC encontra-se na 18ª posição em Junho, uma subida de dois lugares face ao 20º lugar ocupado nos mês em anterior.
O número de visitantes ao site subiu 8,8% em relação a Maio, e o número de pageviews (número de páginas efectivamente visitadas) aumentou 15%.
Em comparação homóloga anual, o número de visitantes cresceu 24,8% e o pageviews subiu 46%.
O ranking Netscope é liderado pelo Sapo Homepage, «A Bola», «Record», Sapo Blogs e «O Jogo».
fonte: Fábrica de Conteúdos

SIC lidera no fim-de-semana

A SIC passou o fim de semana a liderar, ultrapassando assim a TVI. Apesar dos 24,9% de share, contra os 27,9% da SIC, o programa mais visto do dia foi ‘Equador'. O último episódio da série da TVI foi, aliás, vista por 1,3 milhões de telespectadores. ‘TGV', com Carolina Patrocínio e João Manzarra ficou em segundo no top 10, e foi visto por cerca de 1 milhão.
A RTP ficou em terceiro, com 22,5% de share, no dia em que estreou ‘Há Festa em... Peniche'. Cerca de 700 mil telespectadores assistiram ao novo programa, apresentado por José Carlos Malato e Fernando Mendes.
Herman José, com o seu ‘Nasci P'ra Cantar', na TVI, esta semana ficou-se pelo nono lugar. Assistiram ao programa 668 mil telespectadores.
A RTP 2, que passou a semana anterior entre os 8 e os 9 pontos percentuais, ficou ontem pelos 4,1% de share.
Sábado os números não foram muito diferentes. A SIC liderou com 27,4% de share, seguida da TVI com 26, 3% e da RTP 1, com 19,5%. A RTP 2 chegou anteontem aos 5,2%. Quanto ao programa mais visto, foi ‘Salve-se Quem Puder', com Diana Chaves e Marco Horácio na SIC.
fonte: site CM

20 de julho de 2009

SIC lidera a 3% de share da TVI!


Marco e Diana arrasaram

Diana Chaves e Marco Horácio deram a liderança das audiências à SIC este sábado, com ‘Salve-se Quem Puder – Especial Famosos’.
O programa de entretenimento da estação de Carnaxide, que teve como convidados João Manzarra e Andreia Rodrigues, foi visto por quase um milhão de espectadores (991,5), tendo obtido 27,4% de share. O segundo programa mais visto pelos portugueses no sábado, 18 de Julho, também é da SIC: ‘Jornal da Noite’.
Orgulhoso com os resultados obtidos, o director de Programas do canal, Nuno Santos, agradeceu a preferência dos "telespectadores, por reconhecerem, de forma crescente, a diferença, a alternativa e a força da SIC. Ao mesmo tempo estamos com a mesma calma e determinação da véspera".
Salve-se Quem Puder’ tem vindo gradualmente a ganhar expressão como programa favorito dos portugueses, ainda que timidamente.
A dupla de apresentadores, Diana Chaves e Marco Horácio, também reagiu com orgulho às audiências. "Acho que é possível quebrar os hábitos dos portugueses num formato diferente. É uma alternativa de qualidade", diz ao CM Marco Horácio.
Opinião partilhada por Diana Chaves, que atribui o sucesso à "forma descontraída" como conduzem o programa.
"Um programa diário, que à partida podia ser um projecto morto à nascença porque todos os dias é o mesmo, parece que conquistou as pessoas. Pelo menos é esse o feedback que temos tido", diz o apresentador e humorista.
Para Marco e Diana, a "autenticidade e humildade" com que conduzem o programa é uma mais-valia. "Não existe segredo algum, nós somos o que somos e divertimo-nos de forma a que pessoas também se divirtam. Mas se calhar ajuda o facto de não sermos apresentadores de raiz. Ou seja, nós quebramos qualquer tipo de protocolo que os apresentadores têm de cumprir", explica o humorista.
"E o que nos deixa ainda mais feliz é o facto de termos ganho um público mais novo, e que leva os pais ver-nos. É bom bater a hegemonia da TVI. Há mais opções na televisão portuguesa", conclui Marco Horácio.
fonte: site CM

19 de julho de 2009

Uma aventura regressa terça feira

Com o final de Snobs a aproximar-se a SIC repõe, a partir da próxima terça feira as aventuras de cinco jovens. Baseado nos livros de Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada, "Uma Aventura" é uma das séries com melhor qualidade (na minha opinião) da tv portuguesa para os mais jovens.
Snobs termina já amanhã sendo que as aventuras do Pedro, da Luísa e da Teresa, do Xico e do João voltam à antena na 3.ª feira no horário de Snobs

SIC lidera


Resumo do dia: O Salve-se Quem uder lidera e vence mais uma vez uma novela da TVI que disputa praticamente o mesmo horário; às 20 horas o Jornal da Noite lidera confortavelmente sendo o único a transmitir naquele horário (RTP e TVI com futebol)! Resultado final: SIC a liderar com mais de 1% de share de diferença

18 de julho de 2009

Grande Reportagem no Dubai

Manuel Janeiro emigrou para o Dubai há 25 anos, quando perdeu o emprego na Lisnave.
O Dubai era uma pequena cidade quente no deserto, mais pequena do que Corroios, na margem Sul do Tejo, de onde Júlia Janeiro só partiu um ano mais tarde, quando o marido já tinha lugar firme no estaleiro do Dubai.
O estaleiro crescia apoiado na experiência de 300 trabalhadores portugueses, “a fina flor da Lisnave”.
Nos primeiros tempos, Júlia não saía de casa sozinha. Estranhou as roupas e os costumes das arábias. À porta de casa do casal Janeiro passavam camelos, os carros contavam-se pelos dedos, havia deserto onde hoje há arranha-céus e marinas e avenidas com seis faixas.
João Sardo, João Maia Dias e Tiago Soares aterraram há poucos meses na cidade dos superlativos, onde cada novo projecto é o maior, o mais exuberante, o mais megalómano.
Milhares de imigrantes constroem primeiro mundo com salários e condições de vida de terceiro mundo.
Construiram em tempo recorde as maiores ilhas artificiais do mundo, o maior arranha-céus do mundo, os maiores centros comerciais do mundo.
A crise pôs um travão aos projectos do emirado rebelde dos Emirados Árabes Unidos, mas o Dubai continua a ser a cidade plasticina, num jogo de Sin City a céu aberto.
Diz-se que é o parque de diversões do mundo árabe. Diz-se que é um sonho futurista e um pesadelo do capitalismo tardio.

A ‘Grande Reportagem SIC’ deste Domingo mostra-lhe o Dubai pelos olhos de oito portugueses que vivem na cidade.
Ficha Técnica:
Jornalista: Miriam Alves
Imagem: Jorge Pelicano
Edição de Imagem: Ricardo Tenreiro
Grafismo: Isabel Cruz
Produção: Isabel Mendonça e João Nuno Assunção
Coordenação: Cândida Pinto

Pedro Miguel Ramos em entrevista

Regressou ao pequeno ecrã em Outubro, após alguns anos de pausa, e confessa que não gosta “da geração de apresentadores que entrevista a fazer carinhas para a câmara e a querer ter piada”.
Está contente com o ‘Tá a Gravar de Verão’?
É sempre bom sentirmo-nos úteis e requisitados pela estação que representamos. O ‘Tá a Gravar’ foi um programa importante para a SIC nos últimos nove meses e o seu reposicionamento, num horário de grande responsabilidade [de acesso ao prime-time], motiva-nos ainda mais e obriga-nos a ser mais criativos.
É o género de programa que gosta de apresentar?
Foi com este programa que regressei à SIC, em Outubro. A avaliar pelas audiências de quase um ano, o balanço não pode ser mais positivo. Por isso, este tem sido o programa certo para estar enquanto apresentador. Agora, não escondo que gosto mais de fazer formatos em directo, se possível com dezenas ou milhares de pessoas em redor e com liberdade de palco e actuação. Mas estou sempre pronto para a luta e para avaliar qualquer tipo de desafio!
Preferia um formato em directo, então. De que tipo?
A minha experiência profissional na rádio e TV sempre viveu do directo. Poucos foram os formatos que apresentei preso a um teleponto e gravados. Por isso, é natural que sinta muita falta da adrenalina dos directos. Foi assim que cresci no passado e quero continuar a crescer no futuro.
E do ‘TGV’, com a Carolina Patrocínio e o João Manzarra, gosta?
É uma aposta da SIC que está a ter excelentes resultados.
O que disse à Carolina sobre a sua prestação?
Enviei-lhe uma mensagem para o telemóvel que dizia: ‘Karol do meu coração, sou teu fã!’
E dá-lhe algumas dicas?
Aprendemos mutuamente. A Carolina, apesar da sua juventude, sabe muito bem o que quer e o que faz. É óptimo trabalhar com uma mulher inteligente e humilde.
Sente que é necessário inovar nos apresentadores?
Sem dúvida, até porque as caras que estão associadas ao entretenimento em prime-time são sempre as mesmas. Mas importa também controlar esse acesso. Lembro-me que, quando comecei a fazer rádio, só tive oportunidade de fazer um directo muitos meses depois, e o mesmo aconteceu com a televisão. Existia uma maior exigência e mais profissionais a ensinar. Particularmente, não gosto da geração de apresentadores que entrevista a fazer carinhas para a ‘câmara’ e a querer, forçosamente, ter piada!
O Pedro já fez muitas coisas. Que programas faltam hoje na TV portuguesa?
Programas simples, que sejam vividos no quotidiano do espectador em geral. Onde se fale de uma cultura urbana emergente, de tendências na ecologia, música, moda, etc... Valores que despertam um interesse cada vez mais global.
Gostava de recuperar algum formato? E lembro-me de ‘Big Brother’...
O ‘Big Brother’ foi um fenómeno. O maior na TV da minha geração. Foram anos de trabalho intenso, um grande desafio.
Que programa o marcou mais?
O ‘Flashmoda’, na RTP. Foi o primeiro projecto de minha autoria e onde me estreei como apresentador. Da autoria à produção, passando pela apresentação, aprendi a fazer de tudo um pouco.
Como é a sua relação com a Teresa Guilherme?
Não temos falado muito, mas a Teresa é uma amiga especial, de quem gosto muito. Uma excelente profissional com um feitio muito próprio.
Que projectos tem para além da TV?
Continuar a gerir a marca amo.te e apresentar, a médio prazo, o primeiro hotel amo.te. E tenho uma agência de comunicação, a Brand Rouge, que é o desafio mais recente.
Acha que o mundo da TV está em crise? Ou é mais uma crise de valores?
A TV vive em crise há alguns anos. Crise de ideias e de novos conteúdos. Quando, em 2001, um pouco cansado do panorama televisivo, parti em busca da experiência de criar e gerir uma marca (amo.te) já se falava nisso.
Que projecto gostaria que o Nuno Santos [director de Programas da SIC] lhe desse a seguir?
O Nuno é um óptimo estratega e saberá melhor do que ninguém onde posso ser útil à SIC. Ele conhece o meu trabalho desde o tempo da Rádio Energia, onde foi pela primeira vez meu director. Sabe que gosto de desafios e que sou um corredor de fundo.
Alguma vez pensou em representar?
Não! Nunca. Não sei bem porquê, mas nunca tive essa vontade.
Ajuda a sua mulher a ensaiar as personagens?
Pois… também não. A Fernanda tem uma memória única… Lê uma vez meia dúzia de páginas e fixa de imediato todo o texto, sou incapaz de o fazer. Para além de ser uma brilhante actriz (risos).
Os seus filhos costumam vê-lo na TV?
Sim. Aplico-me numa saudável táctica de convencê-los de que o Benfica é um clube de futuro e que devem ver a SIC, pois, para além do programa do pai, até transmitiu os primeiros jogos de pré-época do nosso clube (risos). Mas a mãe não dá muito espaço e, quando viro costas, muda para a TVI.
Tem duas filhas e um filho. Sente-se um homem só, entre tantas mulheres? Ou um sortudo?
Um sortudo por ser feliz e por perder cada vez menos tempo da minha vida com coisas supérfluas. Gosto de construir, viver e amar.
PERFIL: 'SOU UM COMUNICADOR'
Pedro Miguel Ramos nasceu a 26 de Junho de 1971. Integrou a redacção da SIC e saiu para a Rádio Energia. Trabalhou na RTP e na TVI, onde apresentou ‘Big Brother’, com Teresa Guilherme. Deixou a TV para lançar a cadeia de bares amo.te e, mais recentemente, a agência de comunicação Brand Rouge, até porque se assume 'um comunicador'. Pedro Miguel Ramos é casado com Fernanda Serrano com quem tem três filhos: Santiago, Laura e Maria.
fonte: CM

17 de julho de 2009

Último episódio de "Rebelde Way" teve mais de 30%

A SIC exibiu ontem o último episódio da novela que apaixonou os jovens! Depois de praticamente um ano a animar as noites e posteriormente as tardes da tv portuguesa Rebelde Way despediu-se ontem com um share de mais de 30%. As aventuras de Mia, Manel, Pedro e Lisa tiveram exactamente 30,4% de share e 4,5 de ratio.
Como já foi referido num post anterior o último capítulo da novela repete esta tarde no mesmo horário.

SIC é a preferida entre os jovens

O mês de Julho tem servido para que a SIC se torne uma referência para o público mais jovem na faixa etária dos 4 aos 14 anos. É a televisão preferida dos jovens sendo que que lidera confortavelmente com um share de 30.2% contra 26.1% pertencente à TVI e 17.9% à RTP1.

Votação unânime na sondagem do Ídolos

Rebelde Way repete hoje o último episódio

Depois de ontem os espectadores terem assistido ao último episódio de "Rebelde Way" aqueles que perderam o episódio e que queiram revê-lo a SIC passa hoje novamente o último episódio que conta o final dos estudantes do Prestige International School. O final conta com uma música completa da banda RBL!

16 de julho de 2009

SIC ao Vivo a partir de 2.ª com nova dupla

A partir de segunda-feira a tripla Nuno Eiró, Vanessa Oliveira e Raquel Strada cede lugar à outra tripla de apresentadores. Falta estrear Nuno Graciano, Merche Romero e Ana Rita Clara. Isto quer dizer que as manhãs terão novas caras no programa que será transmitido na segunda-feira a partir da Veneza portuguesa - Aveiro!

Última Hora > SIC ao Vivo interrompido

Devido a condições atmosféricas adversas e que não se podem controlar o SIC ao Vivo teve de ser interrompido.
Por esse motivo - a chuva é má! - a grelha da SIC sofreu alguns reajustes de última hora. Há pouco esteve no ar alguns sketches de "Não Há Crise" sendo que a partir das 12.15 foi para o ar um "Salve-se Quem Puder"...

15 de julho de 2009

SIC sai vencedora do duelo Salve-se Quem Puder VS Morangada

Não deixa de ser curioso o que se tem passado nas duas últimas semanas no que diz respeito ao contra-ataque constante da TVI à SIC. Primeiro foi o TGV que ganhou com Herman ao mesmo tempo, depois foi a Grande Reportagem e o TGV que ganharam ao Herman e ao Equador.
Agora foi a vez do Salve-se Quem Puder levar a melhor sobre o episódio especial da morangada…
Ainda me falta saber, à hora a que escrevo este texto, qual foi o resultado do renovado Tá a Gravar da Carolina Patrocínio e do Pedro Miguel Ramos mas mesmo assim posso avançar com os dados disponibilizados pela Mediamonitor.
Salve-se Quem Puder em 3.º com 31,8% de share e 13,0% de ratio e morangada especial com 12,2% de ratio e 30,9% de share. No total 0,9% de share e 0,8% de ratio separaram os 2 programas. A SIC saiu uma vez mais vencedora deste combate…
No total tudo na mesma durante segunda a sexta-feira. TVI em 1.º com 28,7%, SIC em 2.º com 23,7% e RTP1 com 22,5%.

14 de julho de 2009

31,4% de share para o Benfica - Shakhtar

A SIC transmitiu ontem entre as 18 e as 20h22 o jogo do Benfica integrado no Torneio da Suíça.
A transmissão de futebol concorreu directamente com a repetição da novela da TVI, com futsal na RTP1, com concurso na RTP 1 e com novela na TVI, ou seja com 2 novelas da TVI, com desporto e concurso na RTP1.
No entanto a SIC liderou pelo menos na faixa das 18h15 às 19h15 (pelo menos pelo quadro disponibilizado pelo blog A Minha TV). No total fez 31,4% de share e 7,4% de ratio.
Outro destaque do dia vai obviamente para a liderança sólida do Jornal da Noite ao conseguir 32,1% de share e 11,5% de ratio (1 milhão, 87 mil e 785 espectadores) contra 10,2% de ratio e 30,3% da RTP1.
Não posso deixar de lado a série dobrada “Mar Azul” que conseguiu 26,5% de share.

TGV garante audiências

A TVI e a SIC registaram ontem, domingo, o mesmo share, 26,9%, apesar de o programa ‘TGV – Todos Gostam do Verão’, da estação de Carnaxide, ter sido o mais visto do dia (com 14% de audiência e 40% de share).
Já o concurso de talentos ‘Nasci p’ra Cantar’, o concorrente directo apresentado por Herman José na TVI, caiu para quarto lugar, atrás de ‘Equador’ (TVI) e de ‘Grande Reportagem’ (SIC).
(...)
fonte: CM

13 de julho de 2009

Benfica nos 23,9% e SIC nos 31,5% das 20h-24h

Os 23,9% feito pelo Benfica num jogo em diferido foi uma alavanca certamente para o excelente resultado conseguido ontem no horário nobre. No total entre as 20h e as 24 horas a SIC teve um share de 31,5%. É de assinalar quando houve programas como a Grande Reportagem, o Jornal da Noite, o futebol e claro o sucesso TGV que mais uma vez continua imbatível.
No mesmo horário (20h24h) a RTP1 ficou-se pelos 16,82% de share. A TVI fez mais neste período. 32,3% de share foi quanto conseguiu.
fonte: A minha tv

SIC e TVI com 26,9% | TGV em 1.º lugar

Afinal não vale de muito. A TVI bem pode mudar de horário o Herman mas a SIC acaba sempre por levar a melhor (e desta vez não me venham dizer que foi porque estiveram a concorrer ao mesmo tempo desde o início…)
Resumindo. O TGV ficou em 1.º lugar dos programas mais vistos de ontem com um share de 40,0% e 14% de rat.
Apenas competiram cerca de uma hora (21h43 às 22h45) pois foi o tempo em que TGV e Nasci Pra Cantar estiveram lado a lado.
A Grande Reportagem SIC surpreende tudo e todos e tendo pela frente o Herman faz mais do que ele. Foi o 3.º programa mais visto do dia ao acumular 32,3% contra 29,% de share do Nasci P’ra Cantar. Corresponde a 10,8% e a 10,3% de rat. Já sei que a imprensa vai voltar à carga com o facto de ser mais pequeno…
Boa performance da SIC a colocar 2 programas nos mais vistos e a igualar com a TVI no share diário com 26,9% ambos, RTP 1 com 19,5% (menos que o Cabo) e RTP2 a fazer 7,0%.
fonte: Marktest

12 de julho de 2009

SIC ao Vivo esta semana vai para o Minho

O SIC ao Vivo volta amanhã às 10 horas à estrada e logo a partir das 11 e picos a SIC estará no ar desde Braga com Nuno Eiró, Vanessa Oliveira e Raquel Strada a fazerem-lhe companhia até às 13 horas.
Às 15 e picos o programa volta com uma novidade. Rui Pêgo será substituído por João Manzarra. Rui Pego vai para a SIC Radical fazer o seu Curto Circuito. José Figueiras e Liliana Campos continuam com a apresentação
Na terça feira será a vez de Barcelos receber o programa sendo que na 4.ª feira o local escolhido é Guimarães.

Pedro Mourinho em 1.º nos noticiários

Não há dúvidas que o Jornal da Noite tem tido cada vez mais aceitantes ao longo do tempo. Isso mesmo é comprovado pelas audiências do principal bloco informativo que ficam muitas das vezes à frente da concorrência (RTP1 e TVI).
Ontem não foi excepção. Pedro Mourinho voltou ao Jornal da Noite e mais uma vez o bloco informativo teve um excelente share. 32,3% foi quanto fez que corresponde a 8,3% de rat.. Foi o 4.º programa mais visto do dia. O noticiário da RTP ficou a exactamente 2,9% de share de distância.
O Salve-se Quem Puder continua a dar cartas e está na 2.ª posição com um share de 32,5% (ambos) ex aequo com a novela da TVI Flor do Mar. 10,0% de rat. Foi quanto ambos conseguiram.
No total diário SIC e TVI com 1% de share de diferença: 26% para a SIC e 27% para a TVI. A RTP 1 ficou-se pelos 20,2%.

"Tá a Gravar" antes do "Jornal da Noite" a partir de 3.ª

Carolina Patrocínio e Pedro Miguel Ramos vão substituir ‘Nós por Cá’ com o seu formato de vídeos caseiros, ‘Tá a Gravar!’. O facto de a partir de terça-feira estarem no ar antes do ‘Jornal da Noite’, 19h00, não os preocupa. "É um horário de enorme responsabilidade", admite o apresentador.
"É um formato assumidamente de Verão, onde o estúdio vai ganhar uma paleta de cores, que se enquadra na estação. Além disso, eu e a Carolina vamos estar vestidos de uma forma mais informal, não com aquela rigidez do prime time", avança Pedro Miguel Ramos sobre a nova edição de ‘Tá a Gravar!’.
Carolina Patrocínio, que voltou ontem de Madrid onde esteve a gravar ‘TGV’, admite ao CM que "o ‘Tá a Gravar!’ passa para um horário em que a SIC tem tido algumas dificuldades". A concorrência não se antevê fácil. Na RTP 1, Fernando Mendes continua a dar prémios em ‘O Preço Certo’. Na TVI, a edição de Verão de ‘Morangos Com Açúcar’ faz a delícia dos mais novos.
Sobre o programa que ontem se despediu do prime time, Pedro Miguel Ramos sublinha: "O ‘Tá a Gravar!’, ao contrário do que disseram alguns profetas e críticos, é um formato vencedor e importante para a estação".
Nós Por Cá’, conduzido por Conceição Lino, foi a aposta da estação no acesso ao ‘Jornal da Noite’. O programa vai de férias e despede-se amanhã com uma emissão especial.
Carolina, que faz dupla com Pedro Miguel Ramos em ‘Tá a Gravar!’, e com João Manzarra no ‘TGV’, garante: "São os dois muito divertidos e têm um sentido de humor muito próximo. Eu e o Pedro demo-nos muito bem logo à partida, apesar das idades".
fonte: site CM

11 de julho de 2009

Salve-se Quem Puder famosos HOJE

É já depois do Jornal da Noite que vai para o ar mais um Salve-se Quem Puder. Marco Horácio e Diana Chaves são os anfitriões.
Hoje, como é habitual ao sábado, haverá um especial em que os capitães das equipas azul e vermelha são figuras públicas.
Hoje cabe a Manuel Melo e a Mafalda Teixeira defenderem os vermelhos e azuis, respectivamente.
foto: SQP divulgação

10 de julho de 2009

Sondagem sobre o Ídolos

As dúvidas levantam-se. Os castings estão à porta! As inscrições a efectuarem-se. O Ídolos volta na rentré televisiva.
Mas há uma questão que está no ar: Quem irá apresentar o programa? Sílvia Alberto está na RTP. Pedro Granger na TVI. Será que Bárbara Guimarães vai continuar nas cantorias??
É a questão que eu coloco para mais uma sondagem do SIC Blog. Bárbara Guimarães no Ídolos? Sim. Não. Não comento. Sem opinião.
Vote na barra lateral!

Optimus Alive na Radical

Vamos então às mais que prováveis transmissões.
Dia 9
A primeira parte de emissões começa às 16:30 e vai até às 18:30, ou seja, os primeiros minutos de abertura do recinto e o horário do concerto dos RAMP (17:30 até às 18 e pouco).
A segunda parte de emissões vai desde as 21:00 às 21:30, o que pode significar meia hora final do concerto de Machine Head.
A terceira parte começa às 23:15 e acaba às 01:45, isto é, o concerto de Metallica será, ao que tudo indica, transmitido na íntegra e terá uma duração de aproximadamente 2 horas.

Dia 10
As transmissões são em tudo idênticas às do dia anterior. Começam novamente às 16:30 e prolongam-se até às 18:40. É neste horário que actuam os Pontos Negros.
Às 21:00 voltam para mais meia hora de emissão, podendo transmitir os momentos iniciais do conerto dos Blasted Mechanism.
Regressam às 23:00 até às 02:15, indicando assim que os shows de Placebo (parcial pois começa às 22:45) e Prodigy (na íntegra) deverão passar nas televisões.

Dia 11
Este dia é uma incógnita, devido a possíveis sobreposições com o SBSR. Na programação da Radical apenas se faz referência a transmissões do Alive, aparecendo o SBSR apenas para um countdown.
Guiando-me apenas pela programação da Radical, a 1ª emissão começaria às 17:00 e extender-se-ía até às 18:45, coincidindo com a subida de Boss AC ao palco principal.
Novamente haveria uma 2ª emissão desde as 21:00 às 21:30, na mesma altura em que Chris Cornell está mais ou menos no meio do seu concerto.
A transmissão de encerramento começaria às 23:30 e prolongar-se-ía até às 02:30, indicando que poderiam ser transmitidos os minutos finais de Black Eyed Peas e o concerto da Dave Matthews Band na íntegra.
fonte: Blitz

Benfica dia 13 na SIC

A Portugal Telecom (PT) e a SIC compraram os direitos televisivos dos primeiros seis jogos do Benfica. Através da parceria com o MEO, a Benfica TV vai Transmitir em exclusivo e em directo o primeiro jogo com o Sion já no próximo domingo pelas 17h.30.
Três jogos serão transmitidos através do canal Benfica TV (Sion, Ajax, dia 26 e a pré-eliminatória da Liga Europa que se joga a 29 de Agosto), e os restantes três serão transmitidos em canal aberto através da SIC (Shaktar Donetsk, no dia 13, Sunderland, no dia 24 e AC Milan no dia 8 de Agosto). O canal Benfica vai transmitir, em diferido, todos os jogos que serão transmitidos em canal aberto. Com esta parceria, a PT reforça a aposta na produção e transmissão de conteúdos na sua plataforma MEO.
fonte: site CM

9 de julho de 2009

SIC Blog no Facebook

Depois de conquistado o hi5 com o nosso hi5 eis que chega a vez de nos juntarmos ao facebook isto porque muita gente não tem hi5 e quer-se juntar ao grupo do SIC Blog. No facebook o nome do blog é: Blogue da SIC e estará disponível em http://www.facebook.com/friends/?id=532447511#/profile.php?id=100000041173810&ref=profile.
Junte-se à malta!

8 de julho de 2009

Esclarecimento sobre o concurso para os "Ídolos"

Para se poder fazer a inscrição nos Ídolos é preciso fazer o seguinte: escrever Idolos (vírgula) nome (vírgula) idade (vírgula) localidade (vírgula) e profissão. Depois é só enviar para o 3368 (custa 1€ com IVA já incluído).
Fica mais ou menos assim: Ídolos, Xico, 98, Lisboa, Varredor. depois enviar para 3368.
Depois é só esperar pelo casting que lhe será dito via sms pelo número de telemóvel que enviou.

7 de julho de 2009

"Jornal da Noite" foi o noticiário mais visto

Terá sido a apresentação de Cristiano Ronaldo um embalo para a SIC ter liderado pelo 3.º dia consecutivo os noticiários da Noite?
Talvez sim, talvez não! A verdade é que uma vez mais o “Jornal da Noite” liderou o período em que foi emitido. Pelo menos das 20 às 21 horas foi ele quem liderou! 10,9% de audiência média e 32,7% de share fizeram com que ultrapasse o noticiário da RTP que ficou em 7.º lugar com 9,8% de audiência média e 30,8% de share. O da TVI nem aparece nos dados da Marketest. O Jornal da Noite ficou em 5.º.
Destaque também para o Salve-se Quem Puder que mais uma vez ocupa a tabela dos mais vistos tendo ficado em 4.º lugar

A análise do bloguista (blogger) em relação ao TGV vs TVI!

Muito bem... Acho uma falta de respeito com a SIC o que a comunicação social lhe faz. Se ganha porque ganha, se perde porque perde. É certo que muita gente quer que a SIC não tenha o sucesso com os programas que vai estreando. A SIC tem diversidade nocturna senão repare-se: até à uma semaa atrás a SIC tinha no horário nobre (20-24h) programas de entretenimento, série cómica, novela brasileira e novela portuguesa. Não sabem do que estou a falar? Às 20h há Jornal da Noite, às 21h15 há Salve-se Quem Puder, às 22h15 há Cenas do Casamento que às sextas-feiras é subsituida por Camilo - o presidente, às 23h15 a SIC tem Caminho das Índias, às 23h55 a SIC tinha Podia Acabar o Mundo!
Vejamos agora o horário nobre da TVI (20-24h). É mais fácil do que o da SIC. Em primeiro vêm as notícias, depois vem 3 novelas SEGUIDAS! São 3 horas e meia de ficção! Não será demais. E a constante alteração de horários. "Tu passas para aqui, tu passas para ali..."
Outra coisa que me irrita é o facto de hoje os jornais (nomeadamente um) vir dizer que o TGV só ganhou por ter tido menos duração... Desculpas... O programa tem a duração que tem. Se a TVI quisesse ter Herman 1 hora e 10 minutos num directo também o teria... Não me venham dizer que não!
Outra coisa é a enfase do programa TGV ser gravado em Espanha! Qual é o mal??? Eu não vejo nenhum mal, pelo contrário (poupa-se dinheiro tão precioso). A TVI não tinha (ou terá?) o programa das madrugadas equivalente ao Quando o Telefone Toca da SIC.
Alguém criticou na altura??? Não vi nenhuma crítica. Como é a SIC toda a gente critica... E com esta me fico

TGV ganha a Herman!

O primeiro programa ‘TGV’, na SIC, cativou mais espectadores do que o regresso de Herman José ao ecrã. Na noite de domingo, o novo programa de Verão da estação de Carnaxide, apresentado por Carolina Patrocínio e João Manzarra, foi mais visto do que a estreia de Herman na TVI, com ‘Nasci P’ra Cantar’, um concurso de imitações ao estilo do emblemático ‘Chuva de Estrelas’.
A luta das audiências foi renhida, com ‘TGV’, da SIC, a ganhar em número de espectadores (audiência de 1 239 600 contra 1 206 000 de ‘Nasci Para Cantar’) e o programa da TVI a registar mais share. ‘Nasci P’ra Cantar’ esteve no ar durante duas horas e 55 minutos e registou 41,5% de share, enquanto ‘TGV’, com uma hora e dez de emissão, conquistou 34,9% de share.
No final do programa, Herman José mostrou-se satisfeito com a sua estreia na TVI, com a qual faz o pleno nas televisões portuguesas. "Sinto-me muito bem. Foi um espectáculo muito familiar, não imaginava estreia melhor. Não me lembro de ter entrado em palco tão à vontade como aconteceu aqui", revelou o apresentador.
Sobre o facto de ‘Nasci P’ra Cantar’ ser em directo, Herman diz: "Parecia que estava ali no ensaio no meio de amigos. Se este formato fosse apresentado pela Júlia [Pinheiro] ou pelo [Manuel Luís] Goucha, ou outro comunicador qualquer, teria precisamente o mesmo share e a mesma audiência."
Quanto ao programa ‘TGV’, recupera o género de ‘Jogos Sem Fronteiras’. Gravado num estúdio de Madrid, todas as semanas coloca em competição equipas de duas cidades diferentes.
fonte: CM

6 de julho de 2009

TGV ganha à TVI e fica em 2.º lugar

Reparando nas audiências de domingo leva-me a refletir sobre uma coisa. A SIC estreou TGV – Todos Gostam do Verão onde o mote é rir até não mais poder. Ao mesmíssimo tempo a TVI entrava com Herman no seu “Chuva de Estrelas” fraquinho…
Será que um é mais alegre que outro??? Acho que sim. O da TVI é muito escuro, muito parado. O TGV é mais alegre, azul (cor do verão) e mais divertido…
Apesar de não terem durado o mesmo tempo, as audiências são como o sonasol “NÃO MENTEM!” Apesar de menos share, a SIC com o TGV ganhou e ganhou com distância… Fez 13,1% de rat (34,9% de share). A TVI com o Herman fez 12,7% de rat e 41,5% de share! O programa da SIC foi o 2.º mais visto do dia… o da TVI foi 3.º! E porque o que interessa é o rat. a SIC GANHOU (para desespero de muitos...)
Será que o reinado Herman acabou??? Ou ele pensava que a SIC não dava luta? Fica a questão e se quiserem comentem…
Nisto, não nos podemos esquecer que o Jornal da Noite voltou a liderar no seu horário tendo feito mais 0,1% de rat. que o da RTP!...

5 de julho de 2009

Edição Especial Cristiano Ronaldo Real Madrid

É amanhã que o Mundo estará com olhos postos em Madrid, mais propriamente no estádio Santiago Bernabéu. O estádio do Real apresenta o melhor do Mundo que lhe custou nada mais nada menos que 94 MILHÕES de Euros. E como a SIC está onde está Ronaldo, não pode perder esta segunda-feira a partir das 18h30 um especial em directo desde a capital espanhola cujo objectivo é apenas e só a apresentação de Cristiano Ronaldo.
A SIC tem uma equipa em Espanha para acompanhar a apresentação dos quais se destacam Nuno Pereira, Nuno Luz e Pedro Mourinho que tem estado durante este domingo a fazer directos com a SIC e SIC Notícias.


SIC vence sábado com programação normal

A SIC venceu o dia de ontem. O "Jornal da Noite" foi o mais visto na faixa horária (20h-21h) tendo feito 31,3%. O noticiário foi apresentado pelo Pedro Mourinho que, pela primeira vez, assumiu o bloco noticioso da noite... Não será que se deve apostar mais no Pedro Mourinho???

Serões da SIC com mais animação

TGV e Nasci p'ra Cantar estreiam-se esta noite e vão ser a companhia de domingo, durante o Verão, na SIC e na TVI. O primeiro é gravado nos arredores de Madrid e apresentado por Carolina Patrocínio e João Manzarra. O segundo é emitido em directo, com apresentação de Herman José.
"Óérás, Óérás, Óérás", gritava o público espanhol, que puxava pela equipa de Oeiras que participou no concurso TGV, em Álamo, uma terriola a cerca de 60 quilómetros da capital espanhola, onde está instalado o estúdio de 1500 metros quadrados, onde o DN se deslocou, a convite da SIC, na quinta-feira. A outra equipa tinha ido de Braga. Cada uma tem sempre 15 elementos e ambas tiveram por mis- são ultrapassar vários obstáculos, bem ao estilo de Jogos sem Fronteiras, do tipo enfiar bolas num cesto de basquetebol em que o chão gira ou percorrer troncos escorregadios com uma piscina por baixo... Cada emissão tem cerca de 80 minutos e a que vai para o ar hoje opõe as cidades de Lisboa e do Porto. O prémio para a equipa vencedora de cada programa é um vale de compras numa cadeia de hipermercados para todos os elementos, e o prémio final é um cruzeiro.
Satisfeitos estão, naturalmente, os apresentadores. "As gravações têm sido muito intensas, mas também muito divertidas", começou por contar João Manzarra. "Fiquei muito contente com esta oportunidade [apresentar o TGV]. É o programa mais exigente que já fiz." E o facto de o público que está a assistir ser espanhol? "Isso assustou- -me no início... mas agora já não. É um bom público", respondeu o apresentador da versão portuguesa de Grand Prix, o nome original de TGV. Já Carolina Patrocínio destaca outro pormenor: "Trabalhar sem teleponto é uma nova experiência para mim. É algo que pede para sermos mais genuínos. No começo ainda nos atropelámos, mas isso já não acontece."
O director de Programas de Carnaxide, Nuno Santos, referiu que o facto de o programa ser gravado em Espanha faz com que o projecto fique significativamente mais barato. Sem falar em números, disse que "se fosse feito em Portugal ficava quatro vezes mais caro". E acrescentou: "Este é um bom exemplo da globalização do mercado televisivo." Quanto a audiências, Nuno Santos, afirmou: "Não são um valor absoluto. Há muitas variáveis."
(...)
fonte & foto: DN

TGV liga Madrid Portugal

Dias depois de gravarem o primeiro ‘TGV’, um clássico Lisboa-Porto, Carolina Patrocínio e João Manzarra vão, a partir de hoje, ligar Portugal a Madrid, no horário nobre de domingo na SIC. "Gravar aqui é uma experiência muito engraçada. É festa o dia inteiro", garante a apresentadora.
"Aqui [estúdio de Madrid] tudo impressiona. É um enorme contraste", sublinha João Manzarra que deixa para trás ‘Curto Circuito’, na SIC Radical. E não tem dúvidas: "É uma grande oportunidade na minha carreira."
E, porque o tempo é de crise, ‘TGV’ será gravado integralmente nos estúdios de Madrid, ao longo de 11 dias. "Gastamos cerca de quatro vezes menos do que em Portugal", adianta o director de Programas, Nuno Santos, mostrando-se confiante quanto ao sucesso do formato: "A televisão é simples, as pessoas é que teimam em complicá-la", sublinhando ainda a "simplicidade" do formato, que diz ser "uma versão renovada de ‘Jogos Sem Fronteiras’".
(...)
Enquanto a SIC lança ‘TGV’, Herman José estreia em Queluz de Baixo, ‘Nasci Pra Cantar’.
Relativamente à concorrência, Carolina Patrocínio e João Manzarra garantem: "Respeitamos o Herman, mas primeiro preocupamo-nos com o nosso trabalho." Nuno Santos está optimista: "Tendo em conta a média de audiências que alcançámos no prime time, entre o 23% e os 25%, espero agora ficar acima."
fonte: CM

4 de julho de 2009

"Mar Azul" estreia segunda às 17h

Surf, desafios, estudos, tarefas domésticas, paixão e não só. Um sem fim de aventuras e de emoção é a promessa da nova série da SIC.
“Blue Water Beach” é o nome original da nova série australiana que vai compor as tardes da SIC. Prometidas estão belas praias, águas cristalinas e muito sol. A produção estreia-se na próxima segunda-feira, às 17.00, e é transmitida de todos os dias da semana.
A praia onde decorre a acção é conhecida pelos habitantes como o ‘paraíso’ e é nela que se encontra situadae a famosa Academia de Surf. Os alunos são seleccionados a partir de toda a Austrália e, para muitos, é o concretizar de um sonho, uma vez que é esta escola que vai determinar o seu futuro. Nem todos poderão ser qualificados para o pró-circuito e é por isso que o desafio é a palavra-chave desta série. Em “Mar Azul”, o título em português, há todo um estilo de vida por descobrir.
fonte: site DN

Fátima Lopes passa para as tardes

A SIC pretende colocar Fátima Lopes à frente do novo programa da tarde. A apresentadora ainda não conhece o desafio, mas promete empenho e dedicação aos espectadores "seja em que horário for".
As mudanças operadas pela SIC nos programas da manhã e da tarde ("day time"), para a nova grelha de Setembro, ditam que Fátima Lopes passe a conduzir o "talk show" de depois de almoço, conforme apurou o JN junto de fonte da estação.
Esta mudança implica que Fátima Lopes concorra com Júlia Pinheiro pela atenção dos espectadores, naquela faixa horária. Mas a apresentadora afastou desde logo a ideia de disputa ou de competição entre as duas.
"Não encaro os meus concorrentes dessa forma. Damos o nosso melhor sempre. Mesmo que eu não tenha a Júlia Pinheiro do outro lado. Ou ela não tenha a Fátima Lopes", frisou. Recorde-se que Fátima Lopes assumiu a condução do formato "SIC 10 horas", quando Júlia Pinheiro deixou a SIC para integrar a RTP.
Até ontem, a apresentadora ainda não tinha conhecimento do novo projecto. "Foi-me dito que iria apresentar um formato novo de manhã", revelou acrescentando que por estar em casa espera que, a haver, lhe seja comunicada a alteração.
"As coisas não funcionam para mim de forma diferente por causa do horário. Um profissional de televisão tem de trabalhar com empenho para o público", independentemente do "formato que tiver para trabalhar".
"Nunca", prosseguiu Fátima Lopes, "nos programas da manhã da SIC, passei a fazer menos bem (o trabalho) por estar a ganhar".
Com a criação de novos formatos para a programação diária levou a que a estação de Carnaxide revisse a relação contratual com a Comunicasom, de Manolo Bello. A produtora assegurou durante vários anos as emissões dos diferentes formatos das duas faixas horárias. Os últimos foram "Fátima" e "Contacto". Actualmente a SIC tem no ar uma programação especial de Verão, que percorre o país e ocupa a grelha de antes e depois de almoço.
Na "rentrée" é possível que a empresa, ou pelo menos Manolo Bello, assegurem parte da produção. Mas a maioria da estrutura pertencerá à SIC que vai utilizar meios próprios nos novos programas. Quanto à Comunicason também esta está a ser reestruturada, o que tem levado à dispensa de parte dos trabalhadores.
fonte: site JN

Ídolos na rentré de Setembro

Uma Susan Boyle portuguesa poderá surgir a partir de Setembro na SIC. O concurso Ídolos vai voltar à estação de Carnaxide, de acordo com fonte oficial contactada pelo DN. A especulação sobre quem o irá apresentar vai começar nos meios de comunicação social, mas tudo indica que será uma ou duas caras jovens e não um,ou uma, profissional já com carreira consagrada.
A inscrição para os castings já começou. Para isso, os interessados devem enviar sms para o 3368, indicando o nome, idade, localidade e profissão. Além dos apresentadores, falta ainda saber quem vai compor o júri, que tem sempre um elemento menos simpático para os candidatos...
Recorde-se que a SIC exibiu Ídolos em 2003 e 2004. A primeira edição foi ganha por Nuno Norte, que continuou a sua carreira na música, e a segunda por Sérgio Lucas, que participou nos programas da produtora Comunicasom. As duas primeiras edições foram apresentadas por Sílvia Alberto, hoje apresentadora de Febre da Dança, na RTP1, e por Pedro Granger, apresentador de Rédea Solta, na TVI 24 e actor de telenovelas e séries da TVI.
Agora é esperar que uma qualquer candidata de Trás-os-Montes ou do Alentejo surpreenda com uma voz que encante todo o País, como aconteceu com Susan Boyle no Reino Unido.
fonte: site DN

Marco Horácio e Diana Chaves em entrevista

Conquistam o público e fazem subir as audiências da SIC. A dupla de apresentadores de ‘Salve-se Quem Puder’ revela o segredo do êxito.
'A César o que é de César”, diz Marco Horácio. A frase é uma das muitas piadas que dirige a Diana Chaves referindo-se ao seu namorado, o futebolista César Peixoto. Diana Chaves responde que “é verdade, a César o que é dele” e encolhe o pescoço e faz voz grossa, imitando o apresentador. É assim, numa constante troca de provocações, que a dupla de apresentadores conduz ‘Salve-se Quem Puder’ (SIC). Foi também nesse registo que Diana e Marco, sentados no pequeno sofá do minúsculo camarim do humorista, contaram à Correio TV qual o segredo desta dupla imbatível, cuja cumplicidade não acontece apenas à frente das câmaras. Marco partilha com Diana as alegrias da paternidade. E a família de Diana já ‘adoptou’ Marco. “O pai da Diana é das pessoas mais correctas, carinhosas e educadas que conheço. De uma sensibilidade extraordinária. E a Diana é assim”, desabafa Marco Horácio. “É… mais ou menos,” brinca Diana Chaves.
Será a amizade a chave do sucesso do programa? “O grande segredo, que se calhar não é segredo nenhum, é que eu e a Diana somos autênticos. Aquilo que as pessoas vêem, a forma como nos estamos a divertir no programa é real”, explica Marco. “E os concorrentes e o público alinham nas brincadeiras. Por exemplo, quando me meto com o pescoço dele ou com o bigode…O feedback tem sido muito positivo”, diz a actriz e apresentadora. E a verdade é que este jogo de ‘insultos’ resultou sempre para Marco Horácio. “Isto do pescoço, já não é de agora. Só que antes era depois da meia-noite, e agora a Diana reactivou-o para o horário nobre (risos)”, diz.
Elogios só nos bastidores, ainda assim, sempre pautados pelo humor. “A Diana é boa pessoa, humilde e tem capacidade de rir dela própria. E eu também tenho uma estupidez realmente grande que ela acompanha muito bem, portanto esta parceria foi quase como acertar no Euromilhões”, diz o actor. Diana tem de ripostar: “Agora a sério: é um privilégio trabalhar com ele. Para mim, foi uma grande sorte, porque não me imaginava a apresentar este programa com mais ninguém”
Inseparáveis, mesmo com tantas provocações? “O Marco tem sempre graça. Aceito bem as suas piadas. E às vezes consigo dar-lhe uma resposta à altura das provocações”, defende-se Diana Chaves. “Há um equilíbrio muito grande. De resto, a Diana é uma moça feia, nada elegante… brinca Marco Horácio. E continua: “A Diana disse que não via mais ninguém a fazer o programa com ela. Pois, eu acho que no nosso panorama televisivo há poucas mulheres com a capacidade que ela tem. Nunca a vi preocupada com o cabelo desalinhado. Põe capacetes na cabeça e quer é fazer o programa. Isto diz muito sobre quem é a Diana. A nossa preocupação é que as pessoas que nos vêem em casa se sintam no estúdio”. “E o facto de sermos actores ajuda-nos. Talvez por isso tentamos sempre arranjar brincadeiras para o programa não cair na monotonia”, diz a propósito Diana.
Sem guião, a dupla tem liberdade para improvisar. “Temos as ideias mais disparatadas do mundo”, revela a actriz. “Isso é que é saudável. Não temos medo do ridículo. O humor faz parte deste projecto que pretende chegar às pessoas. Quanto mais simples e naturais conseguirmos ser mais as pessoas sentem vontade de ver e de participar. E se disserem ‘vamos ver o programa de cair à água e ver o que Diana e o Marco vão dizer hoje um ao outro’ é muito bom”, garante o humorista.
E a pressão do horário nobre? “Claro que a responsabilidade é muita, mas é um bom desafio”, diz a dupla, que foi unida por uma feliz coincidência.
“É uma história engraçada. Fui fazer o casting e no final perguntei ao produtor se era suposto apresentar sozinha ou com mais alguém. Disseram-me que existiam as duas possibilidades e perguntaram-me com quem gostaria de fazer dupla. Da lista que vi escolhi logo Marco Horácio. Quando saí da sala dou de caras com ele e disse-lhe ‘Não podes ser boa pessoa’. Foi uma coincidência feliz”, conta Diana Chaves. Marco Horácio termina: “Fiz o meu casting, a Diana esperou e experimentámos depois os dois. Houve logo empatia. Há muito tempo que não vejo uma dupla a trabalhar assim na televisão. Ninguém quer brilhar mais do que o outro. Sinto-me à vontade para dizer o que me apetecer e a Diana também. E há o tal apoio: sei que ela nunca me vai deixar pendurado nem eu a ela”. Como em equipa vencedora não se mexe, que futuro se adivinha para esta dupla? “Só quem não tem dois dedos de testa é que não vê que eu e a Diana resultamos muito bem em televisão. Quero acreditar que este será o primeiro de alguns projectos que iremos fazer juntos. É a minha opinião e as audiências também concordam”.
DEFEITOS DE UM E DE OUTRO
MARCO HORÁCIO
“Para gostar do trabalho também tenho de gostar da pessoa. Não falo no programa, mas a Diana é um pouco ingénua ainda. Seria esse o defeito que lhe apontaria, apesar de considerar que é uma qualidade. Ela acredita nas pessoas, acredita que todos querem o nosso bem, mas nem sempre é assim. A nível profissional, não tenho nada a apontar. É empenhada, divertida e nunca a vi com má cara”.
DIANA CHAVES
“O Marco é perfeccionista. Não quer dizer que seja um defeito, pois para mim é uma qualidade. Ele nunca está satisfeito, quer sempre mais. Para ele há sempre algo que podia ter sido melhor”.
SAIBA MAIS
1,064 milhões de espectadores viram ‘Salve-se Quem Puder’, na SIC, no melhor dia da semana passada
10 milhões de visualizações tiveram os vídeos do original japonês ‘Hole in the Wall’ no YouTube
22 países já compraram o formato original da japonesa Fuji TV, também conhecido por ‘Human Tetris’
fonte: site CM

3 de julho de 2009

Ídolos > Inscrições estão abertas


Saiba por onde vai andar o "SIC ao Vivo"

Depois de Vila Nova de Milfontes, Beja, Moura e Grândola o "SIC ao Vivo" parte para outras paragens. Assim foi a primeira semana dum programa que durará até ao início de Setembro.
Na próxima semana o programa volta. Saiba por onde é que a equipa vai andar:
    • segunda-feira - Lisboa
    • terça-feira - Caldas da Raínha
    • quarta-feira - Setúbal
    • quinta-feira - Torres Vedras
    • sexta-feira - Peniche

Junte-se à festa e divirta-se no local ou onde quer que esteja a ver a SIC!

Rebelde Way dura mais uma semana

Ao contrário do que muita gente anda a publicar em blogs e sites e a divulgar a novela "Rebelde Way" não termina hoje. O SIC Blog sabe que a novela "Rebelde Way" termina apenas na próxima sexta-feira...
Os fãs poderão ainda assistir a muitas peripécias da série jovem!
Fica aqui o esclarecimento!

Podia Acabar o Mundo termina HOJE

Os episódios têm sido excelentes. Acção, movimento, mortes, tiros e... amor pelo meio. A novela portuguesa que engloba Cláudia Vieira, Diogo Morgado e Diana Chaves despede-se hoje dos portugueses! É uma novela que pelo que se prevê acaba em bem! Ainda no episódio de ontem, por exemplo, Vera teve o caminho livre para ficar com o seu Rodrigo!
Para assistir ao último episódio que vaia para o ar HOJE não pode perder a emissão da SIC a partir das 23h55. O episódio tem duração de uma hora e se amanhã não tem nada para fazer não tem desculpa nenhuma para não assistir ao desfecho final da novela da SIC Podia Acabar o Mundo!

2 de julho de 2009

TGV arranca domingo na SIC

1 de julho de 2009

No TGV poderá ter estes momentos...divertidos

Inscrições fechadas para viajar no TGV

Muitos são os que têm perguntado como se podem inscrever para o novo programa da SIC TGV – Todos Gostam do Verão. Segundo informações veiculadas pela SIC o programa apresentado por Carolina Patrocínio e por João Manzarra gravado em Espanha já está com as inscrições encerradas. Por esta forma já ninguém se poderá inscrever para ir no TGV!

SIC ao Vivo em Milfontes (TVZORRA)



Dia D na SIC? Sim ou Não?

Ao longo de vários dias o SIC Blog lançou uma sondagem relacionada com a continuidade ou não do programa Dia D na SIC! Os internautas que decidiram votar nesta sondagem (aos quais eu agradeço!) fizeram com que esta votação fosse muito renhida do primeiro ao último momento. No entanto das 132 pessoas que votaram na sondagem, 64 (48%) escolheram não querer mais o Dia D na programação da SIC. Por outro lado, 57 (43%) pessoas escolheram que querem continuar a ver o Dia D na SIC. Já 11 pessoas (8%) dizem que querem ver o Dia D mas num outro dia que não nas quartas-feiras.

SIC ao Vivo ganha à tarde, perde de manhã, mas ganha o programa

O primeiro dia do duelo entre programas de Verão da RTP1 e da SIC deu empate técnico, com ligeira vantagem para a estação de Carnaxide. Ou seja, Verão Total, do primeiro canal, venceu a manhã, com 22,3% de share, e SIC Ao Vivo perdeu com 20,4%. À tarde as posições inverteram-se: o programa do canal de Nuno Santos ganhou, com 26,1% de share, e o da estação de José Fragoso teve 20,1%.
Olhando para os números de telespectadores, a SIC vence de manhã e à tarde, mas aqui a avaliação é mais injusta, porque o programa de Nuno Santos, tanto na versão da manhã como na da tarde, é mais curto em tempo. Ainda assim, SIC Ao Vivo de manhã foi visto por 278 mil pessoas e Verão Total por 265 mil. À tarde, o da SIC - apresentado por Rui Pego - foi acompanhado por 289 mil telespectadores e o da RTP1 por 244 mil.
Mas só agora é que começou a "guerra". Até ao fim do Verão tudo pode mudar. A verdade é que nem um nem outro chegaram a entrar nos 15 programas mais vistos do dia. Será que as audiências estão dependentes do local onde são feitas as emissões? É cedo para fazer essa análise... Hoje, o Verão Total vai estar em Vila do Conde e SIC Ao Vivo emite a partir de Moura.
fonte: site DN

Merche Romero > "Vai ser um verão inesquecível"

Só lhe interessa o presente, leia-se a carreira televisiva. Do passado, em tons cor-de-rosa choque e sempre estampado em revistas, está farta. O futuro, nos braços do DJ Vibe, não quer agourar com comentários. Pela 1.ª vez na estrada, a apresentadora está disposta a cativar os portugueses em SIC ao Vivo. A 'bomba' espanhola em entrevista ao Destak.
Que expectativas tem em relação ao seu novo projecto televisivo, o programa SIC ao Vivo?
Em primeiro lugar tenho como expectativa lançar um desafio a todos os portugueses para nos fazerem companhia nos directos, na rua, pois vamos correr o país de Norte a Sul. Este é um programa de portugueses para portugueses e esperamos contar com a participação de todos, especialmente nesta época tão especial, com as férias dos imigrantes. Haverá muita alegria.
Faz dupla na apresentação com Nuno Graciano, mas o formato conta com uma vasta equipa de anfitriões. Que opiniao tem dos seus colegas?
Está reunida uma excelente equipa: jovem, alegre, simpática, em que cada um tem a sua característica especial. Vamos sobretudo dar o nosso melhor ao longo das 55 emissões previstas, a exibir de manhã e à tarde. As duplas de apresentadores respeitão uma rotatividade para que haja sempre uma equipa a descansar.
Entretanto, tentará conciliar a apresentação do programa com os trabalhos de modelo?
Sim, vou agarrando tudo o que aparecer. Esta época do ano é especialmente trabalhosa mas eu já estou habituada pois já faço isto há muito tempo. Aproveito sempre para fazer férias fora do Verão. Ainda em relação ao programa, estou muito entusiasmada porque esta vai ser a primeira vez que vou andar na estrada. De uma forma ou de outra, vai ser um Verão inesquecível.
Sente que encontrou na SIC uma nova família televisiva?
Fui recebida da melhor forma pela Comunicasom e, logo, pela SIC. São muito queridos, frontais. Mas chamar "família" à SIC ainda é cedo pois foram muitos anos de RTP. Aliás, não pretendo alimentar mais polémicas sobre esse assunto. Estou a encarar as coisas com calma. Sobretudo sinto que somos todos profissionais e isso é o mais importante.
fonte: Destak